Dois casos suspeitos do novo coronavírus estão sendo monitorados no Maranhão

 

coronavirus-share
Foto: Reprodução

 

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão concederá entrevista coletiva sobre os casos suspeitos do novo coronavírus notificados no Maranhão, na próxima segunda-feira (02), 09h30.

O Governo do Maranhão monitora dois casos suspeitos de coronavírus no estado. Os pacientes receberam os primeiros atendimentos e já coletaram amostras que serão examinadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN-MA) e posteriormente encaminhados para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Pará. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) já está adotando as medidas previstas no Plano de Contingência para o COVID-19 no Maranhão, elaborado em conformidade com o Plano de Contingência Nacional e Gestão de Riscos.

“O plano de contingência foi elaborado para responder às necessidades locais para minimizar o avanço da doença, caso haja introdução do vírus no estado. As ações definidas pelo plano orientam os serviços de saúde da rede estadual, que está preparada para o atendimento e em conformidade com as diretrizes nacionais propostas pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde”, destaca o secretário.

Um dos casos foi identificado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais. A paciente, vinda da Itália, apresentou comprometimento respiratório com sintomas como febre alta, tosse e cansaço progressivo. A paciente encontra-se em isolamento na UPA e, por conta da necessidade de internação devido ao quadro clínico, aguarda transferência para o Hospital Dr. Carlos Macieira, uma das unidades de saúde de referência para o atendimento a casos suspeitos no Maranhão.

O outro caso foi identificado na UPA do Itaqui-Bacanga, em jovem que relatou ter passado por países como China, França e Japão, onde foram identificados casos da doença. A paciente chegou em São Luís há quatro dias e apresenta sintomas como dispneia e tosse seca. Por não apresentar quadro clínico com necessidade de internação, a paciente permanecerá em isolamento na unidade de pronto atendimento.

Atualmente, o Ministério da Saúde monitora 182 casos suspeitos de coronavírus no Brasil. Até o momento, 71 casos suspeitos de coronavírus já foram descartados em todo o Brasil, que permanece apenas com o de um caso confirmado da doença no estado de São Paulo.

Os critérios para a definição de caso suspeito enquadram agora, as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e tiveram passagem pela Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China, nos últimos 14 dias.

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

PP e DC anunciam apoio a Rubens Júnior para prefeito de São Luís

 

Rubens Junior
Foto: Divulgação

O Progressistas (PP) anunciou apoio sexta-feira (28), à pré-candidatura do deputado federal licenciado e secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), à prefeitura de São Luís. O Democracia Cristã (DC) também confirmou o apoio ao comunista.

Com o anúncio do PP, Rubens agrega musculatura de uma legenda com relevância no cenário político em função da bancada, tempo de TV, fundos eleitoral e partidário. O Progressistas é o 3º maior partido político do país.

O PP é um dos principais partidos da base de apoio do governador Flávio Dino e deve ser o primeiro de uma série de partidos da base governista a aderir ao projeto de Rubens e do PCdoB em São Luís.

Para o presidente do PP no estado e deputado federal, André Fufuca, a escolha por Rubens é resultado de uma decisão refletida.

“Rubens não vem apenas para ser candidato. Ele vem para disputar ganhar. Os candidatos que estão aí são muito bons, porém tenho a certeza que Progressistas escolheu o melhor candidato de São Luís para fazer parte do nosso projeto”, avaliou Fufuca.

Quanto ao Democracia Cristã, contribui a pré-candidatura de Rubens com um grupo forte de pré-candidatos à vereadores em todas as regiões da cidade.

“Tenho certeza que neste diálogo, para além dessas formações políticas, eu reforço nosso compromisso em nome da nossa cidade. De mãos dadas, vamos fazer uma campanha vibrante, corajosa ousada e principalmente vitoriosa, com a benção de Deus e com apoio do povo”, disse Rubens Junior.

O deputado federal Márcio Jerry, presidente do PCdoB no Maranhão reforçou que as adesões à pré-candidatura de Rubens estão em sintonia e tem como influência o projeto de mudança inaugurado pelo governador Flávio Dino Para Jerry, a pré-campanha ainda é o momento de aquecimento.

“Está é uma aliança que vai ganhar um outro capítulo, agora em São Luís. Tem muita gente que faz uma avaliação como se eleição fosse um campeonato de futebol, como se a gente fosse vitorioso na pré-temporada. Só se ganha quando o campeonato é jogando, quando ele começa”, disse Jerry.

