Golpista que quebrou o relógio de Dom João VI é preso em Uberlândia

Foi preso em Uberlândia em Minas Gerais, nesta segunda-feira, dia 23, Antônio Claudio da Fonseca, 30 anos. Ele foi flagrado destruindo o relógio que pertenceu a Dom João VI, durante a invasão aos Três Poderes no dia 8 de janeiro, em Brasília.

Pessoas próximas a João Claudio Fonseca, ouvidas pela polícia e imprensa, disseram que ele é admirador e apoiador de Bolsonaro ao extremo. Durante o ato golpista usava uma camisa com a foto do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Governo fará mais investimentos em Atins, e fluxo de turista é mantido

O Governo do Estado está adotando medidas preventivas e de segurança para melhor estruturar o Vilarejo de Atins, onde aconteceu um incêndio em dois bares na segunda-feira, dia 2. O local também receberá um heliponto, além do Posto Avançado do Corpo de Bombeiros no povoado.

Em relação as investigações, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, coronel Célio Roberto, destacou os procedimentos que estão sendo adotados.

“Dois oficiais estão providenciando os laudos das perícias realizadas. E o Instituto de Criminalística do Maranhão também deve realizar a sua perícia (…) E nós também, com o apoio do CTA, estamos providenciando o melhor local para a construção de um heliponto, juntamente com a Prefeitura Municipal. Em breve, a gente espera licitar e construir. Além do heliponto, vamos propor para que esse espaço seja também uma base onde ficarão o Corpo de Bombeiros e as Polícias Militar e Civil”, ressaltou o Cel Célio Roberto.

O secretário de Estado do Turismo (Setur), Paulo Matos, destaca que o incêndio não trouxe grandes comprometimentos ao setor turístico e garante que as atividades no povoado seguem acontecendo normalmente e com absoluta segurança.

“O Vilarejo de Atins está em total funcionamento com todos os serviços, como restaurantes, bares, hotéis e pousadas. O turista pode ter a absoluta segurança de que será muito bem recebido dentro da mais perfeita normalidade. Nós acreditamos que não há nenhum comprometimento, o fluxo de turistas permanece normal no local (…) Felizmente não houve vítima fatal, mas tivemos, de fato, a destruição das duas barracas que são de uma mesma família. Mãe e filho, no caso. Hoje, o local foi limpo, nós demos toda assistência. O prefeito esteve no local, acompanhado de cinco secretários, e nós esperamos que o mais breve possível esses dois locais estejam reerguidos e funcionando. Da nossa parte, eles terão todo o apoio possível (…) Hoje, discutimos um plano de desenvolvimento e segurança para o Turismo, melhorando a infraestrutura de Atins, para que assim o turista venha para cá com maior conforto, maior qualidade e segurança para desfrutar do Maranhão de encantos”, destacou o secretário de Turismo.

Vilarejo de Atins

O povoado de Atins é uma pequena vila de pescadores em Barreirinhas, no Maranhão, localizada em frente à foz do rio Preguiças, construída às margens do encontro entre o rio e o mar, rodeada de dunas e lagoas cristalinas.

Os passeios em Atins são nas lagoas que se formam entre as dunas, na praia que se encontra com o Rio Preguiças, além de atividades no mar e no meio da natureza. Ver a revoada dos guarás também é um presente da natureza para os moradores, turistas e visitantes.

Iniciada Operação Réveillon Seguro 2023 na Grande São Luís

A Secretaria de Segurança Pública iniciou nesta sexta-feira, dia 30, o lançamento da Operação Réveillon Seguro 2023 . As ações se darão em toda região metropolitana de São Luís. Os trabalhos encerram na segunda-feira, dia 2.

“Não existe êxito nos trabalhos se não colocarmos em prática a união de forças operacionais com a inserção de diversas modalidades de abordagem a fim de garantir tranquilidade a quem for participar de eventos e celebrações na virada de ano”, afirmou o secretário Silvio Leite.

