Edivaldo Holanda Jr. reclama de lixo acumulado ao lado do Ecoponto no Centro de São Luís

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, divulgou nas suas redes sociais nesta quinta-feira, dia 25, fotos que mostram uma grande quantidade de lixo acumulado ao lado do Ecoponto localizado no centro da capital maranhense.

Holanda Jr. lamentou o descarte do lixo que estaria sendo realizado na porta do Ecoponto, quando deveria está sendo feito dentro ou entregue aos caminhões de coleta.

“Lamentável essas imagens no entorno do Ecoponto e Galpão de Triagem do Centro! O descarte que deveria estar sendo feito dentro do equipamento ou entregue aos caminhões que fazem coleta”, disse Holanda Jr.

Definidos membros das Comissões da Assembleia Legislativa do MA

A Assembleia Legislativa do Maranhão editou a Resolução 235/2021, publicada no Diário Oficial de terça-feira (23), nomeando os novos membros das Comissões Permanentes da Casa. 

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, considerada a mais importante do parlamento, será comandada pelo deputado Adelmo Soares (PCdoB), com os titulares Dr. Yglesio (PROS), Rafael Leitoa (PDT), Neto Evangelista (DEM), Ciro Neto (PP) e Wendel Lages (PMN). 

Os suplentes da CCJ são: Ricardo Rios, Antônio Pereira (DEM), Zé Inácio (PT), Zito Rolim (PDT), Drª Thaiza Hortegal (PP) e Roberto Costa (MDB).

Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle será presidida pelo deputado Ricardo Rios, tendo como titulares, Edivaldo Holanda (PTC), Carlinhos Florêncio (PC do B), Mical Damasceno (PTB), Ciro Neto (PP) e Roberto Costa. Na suplência, os deputados Dr. Yglésio, Neto Evangelista, Antônio Pereira, Edson Araújo (PSB), Fábio Braga (Solidariedade) e Socorro Waquim (MDB). 

Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia será presidida pela deputada Mical Damasceno, os titulares Zé Inácio, Edivaldo Holanda, Professor Marco Aurélio (PC do B), Fábio Braga e Betel Gomes, com os suplentes Adelmo Soares, Neto Evangelista, Carlinhos Florêncio, Pastor Cavalcante (PRB), Drª Thaiza Hortegal e Socorro Waquim. 

Administração Pública, Seguridade Social e Relações de Trabalho será presidida pelo deputado Ricardo Rios, e os titulares Marco Aurélio, Antônio Pereira, Edson Araújo, Drª Helena Duaulibe (Solidariedade) e Socorro Waquim. Os suplentes são: Edivaldo Holanda, Carlinhos Florêncio, Pastor Cavalcante, Zito Rolim, Ciro Neto e Betel Gomes.
     
Saúde será presidida pelo deputado Antônio Pereira, os titulares são Pastor Cavalcante, Carlinhos Florêncio, Dr. Yglésio, Drª Helena Duailibe e Arnaldo Melo (MDB). Os suplentes  são: Zé Inácio Lula, Rafael Leitoa (PDT), Edivaldo Holanda, Zito Rolim, Dr Thaiza Hortegal e Betel Gomes. 

Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional será presidida pelo deputado Neto Evangelista, tendo como titulares Pastor Cavalcante, Carlinhos Florêncio, Drº Yglésio, Drª Thaiza Hortegal e Wendel Lages (PMN). Foram designados como suplentes os deputados Dr Yglésio, Professor Marco Aurélio, Ricardo Rios, Antônio Pereira, Fábio Braga e Betel Gomes. 

Direitos Humanos e das Minorias será presidida pelo deputado Zé Inácio Lula, tendo como titulares Dr Yglésio, Ricardo Rio, Zito Rolim, Drª Thaiza Hortegal e Socorro Waquim, ficando na suplência Mical Damasceno, Edivaldo Holanda, Edson Araújo,  Antonio Pereira, Drª Helena Duailibe e Roberto Costa. 

Obras e Serviços Públicos será presidida pelo deputado Ricardo Rios, tendo como titulares  Mical Damasceno, Adelmo Soares, Zito Rolim, Fábio Braga e Arnaldo Melo (MDB). Os suplentes indicados foram Ana do Gás (PC do B), Rafael Leitoa, Carlinhos Florêncio, Edson Araújo, Drª Helena Duailibe e Socorro Waquim 

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável presidente é o deputado  Rafael Leitoa e, como titulares, Zito Rolim, Pastor Cavalcante, Carlinhos Florêncio, Drª Thaiza Hortegal e Betel Gomnes. Os suplentes indicados foram Adelmo Soares, Zé Inácio Lula, Professor Marco Aurélio, Neto Evangelista, Ciro Neto e Socorro Waquim. 

