Exame/Ideia mostra Lula como único capaz de vencer Bolsonaro

Do Brasil de Fato

O ex-presidente Lula seria o único a vencer Jair Bolsonaro no 2º turno, caso as eleições presidenciais de 2022 acontecessem hoje.

É o que mostra pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta sexta-feira, dia 23.

O levantamento mostra Lula com 40% das intenções de voto no 2º turno, Bolsonaro tem 38%. 

Bolsonaro venceria no 2º turno: João Doria, Ciro Gomes, Luiz Henrique Mandetta, Sérgio Moro e Eduardo Leite.

A avaliação do governo Bolsonaro é a pior desde o início da gestão, em janeiro de 2019: 54% desaprovam a maneira como o presidente trabalha.

A rejeição do governo Bolsonaro é maior entre as classes D e E, onde 55% manifestam uma opinião negativa sobre Bolsonaro.

Foram ouvidas 1.200 pessoas entre os dias 19 a 22 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

‘Inês é Morta’: confirmada parcialidade e incompetência de Moro em relação a Lula

O STF formou maioria de votos 7 a 2 nesta quinta-feira, dia 22, pela parcialidade do ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro em relação aos processos contra Lula.

A 2ª turma já havia decido a suspeição, mas a questão foi levado ao plenário e confirmada.

O ministro Marco Aurélio pediu vista e a conclusão do julgamento ficou para a próxima quarta-feira, dia 27, quando também votará Luis Fux presidente da corte.

Consideraram Sérgio Moro parcial: Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Dias Tofffoli, Cármen Lúcia, Kassio Nunes e Rosa Weber.

Votaram a favor de Moro: Edson Fachin e Roberto Barroso.

Com a decisão do STF de hoje Lula fica também livre e mais tranquilo para se dedicar às eleições de 2022.

Zé Inácio é vice-líder do governo na Assembleia Legislativa

O deputado Zé Inácio (PT) assumiu, nesta quinta-feira (15), a vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa do Maranhão. O anuncio foi feito pelo próprio governador Flávio Dino (PCdoB).

“O deputado Zé Inácio (PT) passa a integrar a liderança do governo na Assembleia Legislativa, na condição de vice-líder. Vai atuar em conjunto com o líder Rafael Leitoa (PDT)”, destacou Flávio Dino.

Zé Inácio agradeceu o convite do governador Flávio Dino e acredita que esta será uma missão política “prazerosa”.

“Me sinto lisonjeado pelo convite feito pelo governador Flávio Dino. Vamos continuar destacando as ações importantes do Governo do Estado que vem mudando a realidade do Maranhão nesses últimos anos”, pontua Zé Inácio. 

O parlamentar petista, único na Assembleia Legislativa, ocorre no mesmo dia em que o STF confirmou e anulação das sentenças de Lula na Lava Jato.

Não faz sentido.., que reconhecer direitos de Lula “prejudicam a Lava Jato”, diz Dino

O governador e ex-juiz federal, Flávio Dino (PCdoB), comentou nesta quinta-feira, dia 15, a importância do julgamento no STF das ilegalidades praticadas contra o ex-presidente Lula.

“Muito importante que o STF esteja julgando múltiplas ilegalidades perpetradas contra o ex-presidente Lula. Óbvias incompetência e suspeição do juiz, por parcialidade no caso concreto. Outros processos legítimos por corrupção, contra outros réus, podem e devem continuar (..) Não faz sentido o argumento de que reconhecer os direitos do presidente Lula “prejudicam a Lava Jato”. Tal “operação” não pode ser canonizada e ser intocável. Acertos e erros devem ser reconhecidos. As leis não podem deixar de ser aplicadas por argumentos puramente políticos”, pontuou Dino.

O pleno do STF julga hoje a anulação dos processos contra Lula no âmbito da Lava-Jato em Curitiba, que já havia sido descido na 2ª turma, mas que ontem os ministros decidiram levar ao plenário.