Na Região Metropolitana de São Luís, serão empregados mais de 300 policiais na orla marítima, abrangendo o Espigão, Litorânea, Olho D’água, Araçagy, Raposa, Panaquatira e São José de Ribamar. Além desse efetivo, dez barreiras policiais estarão montadas em toda São Luís e com duas barreiras específicas da Lei Seca.

Já o policiamento ostensivo será desenvolvido por meio de motocicletas, veículos, policiamento a pé, policiamento montado e aéreo. A Operação Maria da Penha também estará nos locais de maior concentração de público para atendimento de ocorrência de violência contra mulher.

A Operação Réveillon 2023 no dia 1° de janeiro contará com policiamento específico voltado para o “primeiro grito de carnaval”.

Operação Réveillon Seguro 2023 inicia nesta sexta-feira (30)Ações do GovernoAs operações serão destinadas à região metropolitana de São Luís para integrar os trabalhos e oferecer um réveillon com tranquilidade aos ludovicenses.

Programa Trabalho Jovem gera transformação na economia maranhense em 2022Ações do GovernoCom a oferta de 5 mil vagas e bolsas de estágio no valor de R$ 600,00 para estudantes, o programa alcançou alunos do Ensino Médio da rede pública estadual de diversas regiões do estado.

SES alerta para a importância de combate ao Aedes aegypti; saiba como eliminar os criadouros do mosquito

Polícia e Bombeiros acionados para suspeita de bomba em Brasília

O futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que na prática parece já está no cumprimento do cargo, no inicio da tarde deste sábado, dia 24, disse que está acompanhando o trabalho da polícia sobre a bomba encontrada nas proximidades do Aeroporto de Brasília.

“Estamos acompanhando as apurações sobre suposto artefato explosivo encontrado em Brasília na manhã deste sábado. Teremos informações oficiais em breve (…) Há no material “emulsão de pedreira”. Exames periciais do artefato, assim como investigações, estão sendo executadas pela Polícia Civil do Distrito Federal. Equipe da transição acompanhando.”, disse Flávio Dino.

No final da manhã de hoje Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros foram acionados adotar as providências sobre a denuncia.

Polícia investiga explosão do Coco Bambu em Teresina

O restaurante inaugurado recentemente, na rua Professor Joca Vieira, no bairro Fátima, zona leste de Teresina, capital do Piauí, explodiu por volta das 6h30. O Coco Bambu divulgou nota sobre o ocorrido. A polícia está investigando as circunstancias em que ocorreu a explosão.

‘Operação Cérebro’ prende a Secretária de Infraestrutura de Porto Franco

Do MP-MA

A “Operação Cérbero” realizada pelo Ministério Público do Maranhão, quinta-feira-feira, dia 1º, resultou na prisão preventiva de Naara Pereira Duarte, secretária municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana do município de Porto Franco, e a autuação em flagrante de um empresário por posse irregular de arma de fogo.

A secretária e outros agentes públicos, que ainda estão foragidos, são acusados de uma série de irregularidades na execução de contratos de serviços de “tapa-buraco” nas vias urbanas de Porto Franco.

“… reunidos os indícios suficientes dos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro, falsidades documentais e fraudes licitatórias, com envolvimento de servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Porto Franco, dentre eles o procurador-geral do Município e o secretário-geral da Administração, foram requeridas as medidas judiciais de representação por prisão preventiva, busca e apreensão domiciliar e outras medidas assecuratórias”, explicou o promotor de justiça Eduardo de Aguiar Lopes.

A ação, coordenada pelo promotor de justiça Eduardo André de Aguiar Lopes, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Porto Franco, com auxílio do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco-MPMA), e com o apoio operacional da Polícia Civil do Maranhão, foi realizada nas cidades de Porto Franco, Colinas, João Lisboa e São Luís.

A ação foi determinada pelo juízo da 1ª Vara de Porto Franco, que autorizou o cumprimento das medidas cautelares, bem como a indisponibilidade e bloqueio de bens e valores até o montante correspondente ao proveito econômico supostamente obtido pelos agentes, no valor de R$ 11.637.975,00, referente aos contratos investigados, além do afastamento temporário dos investigados dos respectivos cargos públicos.

