Deputado Gastão Vieira teve prejuízo de R$ 15 mil no ‘Golpe do Whatsapp’

 

gastao VIEIRA
Deputado Federal Gastão Vieira (Pros-MA)/Foto: Reprodução

O deputado federal Gastão Vieira (Pros-MA), não esconde o alivio e alegria com as prisões dos envolvidos no ‘golpe do whatsapp’ no Maranhão. No twitter o deputado demonstrou todo seu contentamento com ação da Polícia Civil. Ao blog o deputado informou que foi prejudicado em R$ 15 mil.

“Parabenizo a polícia pelo trabalho de investigação e prisão da quadrilha que me provocou uma série de transtornos com o golpe do Whatsapp. Fui uma das vítimas desse golpe que coloca a gente numa situação absurda de vulnerabilidade. A sensação agora é de alívio e gratidão”, destacou Gastão Vieira.

Foram presos ontem terça-feira (16), em São Luís, sete pessoas envolvidas no golpe aplicado em políticos, através de clonagem de contas do whatsapp.

Criado calendário de pagamentos da Câmara Municipal de São Luís

 

osmar 1
Vereador Osmar Filho com Servidores da Câmara Municipal de São Luís/ Foto: Reprodução

O vereador Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal de São Luís, como parte da política de valorização dos servidores da Casa, instituiu o calendário anual de pagamento dos funcionários.

A partir de agora, os servidores sabem o dia dos pagamentos, incluindo o 13º salário, cujo pagamento será efetuado em dezembro. O pagamento de abril será efetuado na próxima quinta-feira, dia 25.

“Os servidores são fundamentais na boa prestação de serviço, por parte da Câmara, à população. Valorizá-los significa investir e continuar valorizando o Parlamento de São Luís”, disse o presidente.

Em mais uma ação inédita no parlamento Municipal de São Luís, foi assinado em fevereiro, um convênio entre a Câmara Municipal e a Faculdade Estácio de Sá. O objetivo é qualificar os servidores efetivos e comissionados, que passaram a ter 50% desconto em cursos de graduação, pós-graduação e educação à distância oferecidos pela instituição.

Calendário de pagamento dos servidores em 2019:

Abril – dia 25; Maio – 27; Junho – 25 ; Julho – 25 ; Agosto – 26 ; Setembro – 25 ; Outubro – 25 ; Novembro – 25; Dezembro – 23 ; 13º Salário – 20 de dezembro

Deputado Edilázio é contra construção de Cais no IPTU mais caro de São Luís

 

edi
Deputado Federal Edilázio Júnior/Foto Reprodução

O deputado Edilázio Júnior (PSD-MA), voltou insinuar que pobres e ricos não podem ocupar o mesmo espaço. A mais nova polêmica envolvendo o deputado começou a durante uma reunião de moradores da Península da Ponta D’Áreia, área onde deve ser construído um Terminal Portuário ligando São Luís a outro Terminal na cidade de Alcântara.

De acordo com projeto aprovado pelo governo do Maranhão, ele garantirá o transporte de passageiros e de cargas 24 horas por dia, encurtando em mais de 200 quilômetros  a viagem entre São Luís e a Baixada Maranhense.

O deputa Edilázio é o mesmo que foi contra a transformação da ‘Casa de Veraneio do Governo do Estado’ na ‘Casa de Apoio Ninar’, esta utilizada atualmente para tratamento de crianças com doenças que afeta o neurodesenvolvimento, e que fica numa das áreas mais caras de São Luís.

Abaixo vídeos da fala do deputado.

(Com informações do Blog do Jhon Cutrim)

Márcio Jerry diz que não será candidato a prefeito de São Luís

 

marcio_jerry_crise-1024x649
Deputado Federal Márcio Jerry (PCdoB)/Foto: Reprodução

O deputado federal Marcio Jerry durante entrevista na Rádio Timbira, na manhã desta sexta-feira (12), disse de forma enfática que não será candidato à prefeitura de São Luís. Porém, apontou três pré-candidatos do partido ao pleito: o vice-prefeito da capital, Júlio Pinheiro; o secretario da Secid, Rubens Júnior; e o deputado estadual Duarte Júnior.

De acordo com Jerry, que também é Presidente Estadual do PCdoB, seu papel nas eleições municipais 2020, será coordenar a participação do partido no pleito em todo Maranhão. Mas, com especial atenção para São Luís, onde a eleição acontece em dois turnos e tem vários pré-candidatos do mesmo campo político do PCdoB.

Na entrevista Marcio Jerry ainda fez um balanço da sua atuação na Câmara Federal, defesa do governo do Maranhão em Brasilia, além de temas como Reforma da Previdência e Acordo Brasil e Estados Unidos para utilização do Centro de Lançamento de Alcântara.

Câmara de São Luís apresenta programação dos seus 400 anos

 

camara 1
Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de São Luís lançou nesta quarta-feira (03), a campanha oficial dos 400 anos do Legislativo, onde foram apresentados as peças publicitárias e projetos que serão executados durante a programação festiva, promovida ao longo deste ano.

A 4ª Câmara mais antiga do país vai comemorar 400 anos no dia 09 de Dezembro. O primeiro registro da instalação da Câmara Municipal de São Luís  é datada  em 1619. Era composta por sete vereadores, um juiz, dois escrivães, um procurador do Conselho, um almoxarife e um procurador dos índios.

“Durante o ano, iremos fazer diversos eventos e implantação de projetos como Câmara Itinerante, Parlamento Metropolitano, e eventos de concurso de redação com os alunos da rede municipal de ensino, entrega de medalhas, Sarau que está sendo pensado em alusão aos 400 anos e outras atividades que ainda estão sendo definidas”, afirmou o presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT).

1001 é condenada a indenizar família de vitima de atropelamento

 

1001
Foto: Reprodução

A Expresso Rodoviário 1001 foi condenada a pagar indenização de R$ 50 mil à família de um idoso de 91 anos que foi atropelado por um ônibus da empresa e, posteriormente, morreu.

A decisão é da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, que majorou o valor fixado em primeira instância, em razão da condição econômica das partes, a conduta lesiva da empresa e por não haver peculiaridades que permitam destoar dos valores estabelecidos pela jurisprudência.

A empresa de ônibus, a seguradora Mapfre e os familiares da vítima apelaram ao TJMA.

As duas primeiras inconformadas com a sentença do Juízo da 7ª Vara Cível de São Luís, que condenou a Expresso 1001 a pagar aos autores da ação a quantia de R$ 30 mil por danos morais, valor este a ser suportado pela seguradora até o limite estabelecido em contrato de seguro celebrado.

Já a viúva e o filho da vítima apelaram ao Tribunal, pedindo a condenação da empresa de ônibus ao pagamento de indenização por danos morais no valor de 120 salários mínimos e danos materiais no total de R$ 84 mil.

O marido da autora e pai do outro autor da ação foi atropelado por um ônibus da Expresso 1001 e morreu em consequência disso. Os familiares disseram que a esposa da vítima ficou sem condições de se manter, já que era sustentada pelo falecido.

A empresa de ônibus levantou preliminares de inépcia e de ilegitimidade e, no mérito, salientou que a causa do acidente foi a conduta negligente e imprudente da vítima.

A Mapfre também apontou a culpa exclusiva da vítima, suscitou preliminares de ilegitimidade passiva para responder ao montante que ultrapassar os limites da apólice e, em relação ao pedido de indenização por danos morais, por ausência de contratação. Também questionou a decisão de ter que assumir encargos referentes aos honorários advocatícios, entre outras.