Covid-19: morre Zé Hélio prefeito do município de Paraibano

 

O prefeito do município de Paraibano, conhecido como ‘Zé Hélio”, faleceu na madrugada desta sexta-feira (14), vítima da Covid-19. Ele se encontrava internado em São Luís.

O deputado federal, Márcio Jerry, também presidente do PCdoB no Maranhão, ao qual o prefeito também era filiado, lamentou a morte do correligionário e amigo.

“Perdi hoje o amigo e companheiro Zé Hélio, prefeito de Paraibano. Ser humano dos melhores vitimado nesta sexta pela covid. O PCdoB do Maranhão de luto, Paraibano e o Maranhão. Foi na residência do Zé Hélio que em 2017 dei o primeiro passo na caminhada rumo à Câmara dos Deputados.”, lamentou Márcio Jerry.

Recentemente o prefeito ‘Zé Hélio’ gravou um vídeo onde faz um apelo à população, para respeitarem as regras sanitárias contra o coronavírus, e também evitem aglomerações.

 

“..popularidade de Bolsonaro não é sustentável..”, diz Flávio Dino

 

dino_bozo

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), alertou o campo progressista, nesta sexta-feira (14), para não desanimar com a pesquisa DataFolha que revela crescimento da popularidade de Bolsonaro.

Para Flávio Dino, o crescimento significativo do governo e de Bolsonaro, a melhor desde o início, não é sustentável. De acordo com ele, os problemas familiares e no próprio governo deverão reverter esse cenário.

Flávio Dino também aconselhou o campo progressista a continuar apresentando alternativas para os problemas do país de maneira “clara, viável e conectadas com as necessidades da população”.

Roberto Rocha mostra como não deve se comportar um Senador

 

Senador Roberto Rocha (PSDB-MA)/Agência Senado

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), ao destacar ontem no twitter, a obra da ponte sobre o Rio Parnaíba, ligando Alto Parnaíba (MA) a Santa Filomena (PI), mostrou mais uma vez ‘para o que não serve’ um Senador.

Ao responder a um internauta, que em tom provocador o questionou se no rio havia “traíra”, o senador perdeu a postura e apelou para baixaria ao responder, “Não sei se tem traíra, mas deve ter piranha e baitola.”

Roberto Rocha foi eleito em 2014 abraçado a Flávio Dino (PCdoB), após tomar posse, tornou-se adversário do governador do Maranhão. Ele sonha dia e noite com o Palácio dos Leões.

O senador que se vangloria de ser o maior aliado do presidente da república no Maranhão, fica possesso quando é chamado de “traíra”.

rr

Casa da Mulher Maranhense em Imperatriz será entregue sexta (14)

 

Casa-da-Mulher-ITZ

A Casa da Mulher Maranhense em Imperatriz, que também atenderá demandas de toda Região Tocantina, será entregue sexta-feira (14). A unidade funcionará nos moldes da localizada no Jaracati, em São Luís.

A Casa da Mulher Maranhense é a primeira no Brasil construída e gerida com recursos do Estado e localizada fora da capital.

A Casa da Mulher Maranhense surge baseada no modelo da Casa da Mulher Brasileira. Um instrumento de combate à violência doméstica.

A estrutura física dispõe de serviços integrados como: apoio psicossocial; a Delegacia Especializada da Mulher; a Patrulha Maria da Penha; Juizado Especializado da Mulher; a 8ª Promotoria Especializada em Defesa da Mulher;  e Núcleo da Defensoria Pública.

Movimento Negro e várias entidades pedem impeachment de Bolsonaro

 

Foto: Reprodução

Movimento Negro que reúne 150 organizações protocola nesta quarta-feira (12), um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro.

O documento acusa Bolsonaro de cometer crimes de responsabilidade contra a vida da população negra e suas comunidades.

Além da Coalizão do Movimento, apoam a iniciativa 600 entidades e instituições de todo o país, entre elas, trabalhadores e trabalhadoras domésticas, saúde, informais, plicativos, construção civil e cultura e religião.

Bolsonaro vincula mortes pela Covid a governadores adversários

 

q1reaLsM

247 – Enquanto o país ultrapassa os mais de 100 mil óbitos em decorrência da Covid-19, o governo Jair Bolsonaro, sem ministro da Saúde, prepara uma lista para relacionar governadores e prefeitos com as regiões com maiores índices da doença.

De acordo com reportagem do jornal O Globo, o nome do aliado Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal, foi omitido.

No entanto, o documento que O Globo teve acesso mostra que há um “top 5” de locais com mais “novos casos” e “novos óbitos”.

