Eliziane quer saber quem pagou o vídeo de apologia ao ‘Golpe de 64’

 

ditadura
Foto: Reprodução

O vídeo divulgado no último domingo (31), exaltando o ‘Golpe de 64’, e que teria sido distribuído pelo Palácio do Planalto, ao que parece é a nova polêmica criada pelo presente Jair Bolsonaro, contra o próprio governo.

O vice-presidente Hamilton Mourão que se encontra no exercício da presidência, disse nesta segunda-feira (1º), que a decisão de fazer a celebração foi do presidente Bolsonaro.

“Foi divulgado pelo Planalto, é decisão dele (do presidente Bolsonaro)”, disse Mourão.

Ao ser informado que a comunicação do governo teria declarado que não sabia quem seria o responsável pela divulgação do vídeo, Mourão respondeu tentando desdizer o que tinha dito.

“Também não sabem?.. Então eu não nem vi esse vídeo”.

A senadora Eliziane Gama (PPS-MA), informou no twitter que está solicitando a convocação do secretário-geral da Presidência, na Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, para esclarecer o fato que pode caracterizar um grave ato contra a democracia brasileira.

eliziane video

O PT deu entrada em várias solicitações de providências  contra o vídeo e sua divulgação, entre elas, uma sindicância para apurar e identificar os responsáveis. A medida foi adotada também junto à Procuradoria-Geral da República.

Campanha ‘contra o carnaval’ tem repercussão internacional negativa para Bolsonaro

 

repercussão

O polêmico post do presidente Jair Bolsonaro, que publicou um vídeo no twitter na terça-feira (5) com cenas obscenas, gravado durante o carnaval alcançou e ainda repercuti internacionalmente.

A publicação teve objetivo de “expor a verdade para a população” sobre o que estaria se tornando a folia no país. O presidente só não imaginou que o post lhe traria tamanho desgaste e críticas, inclusive a possibilidade de enfrentar um processo de impeachment.

O jornal americano “The New York Times”, logo na abertura da matéria, diz sobre o texto: “Faremos todos os esforços para mantê-lo digno”.

“O artigo que você está prestes a ler é sobre um vídeo com conteúdo sexual, o presidente da quarta maior democracia do mundo e as guerras culturais que agitam o Brasil”, afirma.

O jornal britânico “Mirror” enfatizou que o vídeo é impróprio para menores de idade e “muito obsceno”, enquanto o “Independent” destacou a pergunta que Bolsonaro postou nesta quarta-feira, sobre o significado de ” golden shower “. A expressão faz referência à prática sexual que aparece nas imagens e está entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira.

O também britânico “The Guardian” disse que o presidente foi “ridicularizado” após a publicação. Segundo o jornal, Bolsonaro “provocou indignação, nojo e ridicularização depois de twitar um vídeo pornográfico em uma aparente tentativa de revidar as críticas ao seu governo durante o carnaval deste ano”.

Outro portal de notícias a abordar o assunto foi o americano “Insider”. No título, o site afirmou que “o presidente do Brasil declarou guerra ao carnaval”. O “Insider” também falou sobre manifestações de foliões contra o governo realizadas em blocos no período de festa nacional.

A agência de notícias “Reuters” informou que “Bolsonaro provocou choque e indignação” com o tweet. O veículo ressaltou também que o presidente causou ainda mais polêmica ao publicar hoje pela manhã a pergunta “O que é golden shower?”, que é justamente a prática sexual que o vídeo mostra.

O Twitter incluiu um alerta de “conteúdo sensível” no post, devido ao seu caráter pornográfico, para que o internauta concorde em acessá-lo. Os vídeos postados na rede social podem ser vistos automaticamente, dependendo do que retratam . “Nós não podemos te mostrar tudo!”, diz o aviso do Twitter. “Ocultamos automaticamente vídeos com possível conteúdo sensível ou impróprio”.

O assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins, saiu em defesa de Bolsonaro e de suas publicações. Ele comparou a postura do presidente a de Theodore Roosevelt (presidente dos Estados Unidos entre 1933 e 1945).

