Ribamar Alves condenado a 8 anos, mas pode recorrer em liberdade

Do G1

O ex-deputado federal e prefeito de Santa Inêz, Ribamar Alves, foi condenado a 8 anos de prisão pelo crime de estupro, a vitima foi uma jovem de 18 anos. A sentença é do Judiciário da Comarca de Santa Inês.

Segundo acusação, o crime aconteceu em 28 de janeiro de 2016 e, segundo a denúncia, nesse dia o, então prefeito de Santa Inês, fazendo uso de violência e coação moral, constrangeu a vítima a manter conjunção carnal com ele.

A vítima natural do Paraná era missionária da Igreja Adventista, e encontrava-se hospedada na cidade de Santa Inês, junto com outros membros da igreja em uma campanha, intitulada “Atitude”, objetivando angariar fundos para custear seus estudos através de venda de livros religiosos.

Diante das provas, o judiciário decidiu julgar procedente a acusação e condenou José de Ribamar Costa Alves pelo pelo crime de estupro, com a pena definitiva em 8 anos de reclusão, a ser cumprida, inicialmente, em regime fechado. Porém foi concedido ao réu o direito de recorrer da decisão em liberdade.