“recuperado e pronto para a nossa grande vitória”, Dino sobre Brandão

O ex-governador Flávio Dino (PSB), pré-candidato ao Senado, destacou nesta sexta-feira, dia 1º, nas redes sociais o retorno do governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), ao comando do Executivo Estadual.

“O governador @carlosbrandaoma reassume hoje, depois de longa licença médica. Está recuperado e pronto para a nossa grande vitória eleitoral em outubro. Juntos pelo Brasil, juntos pelo Maranhão”, disse Flávio Dino no twitter.

Carlos Brandão reassume o governo hoje e cumpre extensa agenda de trabalho em São Luís. Ele também passa a participar ativamente da agenda política eleitoral visando eleições 2022, ao lado de Flávio Dino, Felipe Camarão, o deputado Othelino Neto (PCdoB) além do grupo político de apoio a sua reeleição.

Econométrica: Brandão 32,5% ao Governo; e Dino 50% para o Senado

Pesquisa Econométrica divulgada nesta terça-feira, dia 28, mostra Carlos Brandão (PSB), com 32,5%; Weverton Rocha (PDT), com 25,1%; e Lhaesio Bonfim 18,2%, para o Governo.

Quanto aos números para Senado, o ex-governador Flávio Dino (PSB), com 50% das intenções de votos, lidera seguido por Roberto Rocha (PTB), com 26,8; e Pastor Bel (Agir), tem 5,9%.

A pesquisa Econométrica/Blog do Gilberto Leda foi realizada em 55 municípios, entre os dias 12 e 16 de junho de 2022. Foram ouvidas 1.468 pessoas a margem de erro de 2,5 pontos percentuais, par amais ou para menos, com confiança de 95%. O registro na Justiça Eleitoral é MA-01129/2022.

“..vou mostrar como se faz campanha..”, Bradão aos adversários

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), pré-candidato a reeleição, foi direto ao aponto nesta quarta-feira, dia 22, quanto as fake news sobre seu estado de saúde.

Durante entrevista na tarde hoje na TV Band Maranhão, ele mandou um recado para seus adversários, “me aguardem que eu já estou voltado para mostrar como se faz campanha”.

“Aos que estão espalhando fake news sobre o meu estado de saúde, me aguardem que eu já estou voltando e vou mostrar como se faz campanha. É só comparar as biografias, fica fácil ver o que é melhor para o povo do Maranhão”. disse Carlos Brandão.

O governador que renovou essa semana sua licença por mais 10 dias, ainda se recupera de uma cirurgia e aguarda alta médica em São Paulo.

Carlos Brandão está apenas aguardando a liberação dos médicos

Em entrevista à TV Mirante nesta segunda-feira, dia 20, o governador Carlos Brandão afirmou que está trabalhando e acompanhando a gestão à distância enquanto aguarda a liberação dos médicos.

Ele passou por um procedimento cirúrgico para retirada de cisto.

“Estou acompanhando tudo daqui e conversando com os secretários, com a classe política. Começo a trabalhar às seis da manhã e termino meia-noite, dialogando todos os dias e dando continuidade às ações do Governo (..) Eu gostaria de retornar o mais rápido possível, mas estou sob observação. Essa decisão é dos médicos. A saúde vem em primeiro lugar, e devo sair com essa situação totalmente resolvida para enfrentar uma gestão administrativa que é algo de extrema responsabilidade (..) A cirurgia foi simples para retirada de um cisto, mas o problema foi o pós-operatório. Existe um dreno e, no geral, demora de 3 a 5 dias. Mas no meu caso, por uma questão de reação do organismo, está demorando um pouco mais. Estão adotando algumas medicações para acelerar a finalização desse dreno e me liberar”, disse Brandão.

O governador Carlos Brandão também informou nesta segunda-feira, dia 20, sobre o decreto para manter-se afastado do governo de 21 a 30 de junho.

Escutec: Carlos Brandão lidera ao Governo, e Flávio Dino ao Senado

A pesquisa  Escutec/Imirante, divulgada na quinta-feira, dia 16, mostra o governador Carlos Brandão (PSB), com 33% das intenções de votos, na liderança para o Governo do Estado; e o ex-governador Flávio Dino (PSB), com 52%, lidera com folga para o Senado Federal.

Para o Governo, no cenário estimulado os três primeiros colocados são: Carlos Brandão (PSB), com 33%, Weverton Rocha (PDT), com 28%; e Lhaésio Bomfin (PSC), com 19%.

Para o Senado, o ex-governador Flávio Dino (PSB), segue com liderança folgada tendo 52% das intenções de votos, na segunda posição está o senador Roberto Rocha (PTB), com 27%. Antônia Cariongo (PSOL), está em terceiro lugar, com 3%. Brancos/Nulos ou Nenhum dos três são 7%; outros 11% não sabem, ou não quiseram responder ao questionário.

Quanto a rejeição para o Governo e Senado, lideram respectivamente Weverton Rocha, com 23%; e o senador Roberto Rocha, com 32%.

Foram ouvidos 2 mil eleitores, em 70 municípios do Maranhão, entre os dias 11 e 16 de junho. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA05721/2022. O nível de confiança é de 95%.

Obras indicadas por Othelino Neto são entregues em Pedro do Rosário

Indicada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), a Praça da Família, inaugurada em Pedro do Rosário, nesta quinta-feira, dia 16, é a mais nova área de lazer, esporte e entretenimento da cidade.