Confirmado há duas semana como o pré-candidato do PCdoB, Rubens deve receber mais adesões à sua candidatura.

“Eu aprendi que política se faz com compromisso, com palavras, com retidão e com seriedade. Tenho certeza que muitos partidos se somarão ao nosso”, destacou Rubens Junior

Parte critica da BR 135 interditada antes do Carnaval está sendo recuperada

 

dnit
Dint inicia recuperação da BR 135 ente os municípios de Miranda e Caxuxa /Matões do Norte e São Mateus/Foto: Divulgação

A parte mais critica da BR 135, entre Miranda e Caxuxa, e que foi interditada semana passada em protesto pelas péssimas condições de traficabilidade, está sendo recuperado.

A ação de caráter de urgência pretende tapar-buracos, fazer correções no pavimento e recompor plataforma com material pétreo entre Matões e São Mateus.

Em outra frente de ação, uma vez que o pavimento precisa de uma intervenção estrutural para suportar o volume de tráfego, o DNIT também iniciou projeto para a futura restauração completa do trecho maranhense.

Governador Flávio Dino diz que presidente Bolsonaro não sabe governar

 

Março
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e assessores apostam todas as fichas na manifestação de 15 de março, como destaca nesta sexta-feira (28), o portal Uol, para fortalecer Bolsonaro e o governo, após a declaração do general Augusto Heleno que chamou o Congresso de ‘chantagista’, em seguida o vídeo do presidente endossando a convocação para o ato de março.

Nesse contexto quem se pronunciou também em relação a nova polêmica foi o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). Para ele, as ‘confusões’ criadas pelo governo e o presidente se justificam pelo fato de Bolsonaro não saber governar.

“Bolsonaro já criou confusão com governadores, jornalistas, artistas, parlamentares, membros da sua equipe, outros países. Tudo isso para tentar ocultar seu maior problema: não sabe administrar o Brasil. Crescimento pífio, desemprego, dólar nas alturas, paralisação administrativa”, disse no twitter Flávio Dino.

Apesar da grande repercussão, desgaste de Bolsonaro e o governo, protestos e defesa da democracia de vários segmentos da sociedade e instituições o governo avalia que a situação foi positiva para divulgar a manifestação e motivar apoiadores de Bolsonaro.

Dr. Yglésio apresenta a Flávio Dino seu Plano de Governo para São Luís

 

Yglésio

Com sorriso aparentemente nada espontâneo na foto acima, o deputado Dr. Yglésio (PROS), pré–candidato a prefeito de São Luís anunciou nas redes sociais encontro nesta quinta-feira (27), com o governador, Flávio Dino, no Palácio dos Leões.

Esbanjando confiança na vitória do pleito na capital, mesmo ainda não sendo oficialmente candidato, o parlamentar apresentou ao governador o que chama de Plano de Governo 2021-2024.

“Hoje, apresentei ao Governador Flávio Dino o nosso plano de governo 2021-2024 em sua versão inicial. O Governador será um parceiro nos dois primeiros anos da nossa gestão na Prefeitura de São Luís, portanto, o diálogo é essencial para construção de um plano sólido e capaz de transformar a realidade dos ludovicenses. Seguiremos em diálogo com a população, com agentes públicos e políticos, para aperfeiçoar as ideias e construir um modelo de gestão que certamente será vencedor no pleito que se aproxima. Vamos em frente!..”, anunciou Yglésio nas redes sociais.

Maranhão é o quinto estado no país que mais investiu em 2019

 

Investimento
Foto: Reprodução

De acordo com publicação do Jornal O Globo, o Maranhão é das unidade da federação que mais investiu em 2019. O estado ocupa a quinta posição entre as 26 unidades e o distrito federal no país. A pesquisa também revela que o Maranhão é o sexto que mais avançou na qualidade da educação.

Segundo o levantamento o Maranhão investiu no ano passado cerca de 6,3% da receita, já os outros estados tiveram dificuldade em equacionar as contas públicas. A situação fiscal do Maranhão favoreceu o volume de investimentos. Os dados utilizados pelo Jornal O globo são do Ipea, órgão do governo federal

Na publicação o Jornal O Globo destaca o avanço do Nordeste na área de Educação. Entre os dez estados melhores posicionados no IDEB, quatro são da região (Piauí, Maranhão, Ceará e Pernambuco)

“O Nordeste avança a passos largos para quitar sua dívida social na educação. Segundo dados do Instituto Unibanco, entre os dez estados brasileiros que mais avançaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do ensino médio entre 2005 e 2017, quatro são do Nordeste. O Ceará era o 11º em 2005, subiu para quarto em 2017. Pernambuco saltou da 20ª posição para a terceira, e o Maranhão, da 25ª para a 14ª. Já o Piauí saiu da penúltima posição para a 16ª”, diz o Globo.

