“Haveremos de recuperar nosso protagonismo global”, lamenta Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB), lamentou nesta quinta-feira, dia 22, a situação do Brasil aos olhos do mundo, após o discurso de Bolsonaro durante abertura da Cúpula do Clima hoje que está discutindo metas em defesa do meio ambiente.

De acordo com Flávio Dino, além da fala do presidente ficar no ‘final da fila foi ‘excessivamente genérica’.

“O presidente brasileiro ficou no fim da fila dos líderes a discursar. E o presidente dos Estados Unidos não ficou para ouvir. Ou seja, a esdrúxula diplomacia do Brasil como “pária mundial” foi bem-sucedida. Lamento muito. Haveremos de recuperar o nosso protagonismo global (..) Além de excessivamente genérico, o discurso de Bolsonaro tem um grave problema: é incoerente com a realidade. Faltam ações que deem amparo às palavras. Basta ver a situação absurda do Fundo Amazônia, paralisado desde 2019”, disse Dino twitter.

Anvisa pede ao STF suspensão do prazo dado ao MA para importação da Sputnik V

Do 247

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recorreu ao STF nesta terça-feira, dia 20, para suspender o prazo sobre parecer da importação temporária da Sputnik V.

O órgão quer mais tempo para reunir informações sobre a substância.

No último dia 29 de março, atendendo ação do governo do Maranhão, o ministro Ricardo Lewandowski determinou até o dia 28 de abril para a Anvisa decidir sobre a importação da Sputnik V. Caso não haja uma decisão, o Maranhão está autorizado importar.

“..Ante o exposto, defiro em parte a liminar, ad referendum do Plenário desta Suprema Corte, para determinar que, no prazo máximo de 30 dias, a contar de 29/3/2021, a Anvisa decida sobre a importação excepcional e temporária da vacina Sputnik V, nos termos do art. 16, § 4º, da Lei 14.124/2021 (..) Ultrapassado o prazo legal, sem a competente manifestação da Anvisa, estará o Estado do Maranhão autorizado a importar e a distribuir o referido imunizante à população local, sob sua exclusiva responsabilidade, e desde que observadas as cautelas e recomendações do fabricante e das autoridades médicas..”, destacou Lewandowsck.

O governo do Maranhão comprou 4.582.862 de doses da vacina russa Sputinik V.

Não faz sentido.., que reconhecer direitos de Lula “prejudicam a Lava Jato”, diz Dino

O governador e ex-juiz federal, Flávio Dino (PCdoB), comentou nesta quinta-feira, dia 15, a importância do julgamento no STF das ilegalidades praticadas contra o ex-presidente Lula.

“Muito importante que o STF esteja julgando múltiplas ilegalidades perpetradas contra o ex-presidente Lula. Óbvias incompetência e suspeição do juiz, por parcialidade no caso concreto. Outros processos legítimos por corrupção, contra outros réus, podem e devem continuar (..) Não faz sentido o argumento de que reconhecer os direitos do presidente Lula “prejudicam a Lava Jato”. Tal “operação” não pode ser canonizada e ser intocável. Acertos e erros devem ser reconhecidos. As leis não podem deixar de ser aplicadas por argumentos puramente políticos”, pontuou Dino.

O pleno do STF julga hoje a anulação dos processos contra Lula no âmbito da Lava-Jato em Curitiba, que já havia sido descido na 2ª turma, mas que ontem os ministros decidiram levar ao plenário.

Um dos mais contundente críticos da condução dos processos contra Lula em Curitiba, o governador Flávio Dino, sempre contestou e questionou a competência de Moro e Deltan nas investigações e julgamentos dos casos envolvendo o petista.

Bolsonaro quer se defender na CPI atacando governadores do Nordeste

De acordo o Site Uol nesta quarta-feira, dia 14, os alvos preferencias do governo Bolsonaro na CPI da Covid-19 deverão ser os governadores Flávio Dino (Maranhão), Rui Costa (Bahia), Camilo Santana (Ceará) e Renan Filho (Alagoas).

A estratégia do Palácio do Planalto é concentrar ataques no que é visto pelo governo Bolsonaro o ‘núcleo da esquerda’ na Região Nordeste.