Comissão de Ética presidente Ricardo Rios, tendo como titulares os deputados Neto Evangelista, professor Marco Aurélio, Rafael Leitoa, Cito Neto e Roberto Costa. Os suplentes são: Carlinhos Florêncio, Zito Rolim, Rafael Leitoa, Fábio Braga e Wendel Lages. 

Assuntos Econômicos presidente o deputado Carlinhos Florêncio,  e, como titulares, Zito Rolim, Edson Araújo, Antonio Pereira, Drª Helena Duailibe e Socorro Waquim. Para a suplência, Mical Damasceno,  Ricardo Rios, Pastor Cavalcante, Professor Marco Aurélio, Ciro Neto e Roberto Costa. 

Segurança Pública assume é o Professor Marco Aurélio. Os titulares são Rafael Leitoa, Adelmo Soares, Zé Inácio Lula, Fábio Braga e Roberto Costa. Como suplentes ficaram os deputados Drº Yglésio, Mical Damasceno, Daniella Tema, Neto Evangelista Drª Helena Duaulibe e Socorro Waquim.
        
Turismo indicado o deputado Dr Yglésio e os titulares Adelmo Soares, Mical Damasceno, Edson Araújo e Betel Gomes. Os suplentes deste comissão são os deputados Daniella Tema (DEM), Rafael Leitoa, Professor Marco Aurélio, Ricardo Rios e Wendel Lages. 

As comissões temáticas são órgãos técnicos com a finalidade de analisar as propostas de leis que são apresentadas ao Legislativo. Após essa análise, as comissões elaboram pareceres opinando pela viabilidade ou não da proposta. Esses pareceres ajudam os parlamentares a embasar seus votos em plenário.

Sancionado Auxílio Emergencial para o setor Cultural em São Luís

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Pode), sancionou na noite desta quarta-feira, dia 24, a Lei de iniciativa do executivo e aprovada esta semana pela Câmara Municipal, que cria o Auxilio Emergencial para o setor Cultural na capital maranhense.

O Auxílio Municipal Emergencial – Carnaval de São Luís, será pago em uma parcela única e terá valor mínimo de R$ 1 mil e máximo de R$ 10 mil, conforme os critérios que serão estabelecidos pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Terão direito ao benefício, cantores e cantoras; agremiações carnavalescas; blocos e grupos tradicionais; e bandas e grupos musicais, com comprovada atuação nos circuitos oficiais do Carnaval de São Luís, nos últimos dois anos.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secult, publicará editais de chamamento, fixando os procedimentos e requisitos para a solicitação desse auxílio municipal emergencial. Fica sendo ainda de responsabilidade da Secretaria, a adoção das medidas necessárias para a ampla publicidade e transparência dos referidos editais.

“Operação Secreta Etiópia-Maranhão” que salvou vidas no inicio da pandemia vira livro

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou no final da manhã desta quarta-feira, dia 24, o recebimento do exemplar do livro-reportagem cujo titulo é “Operação Secreta Maranhão-Etiópia”, que trata da ação que resultou na aquisição de respiradores para o estado, quando o equipamento era o mais procurado em todo mundo.

“O livro A Operação Secreta Etiópia-Maranhão – A guerra dos respiradores no ano da pandemia revela os segredos e os bastidores desse enredo cinematográfico, permeado de intriga e suspense. Como uma sequência de ações – planejadas ou improvisadas – se tornaria um plano bem-sucedido que virou notícia em vários países e salvou a vida de milhares de pessoas? (..) Maranhão comprou da China, mandou para Etiópia e driblou governo federal para ter respiradores – Depois de ter sido atravessado por Alemanha, EUA e governo federal, estado montou operação de guerra”.

“..dívida histórica com pessoas com deficiência, estamos corrigindo..”, Othelino Neto

Após ser adaptada para pessoas com deficiência, a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, foi utilizada nesta terça-feira, dia 23, pela deputado Andreia Resende (DEM).

