Colunista do Globo diz que ‘é hora de perdoar o PT’, no jornal

 

lula e dilma

O colunista e ex-diretor de redação do Globo, Ascânio Seleme, afirmou que ‘é hora de perdoar o PT’, no jornal:

Não há como uma nação se reencontrar se 30% da sua população for sistematicamente rejeitada. Esse é o tamanho do problema que o Brasil precisa enfrentar e superar. Significa a parcela do país que vota e apoia o Partido dos Trabalhadores em qualquer circunstância. Falo dos eleitores, não apenas dos militantes. Me refiro aos que acreditam na política de mudança do partido, não aos seus líderes.

Os que acreditam e sustentam o PT são a maioria do terço de eleitores perenes do partido, não os que foram flagrados nos dois grandes escândalos de corrupção que marcaram as gestões petistas. Esse agrupamento político, talvez o mais forte e sustentável da história partidária brasileira, tem que ser readmitido no debate nacional. Passou da hora de os petistas serem reintegrados. Ninguém tem dúvida de que os malfeitos cometidos já foram amplamente punidos.

O partido teve um ex-presidente e seu maior líder preso e uma presidente impedida de continuar governando. Outros líderes históricos também foram presos ou afastados definitivamente da política. Hoje, respeitadas as suas idiossincrasias naturais, homens e mulheres de esquerda devem ser convidados a participar da discussão sobre o futuro do país. Têm muito a oferecer e acrescentar.(…)

Mas o PT é maior que isso e, como já foi dito, para ladrões existe a lei. Imaginar que o partido repetirá eternamente os mesmos erros do passado é uma forma simples, fácil e errada de se ver o mundo. Os erros amadurecem as pessoas, as instituições, os partidos políticos. Não é possível se olhar para o PT e ver só corrupção. O petismo não é sinônimo de roubo, como o malufismo (…). (Informações do DCM)

Moro diz que Lula em depoimento foi tratado como adversário no ‘ringue’

 

17131161
Foto: Reprodução

O ex-juiz da Lava Jato e pré-candidato a presidente, Sérgio Moro, disse na GloboNews que depoimento de Lula no processo do triplex, se deu em um “ringue” de boxe, o que passou ser visto como ‘confissão’ da falta de imparcialidade do então juiz.

Como se sabe Lula foi condenado e preso ficando fora das Eleições de 2018, vencidas por Jair Bolsonaro, cujo o ministério da Justiça do seu governo foi  ocupado por Moro, ex-juiz da Lava Jato e que condenou Lula.

Depuatado diz que bancada apresentará propostas sugeridas por Dino em live com Lula

 

Deputado Federal Márcio Jerry (PCdoB-MA)/Foto: Reprodução

O deputado Mácio Jerry, vice líder do PCdoB na Câmara Federal, informou nesta segunda-feira (28), que a bancada do seu partido está preparando uma proposta que contempla entregadores e similares.

Ele também ressaltou o empenho para prorrogar o auxílio emergencial e apoio aos micro e pequenas empresas.

O tema sobre entregadores e similares foi um dos principais destaque da live realiza hoje com participação do ex-presidente Lula e o governador Flávio Dino.

Lula diz que PT avalia lançar Rui Costa ou Flávio Dino à Presidência da República

 

FLAVIO-DINO-E-RUI-COSTA-780x470
Governadores Flávio Dino (Maranhão) e Rui Costa (Bahia)/Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula disse nesta quarta-feira (27), à Rádio Jovem Pan Aracaju, que o PT avalia lançar Rui Costa, governador da Bahia ou o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) como pré-candidatos à presidência da República em 2022.

“A única coisa certa nesse momento é que não vou disputar as eleições em 2022 por causa da minha idade. Contudo, podemos lançar o Rui Costa ou apoiar outro nome como o governador do Maranhão, Flávio Dino, sem nenhuma dificuldade. Estamos aqui para conversar”, disse Lula.

Em janeiro deste ano, o vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira, anunciou em seu Twitter que Dino poderá estar na chapa nas próximas eleições à Presidência da República.

Também em janeiro deste ano, o jornal o Globo divulgou que Dino foi sondado pelo ex-presidente Lula para voltar ao PT. O convite não teria sido formal. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), também participou do encontro, na Central Única dos Trabalhadores (CUT), em São Paulo. (Mídia Bahia)

“O Brasil não faliu porque o PT deixou US$ 378 bi em reservas”, Lula em entrevista no MA

 

Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula durante  entrevista concedida na noite desta quinta-feira (21), ao programa Ponto e Virgula, na Rádio Difusora FM de São Luís, disse que o Brasil ainda não quebrou  porque o PT deixou de US$ 378 bi de dólares em reservas internacionais, mas é mais fácil dizerem que o PT quebrou o país, só para justificarem a incapacidade de governar.

“Eles falam que o PT quebrou o Brasil. O Brasil só não decretou falência porque o PT deixou 378 bilhões de dólares em reservas internacionais. É isso que tá salvando o país”, Lula durante entrevista ao Ponto e Virgula.

Moro usa ‘falas polêmicas’ de Bolsonaro e Lula para lucrar politicamente

 

4bb61d353ca790485bf704ab380fe7f9
Sérgio Moro, ex-Juiz da Lava Jato e Ministro da Justiça de Bolsonaro/Foto: Reprodução

O ex-juiz e ministro Sérgio Moro não perdeu tempo e nesta quarta-feira (20), após 24 horas de declarações polêmicas de Bolsonaro e Lula em relação ao coronavírus, pegou carona na repercussão para entrar no debate e tirar algum lucro político.