A Operação Cérbero resultou na apreensão de documentos, aparelhos eletrônicos (computadores, notebook, celulares), relógios de luxo, dinheiro em espécie, cheque, armas, veículos, que serão analisados e utilizados na instrução da investigação.

Apreendido suspeito de atentado em escolas com 3 mortos no ES

Do UOL

Um adolescente de 16 anos foi apreendido, no início da tarde desta sexta-feira (25), em Aracruz (ES), no litoral norte capixaba, a 81 km de Vitória, suspeito de ser o autor dos disparos que deixaram ao menos três mortos em duas unidades de ensino da cidade.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou a captura do suspeito pelas redes sociais, classificou a ação de “covarde” e decretou luto oficial, acrescentando que detalhes da investigação serão anunciadas num futuro próximo.

De acordo a Polícia Militar, ele seria filho de um PM, teria usado a arma do pai e, no momento da detenção, não ofereceu resistência e se entregou.

Militar mata outro dentro do Ministério da Defesa em Brasília

Do Metrópoles

Desentendimento entre dois militares da Força Aérea Brasileira no interior do Ministério da Defesa, em Brasília, nesta sábado acabou em morte, dia 19. A confusão ocorreu durante a mudança de turno no inicio da manhã.

Felipe de Carvalho Sales,19 anos, atirou na cabeça de Kauan Jesus de Cunha Duarte. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegaram o militar já estava morto.

Por volta das 11h05, o carro do Instituto Médico-Legal chegou para retirar o corpo de Marcio Alexander do anexo do Ministério da Defesa.

Segurança no MA inicia ação voltada para o 2º turno da Eleição 2022

O governo do Maranhão, através do Sistema de Segurança Pública do Estado, disponibilizou a partir desta sexta-feira, dia 28, 11 mil policiais militares estão destacados para atuar no segundo turno das eleições, na Região Metropolitana de São Luís e municípios do interior do Maranhão.

Hoje o efetivo de 2,5 mil militares foi enviado ao interior para reforçar as ações de segurança no período eleitoral.

A medida do Governo do Estado, integra as ações da operação Eleições 2022 para este segundo turno, e envolve diversos grupamentos das forças policiais. A eleição será no domingo (30). Eles devem retornar na segunda-feira, dia 31, tropas especiais, dia 3 de novembro.

“É um trabalho integrado com todas as forças do sistema de Segurança Pública do Maranhão e Polícia Federal. Temos a data prevista para retorno, mas, caso exista a necessidade de emprego do policiamento, esse tempo será prolongado (..) Estamos a postos para que tenhamos, a exemplo do primeiro turno, uma eleição tranquila, segura e com a garantia ao cidadão do seu direito democrático ao voto”, destacou o Cel. Emerson Bezerra.

A exemplo do que ocorreu no primeiro turno das eleições, os reforços militares foram enviados a todas regiões do Maranhão. Além da Região Metropolitana de São Luís, os policiais atuarão nas 217 cidades maranhenses. 

A estrutura inclui 1.286 viaturas, cinco helicópteros do Centro Tático Áereo (CTA) que estarão em cidades estratégicas – além da capital -, motos, efetivo da Cavalaria e demais grupamentos da militar. 

O trabalho conta ainda com a Polícia Federal, Exército Brasileiro, Polícia Civil e Polícia Judiciária do estado reforçando as delegacias de plantão em todo o Maranhão; e Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão na guarda das urnas.

MP-MA: vendas de bebidas para menores pode resultar em prisão

O Ministério Público e a Justiça do Maranhão realizaram nesta quarta-feira, dia 17, em Vitória do Mearim, audiência pública na Colônia de pescadores com o tema “Adolescência sem álcool”. O público-alvo foi proprietários de bares e de casas noturnas.

O objetivo é reforçar a proteção dos direitos de crianças e adolescentes.

Também participaram representantes da Defensoria Pública, Conselho Tutelar e das polícias Civil e Militar também estiveram presentes.

A promotora de justiça Karina Chaves alertou para proibição da venda de bebida alcoólica para crianças e adolescentes, prevista no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Quem comete o referido crime, cuja pena prevista é de detenção de dois a quatro anos e pagamento de multa.