Março é o mais letal da pandemia, só hoje foram 3.950 mortos em 24h

O Brasil fecha mês de março com 3.950 mortos em 24 horas por Covid-19. Foi o segundo dia mais letal consecutivamente do mês.

Ontem, foram registrados 3.668 brasileiros perderam a vida em decorrência da doença.

Desde o início da pandemia, o Brasil perdeu 321.886 vidas. De ontem para hoje, foram registrados 89.200 novos casos, elevando o total de infectados a 12.753.258. Mais informações aqui no UOL

Hospital de Campanha em São Luís começa receber pacientes nesta quinta-feira dia 1º

O Hospital de Campanha montado no Espaço Renascença, em São Luís, foi entregue nesta quarta-feira, dia 31. Este é o quarto em operação no estado com mais 60 leitos contra o novo coronavírus, sendo 10 UTIs.

A unidade de saúde é fruto da parceria entre o Grupo Mateus, Equatorial Energia, Universidade Ceuma, Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A unidade conta com cerca de 500 profissionais atuando na linha de frente, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas e técnicos de enfermagem.

“Nós sabemos que temos que trabalhar em múltiplas dimensões, sanitárias, socioeconômicas, e temos feito este esforço, mas não há dúvidas que precisamos garantir acesso para a população, o máximo possível, de assistência hospitalar”, destacou Flávio Dino.

Além da cidade de São Luís, estão em operação no Maranhão, hospitais de campanha: Pedreiras, em parceria com a Eneva S. A.; Bacabal, doado pela embaixada dos EUA; e Imperatriz, em parceria com a Suzano Papel e Celulose e a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz.

Divulgado calendário de pagamento do Auxílio Emergencial 2021

Do UOL

O calendário de pagamento do auxílio emergencial 2021 foi anunciado nesta quarta-feira, dia 31, e será iniciado terça-feira, dia 6.

Serão quatro parcelas que vai variar conforme a data de nascimento do beneficiário. Os que recebem o Bolsa Família o pagamento será de acordo com o último dígito do NIS.

O auxílio emergencial 2021 está mais restrito do que o do ano passado. Os valores variam entre R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da família, limitado a um benefício por família.

Deverá alcançar cerca de 45,6 milhões de pessoas, 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago em meados do ano passado (68,2 milhões de pessoas).

“Com tristeza recebi a notícia da morte do vereador, Batista Matos”, Eduardo Braide

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, lamentou nas redes sociais nesta quarta-feira, dia 31, o falecimento do vereador João Bratista Matos, ocorrido hoje em consequência da Covid-19.

Batista era vice-líder do governo na Câmara Municipal.

“Com o coração cheio de tristeza recebi a notícia da morte do vereador e vice-líder do nosso Governo na Câmara, Batista Matos, vítima de complicações causadas pela Covid-19, ocorrida nesta quarta-feira, dia 31 (..) Batista era reconhecido por sua fé em Deus, extremamente dedicado à sua família e ao povo de São Luís. Como jornalista, tinha uma grande capacidade de diálogo e conciliação, sempre preocupado em ajudar ao próximo (..) Nossa cidade perde uma referência na política e eu perdi um amigo. Neste momento de tamanha dor, me uno à Liana, sua esposa; seus filhos, Samuel e Daniel; demais familiares e admiradores do seu trabalho (..) Peço a Deus que conforte o coração de todos. Decreto luto oficial por três dias”, destacou Eduardo Braide.

Morre em São Luís o vereador João Batista Matos vítima da Covid-19

O jornalista e vereador de São Luís, Batista Matos, faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 31, no Hospital São Domingos, na capital maranhense. É mais um baia causada pela Covid-19 no Maranhão.

Batista se encontrava a uma semana entuba na UTI do Hospital.

O falecimento do jornalista e parlamentar foi confirmada pela família através de nota.

NOTA DE FALECIMENTO E PESAR*

“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”
2 Timóteo 4:7-8

É com imensa tristeza e consternação que a assessoria e a família comunicam o falecimento do nosso irmão em Cristo e eterno Vereador João Batista Matos Viana Pereira, ocorrido no início da manhã desta quarta-feira, 31 de março de 2021, em decorrência de complicações pela Covid-19.

Nesse momento de extrema dor, pedimos as orações e a consolação do ESPÍRITO SANTO de DEUS sobre sua amada esposa Liana Ramalho, filhos Samuel e Daniel Matos, sua mãe D. Clenir, parentes, irmãos em Cristo e amigos.

Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos”.

Salmos 116:15

João Batista Matos deixa a esposa Liana Ramalho e dois filhos, Samuel e Daniel. Ele era filho de Dona Clenir, auxiliar de enfermagem concursada do hospital Dutra e do Hospital Infantil.

Batista estudou no Luís Viana, Sesi e Liceu e se graduou na UFMA onde foi graduado em Comunicação Social. Foi professor de inglês e membro de uma Ong francesa. Ele também foi Secretário de Comunicação da Prefeitura de São Luís.

Senado aprova incentivo à contratação privada de leito de UTI para o SUS

Da Agencia Senado

O Senado aprovou na terça-feira, dia 30, a proposta que permite a empresas e pessoas físicas abaterem do Imposto de Renda 2021 as despesas de contratação de leitos clínicos e de UTI para uso de pacientes com covid-19.