Moro deve está prevendo a volta do assunto voltar ser explorado no Jornal Nacional na noite de hoje, e já preparou uma fala em oposição a Bolsonaro e Lula. Para quem vive dizendo que nunca teve interesse em disputa política, o ex-juiz da Lava Jato e ministro de Jair Bolsonaro, parece ter resolvido botar a campanha na rua.

Ontem ao participar de uma entrevista numa live o presidente Bolsonaro fez ‘piada’ com uso da cloroquina, no dia que o Brasil registrou em 24 horas,1.179 óbitos por covid-19. Disse o presidente, “quem for de direita toma cloroquina, quem for de esquerda toma tubaína” .

Já o ex-presidente Lula, que se desculpou hoje pelo que ele chamou de “frase infeliz”, também durante uma entrevista à Carta Capital, disse “.. ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo aos cegos enxergarem que apenas o Estado é capaz de dar soluções para determinadas crises..”

Lula pede desculpas após repercussão de ‘frase infeliz’ sobre coronavírus

 

Lula
Ex-presidente Lula pede desculpas em relação a ‘frase infeliz’ dita por ele sobre o coronavírus/Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula pediu desculpas e classificou nesta quarta-feira (20) de ‘frase totalmente infeliz’, dada por ele ontem durante entrevista à Carta Capital, quando disse que o aparecimento da pandemia foi ‘positivo’ para mostrar o governo a importância de um Estado forte para enfrentar a crise econômica.

“.. quando vejo essas pessoas acharem que tem que vender tudo que é público e que tudo que é público não presta nada.., ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse mostro está permitindo aos cegos enxergarem que apenas o Estado é capaz de dar soluções para determinadas crises..”, Lula à Carta Capital.

Teich diz que ‘iniciou há 39 anos no SUS’, mas o sistema foi criado em 1988

 

new-project-24
Foto: Reprodução

Depois de abandonar há mais de 3 décadas a profissão de médico e passar a se identificar como ‘economista da saúde’, Nelson Teich protagonizou uma gafe ao rebater nas redes sociais o ex-presidente Lula, que disse nesta terça-feira (5) que o ministro da Saúde de Jair Bolsonaro “ só entrou em hospital para vender plano”.

“Como o senhor deve saber @LulaOficial, um dos pontos mais graves da Covid-19 é a propagação da desinformação. Iniciei minha carreira há 39 anos no SUS”, tuitou Teich.

No entanto, O ministro foi lembrado pelo seguidor Walter Arato Bastos que o Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado apenas em 1988, definido pela Constituição Federal, em seu artigo 196. Ou seja, o SUS existe há 32 anos.

Diante do alerta, Teich voltou à rede por volta da 1h20 desta quarta-feira (6) por propagar a desinformação. “Obrigado pela observação. Quis dizer Sistema Público de Saúde de 1981, que evoluiu para o Sistema Único de Saúde (SUS) em 1988”, afirmou. (Revista Fórum)

‘..denuncia de invasão do Triplex contra Lula será piada nos cursos jurídicos..’ diz Flávio Dino

 

310ba3d678232bf89ebae7f732cdbf98
Ex-presidente Lula/Foto: Reprodução

A denuncia do Ministério Público Federal em São Paulo contra Lula e Guilherme Boulos, por invadir o Triplex do Guarujá foi motivo de piada nas redes sociais. Nem os denunciados acreditaram na medida adotada.

dino piadaO governador do Maranhão, Flávio Dino, que também é professor de Direito Constitucional e ex-juiz federal, também comentou nas redes sociais a ação do Ministério Público Federal. Para ele, a denuncia será mais um motivo de piada nos cursos jurídicos no Brasil e exterior.

O imóvel é o mesmo que o então juiz da Lava-Jato, Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça do governo Bolsonaro usou para condenar Lula alegando ser do petista o apartamento. Em janeiro de 2018 o TRF-4 em Curitiba ratificou a condenação e ainda aumentou a pena. A decisão tirou em definitivo Lula da disputa presidencial, quando liderava as pesquisas.

Convite de Lula a Flávio Dino para se filiar ao PT é boato

 

lula-flavio-dino-e1580209339590
Lula e Flávio Dino/Foto: Reprodução

Desde ontem, com a entrevista da presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, ao Valor, a Central de Boatos de Brasília foi ligada para especular sobre Flávio Dino no PT.

O colunista Lauro Jardim, de O Globo, publica hoje que Lula teria dito, no recente encontro que teve com o governador do Maranhão, para Dino “voltar para casa”. Dino já foi filiado ao PT.

Em 2018, sim, Flávio Dino chegou a ser sondado por alguns petistas se não considerava voltar para o partido. As conversas, porém, não evoluíram.

Dino acha difícil consolidar seu projeto de candidato a presidência da República pelo PCdoB, mas essa ainda é sua primeira opção.

Em relação a Lula, ele tem grande simpatia por Dino mas sabe que um convite desses no atual momento traria mais problemas do que soluções para o PT.

Além de Fernando Haddad, o PT tem dois governadores em mandato com ambições presidenciais, Camilo Santana (Ceará) e Rui Costa (Bahia). Lula não pode impedir que batalhem pela indicação tão cedo para trazer Dino. Isso poderia implodir o partido. (Revista Fórum)