SSP-MA informa mais de 40 prisões nas últimas horas na Grande São Luís

As Polícias Militar e Civil do Maranhão, iniciaram no final desde ontem sexta-feira (25), várias ações de combate, controle e prevenção da criminalidade na Região Metropolitana de São Luís.

“Todo dia, toda noite e toda hora, a polícia está fiscalizando, revistando e prendendo, como fizemos ontem. Tivemos mais de 40 prisões em ações da Polícia Militar e da Polícia Civil. E isso vai continuar”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela.

Portela acrescentou que não há prazo para o término da operação.

As operações estão sendo realizadas nos bairros do municípios de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa é uma reação aos vários crimes registrados na última semana na Grande São Luís.

O foco das forças de segurança são contenção de crimes como homicídios, tráfico de drogas e assaltos a pessoas e veículos, entre outros. 

Segundo as forças de segurança do estado, já foram presas mais de 40 pessoas na operação conjunta lançada contra o crime na Ilha de São Luís.

Centenas de policiais e viaturas estão percorrendo dezenas de bairros da região. A operação varou a madrugada e continua.

Flávio Dino nomeia novos delegados, peritos e policias civis e militares

“Observando os limites da Lei Complementar Federal 173 e da LRF, efetuei agora nomeações nas polícias do Maranhão: 12 delegados; 20 escrivães; 60 investigadores; 9 peritos; 1 odontolegista e 40 policiais militares”, anunciou Flávio Dino no twitter.

MP denunciará acusados de assassinarem os pais do deputado Cleber Verde

A denuncia que o Ministério Público Estadual apresentará contra os acusados de assassinarem os pais do deputado federal, Cleber Verde, será detalhada à imprensa na manhã desta sexta-feira (11), na sede das Promotorias, no bairro do Calhau.

Participarão da apresentação os promotores de Justiça: Jorge Luis Ribeiro de Araújo, Frederico Bianchini Joviano dos Santos, Reinaldo Campos Júnior e Igor Adriano Trinta Marques.

Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Mendes foram assassinados na própria propriedade do casal no último dia 14 de julho, no município Turiaçu.

PTB no Piauí expulsa ex-prefeito que disse ter roubado menos que o sucessor

O ex-prefeito do município de Cocal no Piauí, José Maria da Silva Monção, não faz mais parte do PTB, onde estava filiado desde 2009. Ele foi expulso após a repercussão nas redes sociais no fim de semana, onde ele admite que roubou quando era prefeito, porém menos que seu sucessor.

José Maria Monção foi eleito Prefeito de Cocal em 1992, 2000 e 2004. Em 2009 ele foi preso pela Polícia Federal na Operação Harpia, acusado de desviar cerca de R$ 2 milhões do Fundeb.

Aprovação do governo Bolsonaro caiu no Nordeste após viagens à região

Pesquisa PoderData mostra que a estratégia do presidente Bolsonaro de intensificar a agenda no Nordeste não funcionou na avaliação do governo na região.

A aprovação do governo Bolsonaro no Nordeste, que estava crescendo, caiu 8 pontos percentuais. Passou de 48% para 40% em relação de acordo com o último levantamento realizado em agosto.

A desaprovação ficou em 50% –variação positiva, dentro da margem de erro. As taxas estão abaixo da avaliação nacional: 51% aprovam o governo Bolsonaro e 41% desaprovam. Aqui mais informações no Poder 360

Casa no Turu seria usada para realizar irregularidades em Cândido Mendes

O Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e a Polícia Civil encontraram numa no casa no bairro do Turu em São Luís, documentos da Prefeitura de Cândido Mendes.

A residência que teria sido alugada, segundo a ‘Operação Cabanos’, seria frequentada por um contador, um advogado e pelo prefeito do município, José Ribamar Leite de Araújo, preso na ação realizada pela Polícia Civil e o Gaeco.

A determinação de busca e apreensão na residência foi da juíza Myllene Sandra Cavalcante, da Comarca de Cândido Mendes.

Na casa localizada numa rua com único acesso foram encontrados contratos com empresas para execução de serviços, convênios, processos, bem como carimbos da Prefeitura e de um advogado.

A suspeita é que o local seria utilizado para praticar as irregularidades envolvendo empresas contratadas pelo Município. Aqui mais informações

Regras para retorno de atrações musicais em bares e restaurantes

 

musica-ao-vivo-em-bares-e-restaurante (1)

Publicado no Diário Oficial do Maranhão regras para retorno de atividades musicais em bares e restaurantes a partir de sábado (15). Pequenas atrações musicais estavam suspensas por causa da pandemia de coronavírus.

Continuam proibidas as atrações musicais e culturais de médio e grande portes, que promovam aglomeração.

As regras básicas para as outras atividades valem também para os bares e restaurantes com atrações musicais: máscara obrigatória para todos (com exceção do vocalista e do instrumentista de sopro), distanciamento de dois metros, limpeza das mãos e nada de aglomeração.