“Desde o início do meu mandato, eu  tenho sinalizado, em minhas falas, e, principalmente, ao pé do ouvido do meu presidente,  o meu desejo de ter o meu lugar de fala igual aos dos demais colegas. E para que se torne um marco histórico, aqui  estou eu  falando desta  tribuna acessível (..) Nós, pessoas com deficiência, somos corajosas e fortes. Enfrentamos a falta de acessibilidade nos espaços em que convivemos, com muita inteligência e bravura. Porque, apesar de todas as dificuldades pelas quais nós passamos, ainda existem pessoas que insistem em não nos olhar e não nos ver”, destacou Andreia Resende.  

Por enquanto, a única no âmbito dos legislativos no estado, a medida foi de iniciativa da gestão do atual presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), que classificou o pronunciamento de Andreia Rezende histórico para sua presidência na Assembleia Legislativa. 

“Nós tínhamos essa dívida, uma dívida histórica com as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e estamos corrigindo essa falha (..) Temos essas intervenções, que vêm desde a entrada da Assembleia. Nós, inclusive, já concluímos. Falta agora apenas uma pequena intervenção da Prefeitura de SãoLuís, que já solicitamos, do outro lado da avenida e no canteiro central, para que qualquer pessoa que queira chegar aqui, e que não tenha como vir de carro, possa descer do ônibus e ter acesso às nossas dependências. Do portão de entrada para cá, já foram feitas as intervenções para permitir acessibilidade”, pontou Othelino Neto. 

Em 2018, então candidata a deputada Andreia Resende, ficou com deficiência física após grave acidente ocorrido na BR-316, no município de Olho D’água das Cunhãs, a 287 km de São Luís.

No momento do acidente, ela estava na companhia do deputado estadual Stênio Rezende, que sofreu ferimentos na testa e fraturou o ombro.

Andreia Rezende apresentou quadro de paraplegia crural (sem movimentação das pernas) e alteração em membros superiories. Ela foi submetida a uma tomografia que apresentou uma fratura e luxação na coluna cervical.

Carlos Lula e o ‘bom dia de esperança’ com entrega de vacinas

O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, começou o dia nesta terça-feira, dia 23, destacando nas redes sociais a entrega da segunda dose de vacinas contra a Covid-19, nas Regionais de Saúde do estado.

Ainda preocupado com enfrentamento à pandemia pelo governo federal, ele tem se desdobrado na condução das ações no Maranhão e também à frente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS).

“..A segunda dose da vacina contra a #Covid19 chegando às Regionais de Saúde de Imperatriz e Açailândia..”, destacou.

São mais de 46 mil doses que começaram ser destruídas desde ontem segunda-feira nas regionais de saúde Metropolitana de São Luís, Chapadinha, Rosário e Itapecuru, para o público-alvo já vacinado pelos municípios com a primeira dose: profissionais da saúde e idosos com 90 anos ou mais.

Atualmente, 108.938 pessoas foram vacinadas com a primeira dose da CoronaVac em todo estado. O percentual de cobertura da primeira dose é de 88,37% do público-alvo.

Entrega de propostas para o Adote um Casarão termina na terça-feira, dia 23

O recebimento de proposta para o Adote um Casarão, programa promovido pelo Governo do Maranhão, finaliza na próxima terça-feira (23). A ação é realizada pela Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano.

Empresas privadas têm a oportunidade de fazer reformas em imóveis do Centro Histórico de São Luís, de propriedade do Governo, e ocupá-los por 15 anos para instalar projetos e atividades econômicas. 

Estão disponíveis dois prédios aos interessados. A antiga sede do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), localizado na Rua Rio Branco, e o prédio público que abrigou o antigo “Motobar”, na Praça João Lisboa. 

Os adotantes poderão ter benefícios fiscais até o valor máximo da reforma ou inversamente proporcional ao tempo de concessão pleiteado e, também, a remissão de débitos administrativos com o estado.

Para ocupar os casarões, os proponentes devem ser pessoas jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, para o imóvel do Iterma, e a possibilidade, também, para pessoas físicas, no prédio do “Motobar”.

As propostas para o edital do Iterma podem ser protocoladas até a segunda-feira (22), e para o imóvel do antigo “Motobar” podem ser entregues até a terça-feira (23), na sede da Secid, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 1908, Centro, no horário das 13h às 18h.

O edital completo com as informações detalhadas sobre os critérios de seleção está disponível no site da Secid, na área “Nosso Centro”.