Na área de Educação, segundo a pesquisa, o Maranhão ocupa a sexta posição entre as unidades da federação. Com isso melhorou consideravelmente o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Veja mais aqui...

Paulo Coelho lembra tuíte de Aécio Neves: “Só para não deixar esquecer”

 

paulo-coelho-aecio
Foto: Montagem/Reprodução

Escritor brasileiro mais lido no mundo e morando na Suiça, mesmo distante do Brasil, tem sido atuante no atual debate sobre o rumo que a política no país tomou.

Aproveitando a repercussão e polêmica sobre a convocação da manifestação contra o Parlamento feita por Bolsonaro, ele lembrou de Aécio Neves, uma personagem que sumiu do debate, e que para Paulo Coelho, foi o inicio de tudo que está acontecendo hoje.

Aecio

Paulo Coelho usou ontem, quarta-feira (26), sua conta no twitter para lembrar da comemoração de Aécio Neves (PSDB), após o impeachment de Dilma Rousseff. O então senador tucano e candidato a presidente em 2014, foi derrotado para a petista e não aceitou o resultado.

De acordo com o escritor, Aécio tem papel determinante na atual conjuntura política brasileira e chegada de Bolsonaro a Presidência da República. (Informações Revista Fórum)

Governo acompanha caso do navio encalhado na costa maranhense

 

navio
Foto: Reprodução

O governo do Maranhão informou nesta quarta-feira (26), que está acompanhado o caso do navio encalhada na costa maranhense e adotando as providencias que são de sua responsabilidade.

‘Sobre situação de navio com problemas próximo à costa maranhense, carregando minério de ferro, o Governo do Maranhão informa que está acompanhando o caso desde a manhã de hoje. Em se tratando de evento no mar, a competência de coordenação administrativa compete à Marinha, assim como investigações. Quanto a possíveis vazamentos, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente manterá monitoramento e vigilância. O Governo do Estado está em permanente contato com a Marinha e com as empresas privadas responsáveis pelo navio’, diz em nota o governo.

O navio que foi contratado pela Vale e tinha como destino a China, após ser carregado na Ponta da Madeira, em São Luís, na segunda-feira (24), foi detectado a entrada de água no compartimentos cargas, em seguida o casco tocou o fundo do mar.

Órgão como o Ibama (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis)  também está mobilizado e atuando no caso. Também em nota, órgão ambiental informou que sobrevoou a região, e não foi observada a presença de poluentes no mar.

De acordo com a Capitania dos Portos no Maranhão, a tripulação da embarcação, composta por 20 pessoas, foi retirada do navio e está em segurança. A Vale também divulgou uma nota sobre o ocorrido, onde disse que está prestando todo auxilio técnico-operacional e colaborando com as autoridades marítimas.

Celso de Mello diz que Bolsonaro mostra visão indigna para o cargo

 

IMG_20200226_105231
Presidente Jair Bolsonaro e o ministro do STF, Celso de Mello

O ministro do STF, Celso de Mello, reagiu com indignação com a atuação pessoal do presidente Jair Bolsonaro ao convocar a população para o dia 15 março se manifestarem contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, com uma espécie de ‘novo AI-5’. Ele apontou crimes de responsabilidade que teriam sido cometidos, caso confirmada a ação.

“O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República”, disse Celso de Mello à Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

O ministro Celso de Mello, próximo a deixar o STF, foi além, para ele.

“..em se confirmando o chamamento para um golpe, revela que o presidente desconhece o valor da ordem constitucional, ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, e demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!!”, acrescentou o ministro.

(Revista Fórum)

Políticos reagem à convocação para manifestação anti-congresso

 

A manifestação do dia 15 de março conta o Congresso e defesa do governo, militares e extrema direita tem apoio do presidente Jair Bolsonaro. Um vídeo que teria sido divulgado pelo próprio presidente nas redes sociais causou reação de várias lideranças políticas que estão vendo no ato ameaça grave à Democracia e cobram das instituições providências.

ciro

Dino Reação

fernado henrique

Boulos

randolf

jandira Feg