O objetivo é manter a discussão sobre recursos federais enviados para enfrentar a pandemia.

Ministro do STF autoriza o Maranhão comprar Sputinik

Do Conjur

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, autorizou o estado do Maranhão compre a vacina russa Sputinik V, se a Anvisa não se manifestar sobre o imunizante dentro do prazo máximo de 30 dias, a partir de 29 de março deste ano.

“Entendo que a importação de vacinas pelo Estado do Maranhão representará um importante reforço às ações desenvolvidas sob os auspícios do Plano Nacional de Imunização, notoriamente insuficientes, diante da surpreendente dinâmica de propagação do vírus causador da pandemia”, afirma a decisão. 

De acordo com a norma, a Anvisa deve avaliar se aprova ou não o uso emergencial de um imunizante dentro do prazo máximo de sete dias. 

“..acho uma tendência natural, meio que óbvia..”, Dino sobre vice de Lula

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), em entrevista ao Poder 360 publicada neste sábado, dia 10, sobre a possibilidade do PCdoB compor a chapa com o PT para presidência em 2022, como ocorreu em 2018, disse ser para ele, “uma tendência natural”.

“.. No momento certo, haverá o diálogo e o PCdoB vai defender seus legítimos pontos de vista. Mas não é um condicionamento (..) Há etapas, como definições de aliança, programa. No que depender da minha posição individual, acho que é uma tendência natural, meio que óbvia. Agora, o momento de definir isso e cravar com certeza é maio e junho de 2022..”, disse Dino.

Flávio Dino também avaliou a situação atual do presidente Jair Bolsonaro, que classificou como ‘pior momento desde que foi eleito’. Para ele, a dificuldade em se relacionar com o Congresso e atuação do governo na Pandemia são ingredientes que podem dificultar o futuro político do presidente.

Flávio Dino anuncia jantar a R$ 1,00 nos Restaurantes Populares

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou nesta quarta-feira, dia 7, que os Restaurantes Populares a partir da próxima semana oferecerão o jantar no valor de R$ 1,00.

A medida é mais uma com objetivo de auxiliar e minimizar o sofrimento de milhares pessoas nesse momento de maior dificuldade. São oferecidas cerca de 15 mil refeições por noite no estado.

“Jantar a R$ 1,00 será implantado nos restaurantes populares do Governo do Maranhão na Ilha de São Luís já na próxima segunda-feira. Nas demais regiões, nas semanas seguintes. Serão 15.000 refeições a cada noite. Auxílio às famílias nesse terrível momento”, anunciou Dino.

“Eventos, festas e afins permanecem suspensos, 50% administração pública volta”, anuncia Dino

O governador Flávio Dino anunciou nesta quinta-feira, dia 1º, a ampliação das medidas de restrição contra o coronavírus no Maranhão.

O objetivo é conter o avanço da doença, reduzir os números de óbitos e os riscos de contágio.

Além de atualizar o cenário da pandemia no estado, o governador anunciou entrega de mais leitos, e as novas medidas que passarão valer a partir de segunda-feira, dia 5, até dia 11 de abril.

TODO O ESTADO:

  • Eventos suspensos
  • Administração pública estadual: funcionamento com 50% da capacidade e revezamento entre funcionários
  • Grupo de risco afastado no setor público e privado

ILHA DE SÃO LUÍS:

  • Comércio e Indústria entre 9h e 21h
  • Supermercados, academias, salões e Igreja: 50% da capacidade

Vacinação

  • Apoio à vacinação de São José de Ribamar e Paço do Lumiar com Drive-Thru no Shopping Pátio Norte. Quinta-feira (01) vacinação a partir de 67 anos. Segunda-feira (05) vacinação a partir de 65 anos.

Apoio à população

  • Distribuição de mais de 1 milhão de máscaras
  • Distribuição de mais cestas básicas
  • Novo sorteio do Minha Casa Melhor
  • Mais prazo para pagamento do IPVA. Antecipado com 10% de desconto até 31 de maio. Parcelado em cotas a partir de junho.