Ao lado dos indicadores, vem o nome dos cinco chefes do Executivo estadual respectivos, começando por João Doria, governador de São Paulo e adversário político de Bolsonaro.

O documento foi elaborado pela Secretaria de Governo (Segov) da Presidência da República usando dados do Ministério da Saúde justamento do último sábado, dia em que o Brasil ultrapassou os 100 mil mortos pela Covid-19.

Eleições 2020: IBOPE confirma cenário conhecido até agora em São Luís

 

concurso-prefeitura-sao-luis-ma-_widelg

Mais uma pesquisa de intensões de votos para a Prefeitura de São Luís foi divulgada no início da noite desta segunda-feira (10). Os números do Ibope ainda não apresentam significativas alterações em relação às anteriores de outros institutos.

O pré-candidato Eduardo Braide (Podemos), continua na frente com 39%. O segundo é Duarte Jr (Republicanos) com 13%, na sequência aparecem Neto Evangelista (DEM) e Bira do Pindaré (PSB) com 5%; Adriano Sarney (PV) – 3%, Detinha (PL) 2%, Jeisael Marx (Rede) 2%, Rubens Jr. (PCdoB) 2% e Carlos Madeira (SDD) e  Yglésio Moyses (Pros) ambos com 1%. Franklin Douglas (PSOL) Saulo Arcangeli (PSTU) não pontuaram. Branco e nulo foram 9%, não sabem ou não responderam 6%.

Contrada pela Jakarta Publicdade a pesquisa foi realizada entre os dias 30 de julho e 5 de agosto e ouviu 602 eleitores. Está registrada com o número MA-05532/2020.

Presos poderão ter remição de penas no Maranhão com leitura da Bíblia

 

f13de435ef61edfbd3481122b1e6213a
Deputada Mical Damasceno (PTB)

Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou o projeto da deputada Mical Damasceno, que torna a Bíblia livro obrigatório no Instituto da Remição pela Leitura.

A remição pela leitura permite que o preso já condenado, a cada leitura de uma obra, reduza quatro dias de pena da sua condenação, possuindo o limite de 12 obras por ano.

“A Bíblia sempre foi agente de transformação na vida das pessoas. Ela é o nosso alicerce, servindo de base, inclusive, para muitas constituições democráticas, à exemplo da nossa Carta Magna de 1988. O Evangelho de Cristo e a ministração da Palavra têm feito a diferença na vida de muitos detentos, por meio do trabalho missionário que é feito nos presídios. Nada melhor do que permitir também que a Bíblia ajude na redução de pena e, consequentemente, seja meio de transformação na vida daqueles que desejam mudar suas vidas durante e após o cumprimento de sua pena”, destacou a parlamentar.

Covid-19: Assembleia Legislativa de luto pelas mais de 100 mil mortes

 

3c27dbf2bba28495d5e15b5e46fa99fd

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), decretou, luto oficial de três dias em memória das mais de 100 mil mortes da Covid-19 no Brasil.

O parlamentar se solidarizou com as famílias que perderam seus entes para a doença e lamentou a triste marca alcançada esta semana.

“Chegamos a esta triste marca no país. E neste momento de dor, lamento a perda de cada uma das vidas brasileiras ceifadas por essa doença. São mais de 100 mil vidas que importam muito. Que Deus possa confortar o coração das pessoas que perderam alguém do seu convívio em razão da Covid-19”, declarou Othelino Neto.

A luta dos brasileiros contra o coronavírus começou em março, quando foi registrada a primeira morte. Desde então, a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde, Secretarias de Estado da Saúde e demais órgãos competentes da área se mobilizaram em prol do isolamento social, no intuito de todos seguirem as medidas de biossegurança necessárias, na tentativa de minimizar os riscos de contágio pelo novo coronavírus.

Márcio Jerry quer fim da prisão domiciliar de Fabrício Queiroz

 

marcio

O vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA) questionou a validade da manutenção da prisão domiciliar de Fabrício Queiroz e de sua mulher, Márcia Aguiar.

“Queiroz mentiu sobre cheques para Michelle Bolsonaro. E aí, continuará ‘premiado’ com a prisão domiciliar ou voltará para a cadeia? A dúvida, com resposta mais lógica para a volta à cadeia, deixou Bolsonaro insone desde a revelação dos novos cheques”, afirmou Márcio Jerry.

Queiroz e Márcia são acusados pelo Ministério Público Federal (MPF) de operacionalizar o esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro, filho do presidente, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, quando este ainda exercia o cargo de deputado estadual.

Na sexta-feira a revista Crusoé revelou que, após a quebra de sigilos, o casal depositou 27 cheques que somam R$ 89 mil (valores não corrigidos) em nome da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, entre janeiro de 2011 e dezembro de 2017.