Os músicos deverão entrar e sair por acesso próprio. Palco também deve ficar distante do público de dois metros. Instrumentos deverão se higienizados e equipe de trabalho reduzida.

Montagem de estrutura de som deve ser feita até 3 horas de antecedência.

É proibido o acesso de acompanhantes, com exceção de produtores e músicos, limitados ao menor número possível.

Os camarins devem ter avisos sobre o número máximo de pessoas permitidas, bem como outras regras de higiene.

As regras valem para bares e praças de alimentação de shoppings e galerias. Aqui a Portaria

Santa Rita, Bacabeira e Miranda são alvos da Polícia Federal e da CGU

 

WhatsApp-Image-2020-08-05-at-09.32.44-1
Prefeitura de Bacabeira é alvo de investigação sobre superfaturamento e simulação de compra de EPIs e respiradores — Foto: Divulgação/PF

A Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros da Polícia Federal no Maranhão, com o apoio da Controladoria Geral da União – CGU, amanheceram nesta quarta-feira (5), nos municipios maranhenses  de Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte.

O objetivo da  operação “FALSA ESPERANÇA”, é desarticular fraude em licitações e desvio de recursos públicos federais, que deveriam ser usados no enfrentamento do novo coronavírus.

Santa Rita é administrada pelo prefeito Hilton Gonçalo. Bacabeira pela esposa de Hilton, Fernanda Gonçalo e Miranda do Norte por Carlos Eduardo Fonseca Belfort, o Negão.

Durante a investigação, foram verificados indícios de superfaturamento de equipamentos de proteção individuais (EPI’s) e de simulação na compra de respiradores pulmonares, que apesar do pagamento antecipado pelas prefeituras.

Todas as aquisições foram realizadas com uma única empresa, em Paço do Lumiar, que nunca havia atuado no ramo médico hospitalar. A investigação revelou que a empresa não tinha nenhum empregado e atuava com a comercialização de acessórios para instalação de aparelhos de ar-condicionado e de energia solar. A empresa tinha um total de 69 atividades secundárias, que variavam desde a confecção de vestuário, segurança privada e até produção musical.

Cerca de 50 policiais federais cumprem quatro Mandados de Prisão Temporária, e 13 Mandados de Busca e Apreensão, além do sequestro de bens e bloqueio de contas dos investigados, tendo as ordens judiciais sido determinadas pela 1ª Vara Federal de São Luís/MA.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados responderão pelos crimes de peculato (Art. 312, caput, do CPB), falsidade ideológica (Art. 299, do CPB), fraude em processo licitatório (Art. 90 da Lei nº 8.666/93), superfaturamento na venda de bens (Art. 96, I da Lei nº 8.666/93) e associação criminosa (Art. 288 do CPB).

As ordens judiciais foram cumpridas em 06 cidades do Maranhão (São Luís, São José do Ribamar, Paço do Lumiar, Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte).

A Operação foi denominada “FALSA ESPERANÇA” em referência a expectativa criada na população dos municípios de que as gestões municipais teriam adquirido de forma lícita equipamentos contra a COVID-19, e que, ao fim, nunca chegaram a ser efetivamente entregues.

Interditada estrutura onde aconteceu festa e aglomeração na Peninsula

 

Ed8StZ2WkAERopH

A Vigilância Sanitária e a Polícia Militar realizaram na manhã desta segunda-feira (27), fiscalização na área da Ponta D’Areia, em São Luís, e no local onde no fim de semana, aconteceu aglomeração, festa e desrespeito às determinações sanitárias relacionadas à pandemia do novo coronavírus.

“Equipes da Vigilância e da Polícia Militar vistoriaram a área e interditaram a estrutura montada na praia da Península. A medida busca interromper as aglomerações que ocorreram no local no último fim de semana. O distanciamento social continua sendo indispensável para a segurança da população em tempos de pandemia”, disse Carlos Lula, Secretário Estadual de Saúde, no twitter.

Contas de Bolsonaristas são retiradas do Twitter por determinação do STF

Foto: Reprodução

Alvos de investigações sobre disseminação de fake news, bolsonaristas tiverem suas contas no Twitter excluídas nesta sexta-feira (24) por determinação do ministro STF, Alexandre de Moraes.

Entre os alvos estão o presidente do PTB, Roberto Jefferson, os empresários Luciano Hang, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, Bernardo Küster, além do blogueiro Allan dos Santos e do assessor do deputado estadual de São Paulo Edson Salomão.

Em maio, eles foram alvos de busca e apreensão autorizadas pelo ministro, em desdobramento do inquérito das fake news, que apura ataques a ministros da Corte e disseminação de notícias falsas.

Em nota, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Advogados dos investigados disseram à TV Globo que recorreram da decisão do ministro do STF. (Informações G1)