Revitalizada no governo Flávio Dino a Rádio Timbira comemora 78 anos

 

timbira

A mais longeva emissora de rádio do Maranhão completou 78 anos ontem, quinta-feira (15). A comemoração foi além da alegria de chegar a mais um ano de existência. A Rádio Timbira Rádio Timbira AM 1290 representa um dos marcos mais importantes da história da Comunicação no estado.

Márcio Jerry faz Boca Aberta surtar ao dizer que ele não era digno de presidir a Câmara

 

jerry
Márcio Jerry, deputado federal (PCdoB)/Foto: Reprodução

Os deputados federais Márcio Jerry (PCdoB-MA) e Boca Aberta (PROS-PR) quase vão às vias de fato no Plenário da Câmara Federal nesta quinta-feira (15). Foi necessário a intervenção da segurança para arrefecer os ânimos.

Tudo começou quando Marcio Jerry foi a tribuna e enquadrou Boca Berta, o mesmo que deu um troféu a Sérgio Moro durante recente audiência na Câmara Federal sobre as divulgações do VazaJato, ficou furioso após o parlamentar maranhense dizer que ele não era digno para ocupar a cadeira que um dia sentou Ulisses Guimarães.

“Quero, em primeiro lugar, me solidarizar com o presidente da Casa, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), que conduz a Casa com correção democrática, visão ampla, com respeito à pluralidade que aqui existe. Agora, com todo o respeito, quero dizer que o deputado Boca Aberta, […] não é digno de estar na cadeira de Ulysses Guimarães, não é digno de estar na cadeira de Rodrigo Maia”, disse Márcio Jerry.

E o deputado maranhense foi além na sua fala, segundo ele, Boca Aberta desrespeita e ofende a todos, todos os dias na Câmara. Por essa razão não poderia deixar de fazer esse registro em nome da civilidade que deve existir entre parlamentares. o deputado paranaense Boca Aberta já tem tramitando dois processos tramitando na Casa.

Gestores terão mais tempo para informarem providências sobre acumulo de cargos

 

famem e receita

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão prorrogou por noventa dias o prazo para que gestores públicos informem as providências acerca das ilegalidades por acúmulo indevido de cargos no âmbito da administração pública.

A prorrogação do prazo havia sido inicialmente pleiteada junto ao presidente da Corte de Contas, conselheiro Nonato Lago, pelo presidente da Famem, Erlanio Xavier, a pedido de dezenas de gestores municipais.

“A prorrogação se justifica pelas diversas dificuldades que as prefeituras encontram de operacionalizar os processos administrativos. São coisas que envolver situações consolidadas há anos, algumas por décadas. Acho louvável a decisão do TCE-MA de oportunizar um prazo maior para que os gestores possam  efetivamente finalizar os processos administrativos disciplinares para que possam repassar ao Ministério Público e TCE todas as informações atinentes”, disse o presidente da Famem.

A extensão do prazo é no sentido de evitar prejuízos e injustiças.

Podcast “Diálogo com Othelino” destaca temas discutidos no 5º Encontro do ParlaNordeste

 

O deputado Otelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, no posdcast “Dialogos com Othelino” desta segunda-feira (12), destacou os temas tratados na 5ª Reunião dos Governadores do Nordeste que ocorreu na última sexta-feira (9)

Partido dos Trabalhadores vai acionar Bolsonaro e Moro no STF

 

moro-bolsonaro-580x330
Jair Bolsonaro e Sérgio Moro/Foto: Reprodução

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse nesta segunda-feira (12) que acionará Sérgio Moro e Jair Bolsonaro, no STF, com uma notícia crime por propaganda negativa extemporânea.

O motivo foi a divulgação do vídeo depois de uma operação da Polícia Federal (PF), que sugere ligações do PT com a organização criminosa PCC.

“O que vimos essa semana foi mais uma armação grotesca das forças reacionárias para tentar criminalizar o PT. A notícia falsa, vazada pela Polícia Federal de Moro, foi cabalmente desmentida pelo promotor Lincoln Gakiya, que há mais de uma década investiga a facção criminosa”, destacou Gleisi Hoffmann.

O PT também pretende processar os integrantes da PF envolvidos na operação que investigou o núcleo financeiro do PCC. Segundo o partido dos trabalhadores, a polícia divulgou a fala de um membro da organização citando o PT, sem nenhum indício relacionando o partido.

Revista Veja revela que o Brasil esteve à beira de uma Convulsão Social, o ápice seria 10 de Abril

 

dias-toffoli-16.jpg
Dias Toffoli: “O Supremo deve ter esse papel moderador, oferecer soluções em momentos de crise” (Cristiano Mariz/VEJA)

Matéria publicada nesta sexta-feira (9), pela revista Veja, revela que uma ação iniciada pelo ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), barrou um provável  impeachment  do presidente Jair Bolsonaro.

Na entrevista, Dias Toffoli, conta que costurou um acordo nos primeiros meses do ano com os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Foram várias encontros e temas tratados, entre eles, um movimento pró-impeachment de Bolsonaro e julgamentos que poderiam resultar na libertação de Lula.

De acordo com o ministro Toffoli, estava em andamento um processo de convulsão social no país. Havia insatisfação de militares, classe política e de empresários, incomodados com a forma que o presidente Bolsonaro começou conduzir o país.

Veja aqui a entrevista com Dias Toffoli

Flávio Bolsonaro é escalado para defender Capitalização no Senado

 

flávio e guedes
Paulo Guedes, ministro da Economia, e Flávio Bolsonaro, senador (PSL-RJ)

Sem sucesso na Câmara Federal, o sistema de Capitalização da Aposentadoria, principal proposta de Reforma da Previdência do governo Bolsonaro será defendida no Senado pelo filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

No governo Bolsonaro o maior defensor da Capitalização é Paulo Guedes, banqueiro e ministro da Economia.

O principal argumento de Paulo Guedes para a Capitalização é a expectativa de vida do brasileiro que aumentou. Ele defendeu a proposta na Câmara mas foi rejeitada até por aliados do governo Bolsonaro.

Polemico, no regime capitalização o cidadão é responsável pela própria aposentadoria, se guardou dinheiro terá aposentadoria; funciona como uma poupança. Os contrários a capitalização alegam que as pessoas não é bom, mas para bancos e instituições financeiras é uma maravilha.