Apoio às empresas

  • Isenção de taxa de abertura para empresas de 5 de abril a 4 de junho.

Covid-19: novas medidas anunciadas pelo governo do Maranhão

O governador Flávio Dino anunciou novas medidas nesta seta-feira, dia 26, para enfrentamento da pandemia no Maranhão, que valerão a partir de segunda-feira, dia 29.

Entre as novas medidas, estão funcionamento das escolas de forma remota e híbrida; bares, restaurante, supermercados e academias apenas com 50% da capacidade. Também foram anunciados auxílios para setores de turismo e eventos.

“Hoje anunciei auxílios emergenciais a trabalhadores dos setores de eventos e de turismo; e a taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos. Também adiamos imposto de micro e pequenas empresas. E teremos vale-gás para 115.000 famílias mais pobres, segundo CAD-UNICO”, destacou Dino.

Regime a partir de segunda-feira (29):

  • Escolas autorizadas para funcionamento híbrido. Rede estadual somente remoto.
  • Serviço público estadual segue suspenso, ressalvados serviços essenciais.
  • Horário do comércio permanece restrito.
  • Bares e restaurantes, academias, supermercados funcionando com 50% de ocupação.

Auxílios emergenciais e financeiros:

  • Programa Social Vale Gás para 115 mil famílias de baixa renda.
  • Auxílio Combustível para taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo por dois meses.
  • Auxílio Emergencial para trabalhadores do setor de eventos, parcela única de R$ 600.
  • Auxílio Emergencial para guias de turismo e empresas de transporte turístico, parcela única de R$ 600 e R$ 1000, respectivamente.
  • Aprovação do adiamento do pagamento do ICMS para 130 mil micro e pequenas empresas.
  • Antecipação da primeira parcela do 13° salário dos servidores estaduais para abril.

Apoio à vacinação nos municípios:

  • Contratação de 2 técnicos e 1 digitador para cada cidade com menos de 50 mil habitantes.

Novas entregas de leitos:

  • Pedreiras: 77 leitos ao todo. Ampliação entregue nesta sexta (26).
  • Hospital de Campanha de São Luís: próxima semana.
  • Anexo da Maternidade de Alta Complexidade: leitos de UTI nesta semana.
  • Obras para 35 novos leitos em Bacabal e 26 em Caxias.

Nunca foi uma ‘gripezinha’: Brasil passa 300 mil mortes por Covid-19

O Brasil ultrapassou 300 mil vidas perdidas para Covid-19, nesta quarta-feira, dia 24. São 300.015 óbitos, que colocam o país como o segundo no mundo em mortes pela doença.

A marca trágica foi comentada por políticos maranhenses nas redes sociais, entre eles, o governador Flávio Dino, uma das lideranças mais contundentes nas contestações e críticas ao governo Bolsonaro.

“300 mil mortes por causa do coronavírus. Minha solidariedade profunda com todas as famílias e amigos das vítimas. Sigo na luta para defender a população do Maranhão e para tentar ajudar o Brasil a sair dessa página de tristeza e escuridão. Tenhamos fé e esperança”, governador Flávio Dino.

“O Brasil chegou ao trágico patamar de 300 mil mortos numa velocidade alucinante. Muitas mortes poderiam ter sido evitadas com uma política nacional de prevenção. Solidariedade a todas as famílias que estão vivendo esse drama. E mais que nunca a vacinação em massa é urgente”, senador Weverton.

“300 mil vidas perdidas em razão da omissão criminosa de Bolsonaro, q deixou de cumprir suas obrigações. Não temos vacina, não temos leitos, não temos auxílio emergencial. Ingressamos com notícia crime no STF pela conduta q deu causa a essa tragédia humanitária. #Bolsonaro300Mil“, deputado Bira do Pindaré.

“Mais de 300 mil mortes pela covid. Bolsonaro genocida. Quantas vidas teriam sido salvas se as medidas tivessem sido adotadas ??? Milhares !! Quantas vidas ainda dá pra salvar se AGORA o Brasil tirar do comando o genocida ? Milhares !!! Bolsonaro criminoso!”, secretário Márcio Jerry.