Em vídeo deputada Tabata Amaral fala do imbróglio com Hildo Rocha

 

agora.jpeg
Tabata Amaral (PDT-SP) e Hildo Rocha (MDB-MA)

Nesta quinta-feira (31), a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) divulgou um vídeo contando a surpresa e constrangimento que viveu ao chegar no apartamento funcional que vai morar em Brasilia e não poder entrar, porque o filho do deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA), está morando no local.

Bombeiros do Maranhão em Brumadinho são destaque nacional

 

bomba
Bombeiros maranhenses retirando mortos da lama na tragédia de Brumadinho/Foto: Reprodução

Enviados ao estado de Minas Gerais, onde estão atuando desde último domingo (27), a equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão foi destaque no noticiário nacional , pelo trabalho em Brumadinho. Os bombeiros maranhenses estão distribuídos em grupos de busca e auxilio na retirada de corpos na chamada ‘zona quente’ do desastre.

Nesta quinta-feira (31), o governador Flávio Dino no twitter parabenizou os Bombeiros Maranhenses e informou que ficarão em Brumadinho enquanto durarem as buscas. Centenas de usuários da mesma rede social agradeceram e reconheceram o trabalho da equipe maranhense, entre eles, muitos mineiros.

bombeiros

Com fim do recesso, STF analisará caso de Flávio Bolsonaro

 

stf
Plenário do Supremo Tribunal federal/Foto:Reprodução

G1

Com o fim do recesso do Poder Judiciário nesta sexta-feira (1º), os ministros do Supremo Tribunal Federa (STF) retomarão os trabalhos e deverão analisar pedidos que aguardavam o primeiro dia útil da Corte para serem julgados.

flavioequeiroz
Flávo Bolsonaro e Fabrício Queiroz/Foto: Reprodução

Entre os pedidos está uma reclamação do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que um procedimento investigatório sobre ele seja enviado ao Supremo.

Durante o recesso do Judiciário, o ministro Luiz Fux, de plantão, concedeu decisão liminar (provisória) suspendendo temporariamenteo procedimento investigatório instaurado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

O pedido foi feito por Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi motorista. Flávio é um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro e não é investigado no caso.

Caberá ao relator original do caso, ministro Marco Aurélio, decidir se mantém a decisão de Fux, arquiva o pedido ou determina que todo o procedimento passe a correr no STF.

Flávio Bolsonaro também pediu que as investigações do caso fiquem sob responsabilidade do STF e que as provas coletadas até aqui sejam anuladas. Esses dois pedidos serão decididos por Marco Aurélio.

Bombeiros do Maranhão continuam atuando em Brumadinho

 

avião
Bombeiros maranhenses estão integrando grupos de resgate em Brumadinho. Foto: Divulgação

O grupo de bombeiros militares enviados pelo Governo do Maranhão para o estado de Minas Gerais continuam auxiliando nas operações de resgate na tragédia ocorrida em Brumadinho. Eles são especializados em buscas, salvamentos especiais e resgate em estruturas colapsadas. Os bombeiros maranhenses estão distribuídos em grupos de busca e na terça-feira (29) auxiliaram na retirada de três corpos na chamada ‘zona quente’ do desastre.

A operação é dificultada pelas condições da área e as buscas avançadas estão sendo feitas com o auxílio de aeronaves. Devido a todas as condições adversas, a operação está sendo realizada de forma diferente do habitual e esse conhecimento será compartilhado com os bombeiros maranhenses.

“Inclusive no que diz respeito aos protocolos empregados aqui e seguidos por todas as equipes de bombeiros no Brasil, no que se refere ao atendimento a desastres de grandes proporções. É mais um aprendizado para que possamos ser sempre eficazes em outras situações afins, que esperamos que não venham a ocorrer, mas, para as quais precisamos estar preparados e adequadamente treinados”, declarou o major Patricio Penha.

Toffoli libera Lula para se encontrar com familiares em São Paulo

 

toffoli
Ministro Dias Toffoli (Presidente do Supremo Tribunal Federal)/Foto: Reprodução

O Globo

O presidente do Supremo Tribunal Federal, DiasToffoli, atendeu parcialmente nesta quarta-feira o  pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para comparecer ao velório do irmão Genival Inácio da Silva, o Vavá, em São Paulo.

O ex-presidente recorreu à Corte após ter o pedido negado por duas instâncias inferiores.

Na decisão, Toffoli autorizou a PF a levar Lula a São Paulo, mas não para ir ao local do velório. O petista deve ser levado a uma unidade da Polícia local onde poderá se encontrar com os parentes. Se a família quiser, o corpo de Vavá poderá ser levado a esse local.

Toffoli proibiu o uso de aparelhos celulares no encontro e também acesso da imprensa. O presidente do STF ainda proibiu Lula de fazer declaração pública.