Um dos mais contundente críticos da condução dos processos contra Lula em Curitiba, o governador Flávio Dino, sempre contestou e questionou a competência de Moro e Deltan nas investigações e julgamentos dos casos envolvendo o petista.

PoderData: Lula venceria Bolsonaro no 2º turno por 52% a 34% dos votos

Nova Pesquisa PoderData, relacionada a Eleição Presidencial de 2022, divulgada na noite desta quarta-feira, dia 14, mostra no cenário de 2º turno, Lula com 52% e Bolsonaro com 34%.

No cenário de 1º turno Lula também lidera dentro da margem de erro com 34% e Bolsonaro 30%.

O levantamento ouviu 3.500 pessoas em todo Brasil dos dias 12 a 14 desta semana. A vantagem de Lula é de 18 pontos em relação a Bolsonaro.

“..acho uma tendência natural, meio que óbvia..”, Dino sobre vice de Lula

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), em entrevista ao Poder 360 publicada neste sábado, dia 10, sobre a possibilidade do PCdoB compor a chapa com o PT para presidência em 2022, como ocorreu em 2018, disse ser para ele, “uma tendência natural”.

“.. No momento certo, haverá o diálogo e o PCdoB vai defender seus legítimos pontos de vista. Mas não é um condicionamento (..) Há etapas, como definições de aliança, programa. No que depender da minha posição individual, acho que é uma tendência natural, meio que óbvia. Agora, o momento de definir isso e cravar com certeza é maio e junho de 2022..”, disse Dino.

Flávio Dino também avaliou a situação atual do presidente Jair Bolsonaro, que classificou como ‘pior momento desde que foi eleito’. Para ele, a dificuldade em se relacionar com o Congresso e atuação do governo na Pandemia são ingredientes que podem dificultar o futuro político do presidente.

STF retomará julgamento da suspeição de Moro em processo de Lula

Do Uol

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Nunes Marques devolveu hoje para julgamento pela Segunda Turma a análise do processo que pede a suspeição do ex-juiz federal Sergio Moro.

De acordo com o sistema eletrônico da Corte, o tema foi incluído na pauta para ser julgado ainda nesta terça-feira (23).

Em 9 de março, o ministro pediu vista no processo que analisa parcialidade de Moro durante na condenação do ex-presidente Lula (PT), do tríplex no Guarujá.

O placar no julgamento sobre a suspeição de Sérgio Morro está empatado em 2 a 2.

PoderData aponta que Lula e Ciro venceriam Bolsonaro no 2º turno

Do PoderData

Pesquisa PoderData realizada nesta semana em todo o país com 3.500 pessoas indica que, se a eleição presidencial fosse hoje, Jair Bolonaro (sem partido) iria para o 2º turno junto Lula (PT).

O atual presidente tem 30% e o petista pontua 34%. Como a margem de erro do levantamento é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos, há um empate técnico no limite desses percentuais.

Depois de Bolsonaro e Lula, todos os demais candidatos testados ficam com menos de 10%.

Sergio Moro (sem partido) tem 6%; Ciro Gomes (PDT), 5%; Luciano Huck (sem partido) fica com 4%; João Dória (PSDB) pontua 3%; João Amoêdo (Novo) tem 3% e Mandeta (DEM), 2%.

Pesquisa Atlas: Lula, Ciro e Mandetta venceriam Bolsonaro no 2º turno

Do EL PAÍS

O ex-presidente Lula (PT) e os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Henrique Mandetta (DEM) venceriam ao menos 8 pontos de diferença no 2º turno em 2022, mostra a pesquisa Atlas.

O levantamento foi encerrado quarta-feira, dia 10, quando Lula fez, seu pronunciamento como provável candidato.

No segundo turno mais provável pelos números atuais, Lula aparece com 44,9% contra 36,9% de Bolsonaro, 8 pontos de diferença. Na simulação com Ciro, o pedetista também bate Bolsonaro (44,7% contra 37,5%). Em eventual disputa com Mandetta, bateria o ex-chefe por 46,6% contra 36,9%.

Foram 3.721 entrevistas por questionários aleatórios via internet.