“Roosevelt dizia que a Presidência da República é um ‘bully pulpit’, uma posição pública que permite falar com clareza e com força sobre qualquer problema. Foi o que o Presidente @jairbolsonaro fez ao expor o estado de degeneração que tomou nossas ruas nos últimos dias”, escreveu Martins.

(Informações O Globo)

Presidente Bolsonaro é criticado após postar vídeo ‘contra o carnaval’

 

bolsonaro-carnaval

Recluso e criticado nos dias de folia, Jair Bolsonaro (PSL) compartilhou na noite de terça-feira (5) um vídeo de um homem urinando em outro para “expor a verdade” sobre os blocos de rua no Carnaval.

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conslusões (SIC)”, tuitou.

A publicação causou revolta nos foliões, que denunciaram o vídeo por conteúdo impróprio e publicaram uma avalanche de críticas nos comentários.

O vídeo veiculado pelo presidente começa com um homem com as nádegas de fora dançando em cima de um ponto de táxi. Em seguida, ele se abaixa e um outro homem urina em sua cabeça.

Segundo relatos de usuários do Twitter, o caso teria ocorrido no Blocu, bloco de carnaval que passou ontem por ruas do centro de São Paulo. O vídeo publicado por Bolsonaro mostra um prédio e um ponto de táxi que ficam na Rua Boa Vista, uma das que faziam parte do trajeto do bloco.

Indignado 1

indignados 2

indignados 3

Além de críticas ao fato de Bolsonaro ter divulgado um vídeo de conteúdo adulto, alguns internautas consideraram que o presidente estaria violando a Lei do Impeachment (lei 1.079/1950). O parágrafo 7º do artigo 9º diz que “proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo” é crime de responsabilidade contra a probidade na administração pública.

Informações Revista Forum

São Luis Gonzaga terá Segurança reforçada no Carnaval com Vídeo Monitoramento

 

img-20190228-wa0062.jpg

A Prefeitura de São Luís Gonzaga do Maranhão e o Destacamento de Policia Militar local estabeleceram uma parceria para reforçar a segurança durante o Carnaval no município. A iniciativa resultou na instalação de um Sistema de Vídeo Monitoramento que será concluído nesta sexta-feira (1º), véspera do Carnaval.

img-20190228-wa0046-e1551374178249.jpg

As cameras de segurança estão sendo colocadas estrategicamente na Praça da Bandeira no centro da cidade e principais ruas e vias de acesso ao local da festa. A prefeitura deverá em breve ampliar o sistema e instalar também nos acessos a sede do município.

Além do Vídeo Monitoramento o DPM (Destacamento de Polícia Militar) contará com reforço de outros policias, guarda municipal e dezenas de seguranças contratados pela prefeitura para auxiliar na segurança no circuito carnavalesco. O município pretende manter a tranquilidade na cidade que vem apresentando a alguns meses.

IMG-20190228-WA0049

Prefeito de São Luís Gonzaga do MA divulga ‘vídeo prestação de contas’

 

Há dois anos à frente do município de São Luis Gonzaga do Maranhão, o prefeito Francisco Pedreira Martins Junior, o ‘Dr. Junior’, utilizou no sábado (5), uma forma interessante mesmo não sendo inédita, para fazer uma especie de prestação de contas dos dois primeiros anos da sua gestão, e também se defender das críticas da oposição à sua administração.

A ideia e eficacia na utilização de vídeos para este fim não é novidade como destacamos acima, mas é oportuno e barato considerando a força da comunicação objetiva e online através das redes sociais, com forte utilização e influência política atualmente no país.

É aguardar a receptividade e resultado da iniciativa do prefeito junto à população gonzaguense. Mas é preciso reconhecer a positividade da ideia, que também serve para o gestor dizer aos adversários que se defenderá com trabalho.

O vídeo é uma espécie de analogia com a máxima popular “uma imagem vale mais que mil palavras”, e nele há registro de muitas ações concretas. Se foram ou são, suficientes para reconhecimento da população, isso caberá a cada um.

Abaixo o vídeo: