Dino e Eliziane criticam Bolsonaro por desautorizar compra da vacina Chinesa Chinovac

O presidente Jair Bolsonaro incomodado com o lucro político do governador de São Paulo, João Dória (PSDB), pré-candidato a presidente em 2022, desautorizou nesta quarta-feira, dia 21, o ministério da Saúde, comprar a vacina chinesa Chinovac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan.

A decisão de Bolsonaro ocorre um dia após o ministro Pazuello, anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina junto ao governo de São Paulo.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que ontem participou da reunião dos governadores com o ministério da Saúde, para tratar das vacinas, reagiu à decisão do presidente Bolsonaro, dizendo que ele só pensa em “palanque e guerra”. Ele também defendeu que os governadores procurem o Congresso Nacional e a Justiça, para garantir o aceso da população à vacina.

“Bolsonaro agora quer fazer a “guerra das vacinas”. Só pensa em palanque e guerra. Será que ele não quer jogar War ou videogame com Trump ? Enquanto jogasse, ele não atrapalharia os que querem tratar com seriedade os problemas da população(..) Não queremos uma nova guerra na Federação. Mas, com certeza os governadores irão ao Congresso Nacional e ao Poder Judiciário para garantir o acesso da população a todas as vacinas que forem eficazes e seguras. Saúde é um bem maior do que disputas ideológicas ou eleitorais”, destacou Dino no twitter.

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), também lamentou a decisão do governo Bolsonara. Para ela, é ‘estupidez’ e ‘irresponsabilidade’ desprezar e politizar uma vacina eficaz só por causa do país que produz.

“A decisão de desautorizar o Ministério da Saúde a comprar a vacina chinesa contra o Coronavírus beira a estupidez. Desprezar uma vacina eficaz apenas em razão do país q/ a produz é menosprezar a vida. Queremos a cura da doença. Politizar saúde pública é irresponsabilidade”, disse Eliziane.

O presidente Bolsonaro não esconde de ninguém sua prioridade com as eleições 2022. Ele é o próprio ‘pragmatismo político’ em nome da permanência no poder’.

DataIlha/Band mostra dança dos números dos candidatos em São Luís

Uma das pesquisas de intenções de votos para a Prefeitura de São Luís, prevista para está semana, foi divulgada nesta quarta-feira, dia 21. A pesquisa DataIlha/Band foi realizada entre os dias 13 e 15 de outubro.

Na espontânea, Eduardo Braide (Podemos), lidera com 31,2%, seguido por Duarte Jr (PRB) 10,1%; Neto Evangelista (DEM) com 9,4%; e Rubens Jr (PCdoB) que aparece com 8%.

Os outros candidatos pontuaram na seguinte ordem: Yglésio Moyses (PROS) 2,0%; Jeisael Marx (Rede) 1,9%; Bira do Pindaré (PSB) 1,8%; Sílvio Antônio (PRTB) e Franklin Douglas (PSOL) empataram com 0,3%; e Hertz Dias (PSTU) tem 0,2%. Branco e Nulo 0,2% e não sabe/não responderam 33,7%.

Na estimulado a pesquisa revela o seguinte cenário: Eduardo Braide (Podemos) com 39%; Duarte Jr (PRB) 13,1%; Neto Evangelista (DEM) 12% e Rubens Jr (PCdoB) 9%.

Os demais candidatos aparecem na seguinte ordem: Jeisael Marx (Rede) com 2,8%; Bira do Pindaré (PSB) 2,5%; Yglésio Moysés (PROS) 2,2%; Sílvio Antônio (PRTB) 0,6%; Franklin Douglas (PSOL) 0,5%; e Hertz Dias (PSTU) 0,2%. Brancos e Nulos 6,8%; Não sabem/Não responderam são 11,4%.

Quanto a rejeição dos candidatos o resultado foi o seguinte: Eduardo Braide (Podemos) 15,9%; Bira do Pindaré (PSB) 10,5%; Duarte Jr (PRB) 9,2%; Rubens Jr (PCdoB) 6,2%; Neto Evangelista (DEM) 5%; Jeisael Marx (Rede) 4,2%; Silvio Antônio (PRTB) 1,8%; Franklin Douglas (PSOL) 1,7% e Hertz Dias (PSTU) 1,3%.

A pesquisa ouviu 1080 eleitores entre os dias 13 e 15 de outubro em dezenas de bairros de São Luís e está registrada na Justiça Eleitoral com número MA-04987/2020.

“.. juiz da Suprema Corte não pode ser objeto de negociações políticas..”, diz grupo Muda Senado

O grupo de senadores que integram o  Muda Senado emitiram nota contra à indicação do desembargador Kássio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal.

Marques foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposentou na semana passada.

NOTA PÚBLICA DO GRUPO MUDA, SENADO

Recentemente o Presidente da República indicou para tomar assento como Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) o desembargador federal Kassio Nunes Marques. Nós Senadores da República, abaixo assinados, queremos registrar publicamente nossos votos contrários a essa indicação. A escolha de um juiz da Suprema Corte de um país não pode ser objeto de negociações políticas. Um magistrado deve apenas seguir sua consciência e a Constituição Federal. Defendemos o início do cumprimento de pena após decisão judicial em segunda instância, o fim do foro privilegiado, a independência dos poderes, o combate intransigente à corrupção e o respeito absoluto à Constituição Federal. Queremos manifestar também nossa posição contrária à reeleição dos presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, vedação que é absolutamente clara na Constituição Federal, no seu artigo 57, parágrafo quarto. Respeitando as posições divergentes, queremos registrar nosso posicionamento de forma clara e transparente.

Atenciosamente,

Alessandro Vieira (Cidadania-SE)

Styvenson Valentim (Podemos-RN)

Lasier Martins (Podemos-RS)

Jorge Kajuru (Cidadania-GO)

Reguffe (Podemos-CE)

Eduardo Girão (Podemos-CE)

(Com informação do Congresso em Foco)

Maranhão é o único a ultrapassar 120 dias com contágio pela Covid-19 abaixo de 1

O Maranhão ultrapassou a marca dos 120 dias com taxa de contaminação pela Covid-19 abaixo de 1 e se torna o único estado a atingir 4 meses nessa condição. 

Os dados disponibilizados pelo projeto Covid-19 Analytics, uma parceria da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostram que o Maranhão atualmente aparece em destaque, com ritmo de transmissão de 0.8.

Depois do Maranhão, o estado que aparece em condição mais favorável é o estado da Paraíba, que há 102 dias está com o Rt abaixo de 1, cuja taxa atual é de 0.95. Seguido por Roraima, que atualmente está com a taxa de 0.99 e encontra-se há 92 dias com o Rt abaixo de 1.

Flávio Dino reage e cita obras, após post de Braide que diz ‘São Luís foi enganada’

O governador Flávio Dino (PCdoB), reagiu nesta segunda-feira, dia 19, a postagem nas redes sociais atribuída ao candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), onde diz que ‘São Luís foi enganada’, se referindo ao governo do estado.

Em vídeo o governador diz que Braide falta com a verdade e cita obras, segundo ele, fruto da parceria do seu governo e a prefeitura da capital.

“..Ele diz que “São Luís foi enganada”. Mas inauguramos hospitais, escolas, parques, praças, pontes, fizemos ações sociais e dezenas de obras e programas estão sendo executados, em todas as áreas..”, disse Dino em vídeo divulgado nas redes sociais.

Rubens Jr pede orações para o pai Rubens Pereira internado na UDI com Covid-19

Candidato a prefeito de São Luís, Rubens Júnior (PCdoB), divulgou nesta segunda-feira, dia 19, boletim médico do seu pai, Rubens Pereira, 60 anos, que está internado com Covid-19 na capital maranhense.

“Compartilho o boletim médico do estado de saúde do meu pai, pedindo que todos os amigos e companheiros de luta estejam conosco em oração”, informou Rubens Jr. nas redes sociais.

Internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital UDI, o quadro de saúde do ex-deputado Rubens Pereira, o ‘Rubão’, como é conhecido é considerado grave.

O candidato a prefeito, Rubens Jr., suspendeu sua participação na campanha após positivar para Covid-19 e já está praticamente recuperado da doença, seu pai apresentou sintoma horas depois de Rubens Jr. anunciar que tinha positivado.

R$ 77 mi de verbas da Covid-19 já foram gastos com passagens e diárias

O governo Bolsonaro gastou R$ 77,3 milhões com passagens, diárias e despesas com locomoção, durante a pandemia do coronavírus.

É o que revela matéria do site Metrópole a parti de um levantamento junto ao painel Monitoramento dos Gastos da União com Combate à Covid-19.

O maior gasto ocorreu na rubrica “Passagens e despesas com locomoção”, responsável por R$ 66,1 milhões. Foram R$ 44,3 milhões de meios de transporte, R$ 20 milhões em passagens para o exterior e R$ 1,1 milhão em passagens nacionais. (Informações Metrópoles)

Eduardo Leite, Flávio Dino e Rui Costa os três melhores governadores do país

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), é o mais bem avaliado pelos líderes no Congresso. Esta é a primeira vez que o tucano lidera o ranking feito pelo Painel do Poder, ferramenta de pesquisa do Congresso em Foco.

Atrás dele vêm Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, Rui Costa (PT), da Bahia, João Doria (PSDB), de São Paulo, e Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás.

Flávio Dino anuncia pagamento do 13º e liberação de outras atividades no Maranhão

Os servidores públicos do estado do Maranhão receberão o 13º salário neste mês de outubro. O governador, Flávio Dino, anunciou nesta sexta-feira, dia 16, durante entrevista coletiva.

A medida tem objetivo de contribuir para o aquecimento da economia, e evitar aglomerações no comércio, em razão das compras de final de ano.

Ele também anunciou a reabertura de cinemas e realização de shows. Quanto a festas privadas, o governo se posicionará no inicio de dezembro.

As regras das novas liberações serão divulgadas na próxima segunda-feira, dia 19. Elas medidas fazem parte da flexibilização de atividades durante a pandemia do coronavírus.

Relatório da PF alega constrangimento e não divulga vídeo de dinheiro na cueca

O ministro Roberto Barroso (STF), com base no relatório da PF, divulgou detalhes como os mais de R$ 30 mil, em dinheiro vivo, encontrados dentro da cueca do senador Chico Rodrigues (DEM-RR).

Durante a ação realizada na residência do senador em Boa Vista, a PF alega ter filmado o momento em que cédulas foram encontradas na cueca do parlamentar.

“Esta equipe policial possui um vídeo da segunda busca pessoal efetuada, contudo, nesse caso, considerando a forma como os valores foram escondidos pelo senador Chico Rodrigues bem no interior de suas vestes íntimas, deixo de reproduzir tais imagens neste relatório para não gerar maiores constrangimentos”, diz o Relatório da PF.

Segundo o relatório da PF, o delegado questionado se o senador escondia algo em suas vestes, ele respondeu “bastante assustado” que não havia nada. Mas, a PF ao fazer a revista no parlamentar encontrou no interior de sua cueca, próximo às nádegas, a quantia de R$ 15.000,00.

“Ao fazer a busca pessoal no senador Chico Rodrigues, num primeiro momento, foi encontrado no interior de sua cueca, próximo às suas nádegas, maços de dinheiro que totalizaram a quantia de R$ 15.000,00”, desta outro trecho do Relatório da PF.

Mais informações aqui no Uol