A proposta foi relatada pelo senador Weverton (PDT-MA), o texto agora segue para a sanção da Presidência da República. Segundo ele, a proposta vai contribuir para a captação quase imediata de recursos financeiros para o SUS.

“Infelizmente não podemos esperar que a medida cause grandes mudanças no cenário da pandemia no curtíssimo prazo, visto que atualmente o maior problema enfrentado pelo sistema de saúde é o esgotamento da capacidade instalada, tanto no setor público como no privado, de maneira que devemos reforçar que a política mais efetiva para alterar o curso da doença no país é a vacinação em massa”, disse Weverton.

O Programa Pró-Leitos deverá durar enquanto vigorar o estado de emergência de saúde pública causado pela pandemia da covid-19.

Othelino destaca aprovação de auxílios para restaurantes, bares e setor cultural

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), nesta terça-eira, dia 30, concedeu entrevista onde destacou aprovação de projetos, entre eles a Medida Provisória 341/2021, do Poder Executivo, concedendo auxílio emergencial para bares, restaurantes, lanchonetes e à área cultural.

Foram aprovados ainda a Medida Provisória 342/21, que reduz o ICMS de alguns produtos utilizados no combate à pandemia da Covid-19. E, ainda,  o PL 050/2021, de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), que dispõe sobre a aplicação de sanção administrativa à pessoa que se sobrepuser na ordem definida para os grupos prioritários, estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

O projeto da deputada Daniella Tema (DEM), que obriga as farmácias a expor um cartaz da campanha ‘Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica no Maranhão’.

E ainda o de autoria do deputado Rafael Leitoa (PDT), sobre o funcionamento de academias e demais estabelecimentos de condicionamento físico, iniciação e prática esportiva, de ensino de esportes e de recreação esportiva.

Comandantes do Exército, Aeronáutica e Marinha pedem demissão

Da Folha de SP

Estremecimento da relação de Bolsonaro com Forças Armadas parece ter causado feridas difíceis de sarar.

Nesta terça-feira, dia 30, os generais Edson Leal Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antônio Carlos Bermudez (Aeronáutica), pediram demissão dos respectivos comandos e colocaram os cargos à disposição do general Walter Braga Neto, atual Ministro da Defesa.

Os três foram enfáticos em afirmar que não participarão de nenhuma aventura golpista.

Auxílio Combustíveis: Detran e MOB se reúnem com representantes dos taxistas e mototaxistas

O diretor geral do Detran-MA, Francisco Nagib, o presidente da MOB (Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana), Daniel Carvalho, Ximenes, se reuniram, nesta segunda-feira (29), com representantes dos taxistas e mototaxistas para discutirem sobre o Auxílio-Combustível.

Participaram da reunião, o presidente do Sindicato dos Taxistas de São Luís e Região, Renato Medeiros e a presidente da Fessimoto (Federação das Associações, Sindicatos e Cooperativas de Mototaxistas e Motofretistas do Maranhão), Juciane Marques. 

O auxílio combustível será uma ajuda de custo que varia entre 60 e 300 reais, de acordo com a área de atuação e a atividade do profissional.

• Para cidades com até 20 mil habitantes: R$ 60,00 motos e R$ 180,00 carros;
• Para cidades entre 20 mil e 50 mil habitantes: R$ 80,00 motos e R$ 240,00 carros;
• Para cidades acima de 50 mil habitantes: R$ 100,00 motos e R$ 300,00 carros.

O cadastro será realizado através de um site que está sendo desenvolvido pela equipe técnica do Governo do Maranhão para automatizar e desburocratizar o processo, facilitando o máximo possível o recebimento do auxílio.

O Auxílio Combustível comece a ser pago aos cadastrados aptos, no próximo mês.

“..com Bolsonaro, só haverá instabilidade, agressões e incompetência..”, Dino sobre demissão de ministro

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), um dos mais contumazes críticos do governo Bolsonaro, nesta segunda-feira, dia 29, classificou a demissão do general Fernando Azevedo do Ministro da Defesa, como prova da desagregação do governo federal.

“Muito grave a desagregação do governo federal, que não vem de hoje. Está mais do que provado que, com Bolsonaro, só haverá instabilidade, agressões e incompetência. Democracia e Constituição são as nossas luzes para vencer essas trevas”, destacou Flávio Dino, nas redes sociais.

Flávio Dino também comentou durante entrevista ao site O Antagonista sobre a carta do ex-ministro Fernando Azevedo.

Na noite de hoje o presidente Jair Bolsonaro anunciou o substituto de Fernando Azevedo, além de outras mudanças.

Casa Civil: sai Walter Braga Netto e entra o general Luiz Eduardo Ramos; Justiça e Segurança Púbica: sai André Mendonça e entra Anderson Torres, que era secretário de Segurança do governo do DF; Ministério da Defesa: sai o general Fernando Azevedo e Silva entra o general Walter Braga Netto; Relações Exteriores: sai Ernesto Araújo e assume o embaixador Carlos Alberto Franco França, chefe do cerimonial do Palácio do Planalto; Secretaria de Governo da Presidência da República, sai Luiz Eduardo Ramos e assume a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF).

Em nota o agora ex-ministro Fernando Azevedo agradeceu e disse que “preservou as Forças Armadas como instituições de Estado”.

“Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa.

Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado.

O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da
população brasileira.

Saio na certeza da missão cumprida.
Fernando Azevedo e Silva”.