“Chega de confusão. O Brasil não merece isso”, Dino sobre calendário de vacinação

O Ministério da Saúde mudou na noite de ontem, quinta-feira, dia 18, o cronograma de vacinação contra Covid-19, que havia sido informado e acertado durante reunião com governadores na última quarta-feira, e anunciada para próxima semana aos Estados.

De acordo com o cronograma inicial, o Maranhão receberia cerca de 386.546 mil novas doses de vacinas, quantidade divulgado pelo secretário Carlos Lula, conforme informou o Ministério da Saúde, e que deverá mudar.

Nas redes sociais o governador Flávio Dino lamentou a mudança no calendário.

“Ontem foi anunciado um calendário nacional de vacinação. Hoje já mudou. Realmente assim é muito difícil. Precisamos de quantitativos e datas claras. Chega de confusão. O Brasil não merece isso”, disse Flávio Dino.

De acordo com o governo federal o motivo da mudança no cronograma é em razão da quantidade de doses que receberia que seria de 9,3 milhões, mas apenas 30% do total acordado para fevereiro foram disponibilizados, cerca de 2,7 milhões de doses do Instituto Butantan. O sec. Executivo Elcio Franco comentou a decisão.

Maranhão receberá 386.546 mil novas doses de vacinas na próxima semana

Na próxima semana o Maranhão receberá 386.546 novas doces de vacinas contra a Covid-19, a anuncio foi realizado no inicio da noite desta quinta-feira, dia 18, pelo Secretário de Esatado da Saúde, Carlos Lula.

Cerca de 289 mil pessoas serão beneficiadas essa nova etapa de vacinação, os alvos nessa fase serão idosos de 80 a 89 anos, povos e comunidades ribeirinhas e quilombolas e profissionais de saúde.

Na tarde de ontem quarta-feira, dia 17, o ministro Eduardo Pazuello informou durante reunião com governadores, o envio de novas doses do Butantan para todo país a partir da próxima semana, hoje foi confirmado.

O ministro também disse que até 31 de julho serão distribuídos 230 milhões de doses de vacinas para os estados, fornecidas pelos institutos Butantan (Sinovac), Fiocruz (AstraZeneca), União Química (Sputnik) e Precisa (Bharat Biotech) serão os fornecedores. 

Maranhão já aplicou 74,5% das vacinas referentes à 1ª dose da imunização

O Maranhão já aplicou 74,5% das 171.417 doses referentes à 1ª dose da imunização contra a Covid-19. Todas as vacinas referentes à primeira dose necessária à imunização completa já foram distribuídas pelo poder público estadual aos municípios.

O Maranhão já recebeu 306.540 doses das vacinas CoronaVac e AstraZeneca, e o Governo do Estado segue entregando as vacinas aos municípios que ainda não receberam a segunda dose da CoronaVac.

Das vacinas que o Ministério da Saúde enviou aos municípios, apenas pouco mais de 45 mil doses referentes à segunda etapa da CoronaVac ainda estão em processo de distribuição. A distribuição conta com o auxílio da Secretaria de Segurança Pública.

“.. Organizamos uma logística de distribuição para que os municípios recebessem a remessa da segunda dose da CoronaVac próximo ao período da aplicação. Até o final da próxima semana teremos encerrado a distribuição das doses referente à segunda etapa da CoronaVac..”, disse a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças, Tayara Costa Pereira.

No Maranhão, o número de doses recebidas pelo Ministério da Saúde corresponde a menos de 5% da população de todo o estado, os municípios são responsáveis pela aplicação e na divulgação do número de doses aplicadas.

Nesta etapa, a vacina tem como público prioritário profissionais de saúde, idosos institucionalizados, população idosa de 90 anos ou mais, pacientes dialíticos e oncológicos, pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas.

Entre os municípios que estão com baixa cobertura de vacinação os com grande concentração de indígenas: Amarante do Maranhão e municípios da Regional de Saúde de Barra do Corda como Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Arame, Grajaú e Barra do Corda.

Estima-se que, no estado, cerca de 2,3% da população indígena esteja se recusando a tomar a vacina.

A vacinação dos indígenas é de responsabilidade do Distrito Sanitário Especial Indígena, órgão federal, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) reforçará o trabalho já realizado pelas equipes da Força Estadual de Saúde que atuam constantemente nas áreas indígenas.

Os municípios também dão suporte à vacinação dos indígenas oferecendo estrutura, conforme solicitado.