Indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada dos EUA, já era!..

 

eua
Foto: Reprodução

A crise do PSL e a falta de votos no Senado para aprovar Eduardo Bolsonaro como embaixador nos Estados Unidos fizeram Jair Bolsonaro suspender os planos de indicar o Zero Três para o posto em Washington.

Interlocutores diretos de Eduardo afirmaram que é “zero” a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019.

A informação foi confirmada com duas fontes, que avaliam que, se sair, a indicação seria mais próxima do fim do mandato do Zero Três, ou seja, em 2022.

No Itamaraty, a notícia da desistência também já vinha circulando. Diplomatas também especulam se Bolsonaro não cumpriria o que disse lá atrás e colocar Eduardo como chanceler no lugar de Ernesto Araújo.

Segundo interlocutores de Eduardo, não existe essa possibilidade. O deputado deverá permanecer na Câmara.

(por Naomi Matsui, Ana Clara Costa e Guilherme Amado)

Canonização de Irmã Dulce terá forte presença de autoridades brasileiras

 

irma-d
Foto: Reprodução

A canonização da Irmã Dulce, no próximo domingo (13) no Vaticano, terá a presença de muitas autoridades brasileiras que embarcaram na quinta-feira (10) para Roma liderados pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Também integram a comitiva os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ);  Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli; o procurador-geral da República, Augusto Aras; o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; o embaixador do Brasil na Santa Sé, Henrique Sardinha Pinto; o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto); e o ex-senador José Sarney.

Integram a comitiva também, mas sem ônus para os cofres públicos, as esposas de Mourão, Alcolumbre, Maia, Aras e do embaixador Sardinha Pinto. A primeira-dama de Goiás, Maria das Graças Caiado, também embarcou para Roma. O retorno está previsto para a próxima segunda-feira (14).

A lista ainda conta com mais de 20 parlamentares, entre eles, os maranhenses André Fufuca (PP-MA) e o senador Roberto Rocha (PSDB).

Deputados que viajam em missões oficiais têm direito a uma diária de US$ 428 quando vão à Europa. Já o presidente pode receber uma diária de US$ 550. Os senadores também têm direito a passagens e diárias quando embarcam em viagens oficiais.

Tanta ‘amor’ para isso: Donald Trump está abandonando Bolsonaro

 

ocde
Foto: Reprodução

O governo dos EUA recusou endossar a tentativa do Brasil de ingressar na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), postura contrária a qui vinha anunciação a meses.

O secretário de Estado, Michael Pompeo, rejeitou pedido para discutir mais ampliações do clube dos países mais ricos, de acordo com uma cópia de uma carta enviada ao secretário-geral da OCDE, Angel Gurria, em 28 de agosto.

Ele acrescentou que Washington apoiou apenas as ofertas de membros da Argentina e da Romênia.

Em março, o presidente Donald Trump disse em entrevista coletiva conjunta com o presidente brasileiro Jair Bolsonaro na Casa Branca, que apoiou o Brasil na adesão ao grupo de 36 membros. Em julho, o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, reiterou o apoio de Washington ao Brasil durante uma visita a São Paulo. (Revista Fórum)

Constituição Federal de 1988 completa 31 anos e Flávio Dino enaltece conquistas

 

constituição de 88
Foto: Reprodução

A Assembleia Nacional Constituinte foi aprovada em 22 de setembro de 1988 e promulgada em 5 de outubro do mesmo ano. A constituição é a lei fundamental e suprema do país e que serve de parâmetro para as demais.

Como foi instituída no período de redemocratização do Brasil passou ser chamada de ‘Constituição Cidadã’. O governador do Maranhão nas redes sociais enalteceu as conquistas da Lei maior do país.

Hoje, 31 anos da Constituição Federal que protege: “…o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos…”, disse o governador Flávio Dino.

Atacado na ONU por Bolsonaro quem é o líder indígena Raoni

 

VATICAN-BRAZIL-POPE-RAONI
Foto: Reprodução

Chamado de “peça de manobra” pelo presidente Bolsonaro em discurso na ONU nesta terça-feira (24), em Nova York, o líder indígena Raoni foi lançado recentemente à disputa pelo Prêmio Nobel da Paz de 2020 por entidades indigenistas e ambientalistas.

Aos 89 anos, o cacique kaiapó Raoni Metuktire é um dos principais porta-vozes da causa indígena em todo o mundo. A irritação de Bolsonaro com Raoni se deu em razão de encontros esse dele com o presidente da França, Emmanuel Macron, e o Papa Francisco.

Com décadas de militância em defesa da preservação da floresta amazônica e dos povos indígenas, Raoni ganhou notoriedade internacional em 1987, quando se encontrou em São Paulo com o cantor inglês Sting. (Congresso em Foco).

Partidos entram no Superior Tribunal de Justiça contra governador do Rio

 

agatha
Foto: Reprodução

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSL), lamentou nesta segunda-feira (23), a morte da garota Àgatha Félix, 8 anos, morta pela no Complexo do Alemão, mas criticou o que ele chamou de ‘uso político’ do caso e culpou usuários de drogas e crime organizado pela morte da garota.

“É indecente usar um caixão como palanque. Não podemos permitir que partidos de oposição venham a utilizar mortes de inocentes para palanque eleitoral e obstruir votações importantes no Congresso Nacional. O pacote anti-crime é essencial”, disse Witzel.

Também nesta segunda-feira partidos políticos ingressaram no Tribunal Superior de Justiça com uma ‘notícia–crime’ contra o governador Wilson Witzel. Os partidos querem o fim da política de segurança implantada no Rio de Janeiro que já vitimou várias pessoas que não tinham envolvimento em crimes.

Nota assinada pelo PT, PSB, PDT PCdoB e PSOL

“Partidos de oposição entram na com queixa-crime contyra Witzel”

A letalidade observada nas operações militares comandadas pelo atual governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel tem despertado preocupação e revolta da sociedade civil em nível nacional e internacional.

A truculência em operações policiais era uma das pautas defendidas por Witzel quando ainda aspirava como candidato nas últimas eleições estaduais, adotada desde janeiro como política de governo.

A morte da pequena Aghata Vitória Salles Felix, de 8 anos de idade, com um tiro de fuzil nas costas, no complexo do Alemão, na última sexta-feira (21) somente reforçou nossa certeza de que é preciso parar essa política de extermínio da população pobre e das periferias do estado do Rio de Janeiro. Ághata foi a quinta criança morta em ações policiais neste ano.

Nesse sentido, os partidos de oposição, no compromisso com a democracia, com uma política de segurança pública responsável, com a defesa dos direitos da população vulnerável e com a vida das crianças, apresentam uma notícia crime ao Superior Tribunal de Justiça contra o governador do Estado do Rio de Janeiro Wilson Witzel, para que responda pelos crimes que vem sendo praticados pela polícia militar do estado que governa, que ocorrem sob seu aval, estímulo e fomento.

A ação será protocolada nesta segunda-feira. Esperam os partidos que haja uma resposta do Poder Judiciário para fazer cessar essa guerra aberta, cuja vítima é a sociedade.

CARLOS LUPI – Presidente do PDT
CARLOS SIQUEIRA – Presidente do PSB
GLEISI HOFFMANN – Presidenta do PT
JULIANO MEDEIROS – Presidente do PSOL
LUCIANA SANTOS – Presidenta do PCdoB”