Erlânio Xavier será eleito hoje Presidente da FAMEM

 

famem
Marcelo Tavares (Secretário da Casa Civil); Erlanio Xavier (Prefeito de Igarapé Grande); Flávio Dino (governador); Cleomar Tema (Prefeito de Tuntum) e Márcio Jerry (Secretário de Comunicação e Articulação Política)/Foto: Reprodução

“Atendi ao pedido do nosso maior líder, o governador Flávio Dino.., não há vencedores e nem vencidos. Prevaleceu o entendimento, o consenso, a cordialidade. O governador me solicitou que atuasse para evitar um pomo de discórdia em sua base de apoio, já que tanto eu como Erlânio somos seus aliados”, afirmou Cleomar Tema.

Erlânio Xavier destacou a ação do governador para evitar o embate. “Recebi com muita satisfação a proposta da conciliação e quero aqui destacar a serenidade do presidente Tema. Vamos trabalhar pelo fortalecimento do municipalismo”, afirmou.

PT vê crueldade com Lula: “Nem a ditadura o impediu de ir a velório”

 

lula_chorando
Luís Inácio Lula da Silva/Foto: Reprodução

A Justiça em Curitiba negou no início desta manhã (30) habeas corpus ao ex-presidente Lula para comparecer ao velório de seu irmão, Genival Inácio da Silva, o Vavá. A decisão da juíza Carolina Lebbos foi confirmada pelo desembargador Leandro Paulsen. Em nota o PT criticou a posição da Justiça e da Polícia Federal.

Veja a nota do PT:

“Usurpar o direito de um cidadão de velar e enterrar um ente querido pode ser considerada uma das atitudes mais cruéis. Mas no Brasil de Sérgio Moroe da Lava Jato, tudo vale quando se pretende perseguir uma pessoa. Nesse caso, o Lula.

Proibiram visita médica, visitas de amigos, advogados, assessoria espiritual, proibiram até entrevistas, mas dessa vez, a (in) Justiça brasileira chegou a seu limite. Depois de várias horas de empurra-empurra – com um quase claro objetivo de fazer perder o objeto do pedido da defesa (enterrar o irmão) – a Polícia Federal negou a Lula o direito de velar seu irmão mais velho, morto por um câncer.

O absurdo chegou nas redes sociais, que levaram a hashtag #LiberemLula aos assuntos mais discutidos no Twitter. Também indignou juristas, lideranças e brasileiras e brasileiros que têm o mínimo de humanidade e respeito às leis e aos direitos humanos. Vale lembrar que, nem mesmo durante a Ditadura – quando Lula foi preso político – ele foi impedido de tal direito e velou sua mãe, Dona Lindu.”

Engenheiros que atestaram segurança da barragem da Vale são presos

 

brumadinho-ricardo-stuckert1-750x430
Foto: Ricardo Stuckert

Dois engenheiros que atestaram a segurança da barragem 1 da Mina do Feijão, que se rompeu em Brumadinho (MG), foram presos na manhã desta terça-feira (29) em São Paulo. Em Belo Horizonte foram presas outras três pessoas “diretamente envolvidos e responsáveis pelo empreendimento minerário e seu licenciamento”, segundo o Ministério Público de Minas Gerais.

As ordens são de prisão temporária, com validade de 30 dias, e foram expedidas pela Justiça Estadual de Minas Gerais.

Os investigadores do Ministério Público e da polícia também apuram se documentos técnicos, feitos por empresas contratadas pela Vale e que atestavam a segurança da barragem que se rompeu, foram fraudados.

A força-tarefa envolve a Polícia Federal, o Ministério Público Estadual e Federal e a Polícia Civil de São Paulo e Minas. Os nomes das empresas investigadas não foram informados.

(Informações Congresso em Foco)

Sai lista de dispensados da EBC, entre eles a superintendente no MA

 

sede_da_tv_brasil_maranhão_(2015)
Sede da EBC no Maranhão/Foto: Reprodução

Após “inspeção surpresa” do general Carlos Alberto dos Santos Cruz, semana passada na sede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), no Rio de Janeiro, a direção da empresa anunciou a reestruturação dos quadros e redução de 45 cargos em comissão.

As demissões atingem funcionários do Rio, Brasília, São Paulo e Maranhão. Na nota da EBC consta o fim do Programa jornalístico Repórter Brasil Maranhão.

Na lista de demitidos divulgados está o nome de Anna Graziella Santana Neiva Costa, Superintendente da EBC no Maranhão, indicada para o cargo pelo ex-presidente José Sarney.

Márcio Jerry anuncia continuidade da luta, mas agora em Brasília

 

marcio brasilia
Márcio Jerry e Flávio Dino/Foto: Reprodução

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a permanência de Márcio Jerry, na equipe do governador Flávio Dino, acabou nesta segunda-feira (28). Através de sua conta no twitter ele anunciou que continuará a lutar em favor do Maranhão e do governo que ajudou construir, mas em outra frente.

jerry

Amigo pessoal e aliado de Flávio Dino desde os primeiros passos na política, apesar de experiente militante político será a primeira vez que Márcio Jerry exercerá um mandato credenciado pelas urnas. Almejando voos mais altos, na Câmara Federal terá um espaço importante para seus objetivos onde pretende ser uma das vozes mais destacadas do Maranhão. Márcio Jerry deixará comando da SECAP (Secretaria de Estado da Comunicação e Articulação Política), onde exerceu função estratégica no governo Flávio Dino.

marcio 2