O ato de entrega do espaço foi realizado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Sebastião Madeira, com a presença do prefeito do município, Toca Serra, entre outras autoridades.

Além da praça, foram entregues serviços de pavimentação asfáltica e assinado Termo de Doação de blocos de concretos, frutos também de indicação do deputado Othelino. Na solenidade, o parlamentar pontuou outros benefícios disponibilizados ao município com o seu apoio.

“Temos atuado fortemente em parceria com o prefeito Toca Serra e o Governo do Estado para trazermos melhorias à cidade. Agradeço ao ex-governador Flávio Dino por ter atendido nossas indicações para instalação, aqui, do Restaurante Popular, de pavimentação de vias, entrega de duas ambulâncias, entre muitos  outros benefícios”, destacou Othelino.

Também foram entregues obras de pavimentação asfáltica, assinada ordem de serviço para recuperação de novas vias e o Termo de Doação de equipamentos hospitalares, além da entrega de Títulos de Domínio de Terra e de pescado.

Exata/Imparcial: Dino lidera com folga corrida eleitoral para o Senado

No cenário estimulado da Pesquisa Exata/Imparcial, o ex-governador Flávio Dino (PSB), com 51% das intenções de votos, lidera no Maranhão a corrida para o Senado Federal.

O senador Roberto Rocha (PTB), que tenta a reeleição está, com 26%; Pastor Bel (Agir 36), 5%; Paulo Romão (PT), 2%; Saulo Arcangeli (PSTU), 1%; Antônia Cariongo (PSOL), 1%. Branco/Nulo são 7%, Sabem/Não Responderam 7%.

A pesquisa ouviu 1451 pessoas em todo o estado, a margem de erro de 3,28 para mais ou menos e confiabilidade de 95%, e registro no TSE como MA-04453/2022.

“Brandão não tá ausente, estamos aqui”, Flávio Dino em ato político

O movimento “O Maranhão Não Pode Parar” será realizado neste sábado (11), em Imperatriz . O ato tem objetivo de fortalecer as pré-candidaturas de Carlos Brandão ao Governo, e de Flávio Dino ao Senado.

O governador Carlos Brandão (PSB), temporariamente impossibilitado de liderar os Atos Políticos visando as eleições 2022, está sendo representado por Flávio Dino (PSB), pré-candidato ao Senado, e o ex-secretário de Educação, Felipe Camarão (PT), pré-candidato candidato a vice-governador, nas agendas de pré-campanha no Maranhão.

Durante Ato Político ‘O Maranhão não Pode Parar”, realizado sexta-feira, dia 10, em Presidente Dutra, que reuniu lideranças políticas e grande número de apoiadores, o ex-governador Flávio Dino conclamou o presentes para se unirem a Brandão e rezarem para que retorne logo para comandar a campanha.

Nas redes o governador Carlos Brandão reagiu o apoio e ratificando a confiança em Dino e Camarão “muito bem representa ao lado de Flávio Dino e Felipe Camarão, além de tantos amigos”.

Othelino apresenta ‘escusa temporária’ e Velten segue no Governo

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, comunicou oficialmente, nesta sexta-feira, dia 10, ao governador interino do Estado, desembargador Paulo Velten, e aos membros da Mesa Diretora da Casa a sua “escusa temporária” ao chamado para o exercício da função de chefe do Poder Executivo do Estado do Maranhão por  “justa causa legítima” consistente no impedimento legal, decorrente da sanção de inelegibilidade prevista no § 6º do art. 14 da Constituição Federal. 

O parlamentar informou, ainda, seu retorno ao Maranhão nesta sexta-feira.

O comunicado de “escusa temporária” foi oficializado a partir da informação de prorrogação do afastamento do governador Carlos Brandão, no período de 11 a 20 de junho de 2022, conforme Ofício nº 041/2022, protocolado na quinta-feira (9) e publicado no Diário da Assembleia.

A decisão do deputado Othelino Neto firma-se, também, por analogia e simetria, na jurisprudência da Corte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de 30 de abril de 2002, a qual determina que “permanecendo no País qualquer das autoridades referidas, sendo chamada a substituir, eventualmente, o presidente da República, a sua escusa não gera inelegibilidade”.

“..a sanção de inelegibilidade (art. 14 da Constituição Federal) decorrente do exercício provisório de chefe do Executivo estadual, neste período de seis meses antes do pleito, representa evidente impedimento jurídico à sua pretensão de reeleição ao cargo de deputado estadual.  Nesta circunstância, tal fato constitui-se em um axioma jurídico de justa causa legítima motivadora de sua escusa ao chamado”, fundamentação da ‘escusa temporária..’ de Othelino .

Argumenta, ainda, que o chamamento do presidente do Tribunal de Justiça, na qualidade de autoridade subsequente prevista na Constituição Estadual, mantém a estabilidade administrativa e preserva a linha sucessória constitucional do Estado do Maranhão.

” em breve estarei caminhando ao lado de vocês. Forte abraço!”, diz Brandão

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), voltou a usar as redes sociais para tranquilizar a população sobre sua recuperação, após cirurgia realizada em em São Paulo, onde se encontra fazendo fisioterapia.

Enquanto Carlos Brandão permanece em recuperação o estado está sendo conduzido interinamente pelo desembargador e presidente do TJ-MA, Paulo Velten, que tem participado ativamente de agendas do governo.