Bunker de radioterapia reduzirá para metade o tempo na fila de espera no Maranhão

 

lula e othelino
Carlos Lula (Secretário de Saúde do Estado) e o deputado Othelino Neto (Presidente da Assembleia Legislativa)/Foto: Reprodução

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, convidou na manhã desta segunda-feira (11), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto(PCdoB) e a Comissão de Saúde da Casa, para visitarem as obras do bunker de radioterapia do Hospital do Câncer do Maranhão, que deverá ser entregue ainda este ano.

Para o deputado Othelino Neto o bunker é um importante investimento para  saúde do Maranhão, que tem apoio da Assembleia Legislativa.

“Agradeço a visita do secretário Lula, que nos traz a boa notícia das obras, já em estágio avançado. O bunker de radioterapia é uma demanda antiga da população. Nós ficamos felizes em ver esses avanços e que os serviços de saúde pública estão chegando, cada vez mais, à população, que tanto precisa”, afirmou.

As obras estão sendo realizada em parceria dos governos estadual e federal. O bunker  deverá reduzir o tempo de espera na fila de radioterapia no Maranhão de seis meses para três e funcionará atrás do Centro de Saúde Dr. Genésio Rego, na Vila Palmeira.

“Essa é uma conquista histórica. O estado do Maranhão nunca teve, ele mesmo, um aparelho de radioterapia. Sabemos que, para quem recebe o diagnóstico de câncer, ficar seis meses esperando em uma fila é duplamente punitivo. A nossa expectativa é diminuir pela metade esse tempo de espera”, destacou Lula.

Carlos Lula ainda lembrou que a cidade de Imperatriz possui um bunker administrado pela Secretaria de Estado da Saúde, onde o tempo de espera é de apenas um dia para início do tratamento.

Obras marcarão fim de miséria onde antes havia palafita no São Francisco

 

sao francisco
Governador Flávio Dino e o Prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Junior/Foto: Reprodução

Foi autorizado nesta terça-feira (22), o início das obras do projeto PAC Ponta do São Francisco, que acabará com uma das imagens e condições de vida mais emblemáticas, localizada no coração da capital do Maranhão.  Com início imediato as obras deverão ser entregues até o próximo ano.

Além de um aterro para construção de praça, quadras e uma avenida que interligará o bairro às vias vizinhas, o projeto também inclui obras de abastecimento de água, saneamento básico e melhoria da iluminação pública.

“Teremos aqui um grande avanço, um grande benefício, na medida em que esses R$ 7 milhões feitos no nosso governo, em parceira com o Governo Federal e a prefeitura de São Luís, vão garantir a urbanização de todo o território”, disse Flávio Dino.

pobreza
Palafitas que se manteve durante décadas foram demolidas em 2018/Foto: Reprodução

Os antigos moradores das palafitas também serão contemplados com as melhorias do bairro. Atualmente, eles recebem o aluguel social no valor de R$ 500 para pagar a estadia provisória. E em breve serão contemplados com parte das 256 unidades do Residencial José Chagas, unidades do Minha Casa Minha Vida construídas pelo Governo do Estado na Avenida Ferreira Gullar.

“É um passo muito significativo nesse conjunto de esforços para melhorar as condições de vida dessa população que há tanto tempo foi esquecida”, destacou o governador.

O aterro será construído nas áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e haverá ainda a construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer, em conformidade com seus respectivos projetos urbanísticos e complementares.

Está prevista também a criação de estacionamentos, rampas de acesso pesqueiro ao Rio Anil e Bacia de São Marcos, além de galpão de apoio a comunidade pesqueira ali existente e localizadas ao longo da Avenida Ferreira Goulart.

Flávio Dino assinará Ordem de Serviços do PAC Ponta do São Francisco

 

Será assinado nesta terça-feira (22), às 16h, pelo governador Flávio Dino a ordem de serviço para início das obras integrantes ​do projeto denominado PAC Ponta do São Francisco. Trata-se de obras de urbanização onde serão investidos cerca de R$ 7.267.094,53 (sete milhões duzentos e sessenta e sete mil e noventa quatro reais e cinquenta ​e três centavos).​​

As obras consistem em urbanizações e infraestruturas​ básicas de rede de esgoto sanitário doméstico, drenagem pluvial, rede de abastecimento de água, redes gerais ​de iluminação e força, estruturais, recuperação e continuidade do talude existente, aterro de áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer, em conformidade com seus respectivos projetos urbanísticos e complementares.​​

Está prevista também a criação de estacionamentos, rampas de acesso pesqueiro ao Rio Anil e Bacia​ de São Marcos, galpão de apoio a comunidade pesqueira ali existente e localizadas ao longo da Avenida Ferreira Goulart. ​​

Na mesma área também está em fase de conclusão o Residencial José Chagas, empreendimento executado pela Secid, de interesse social no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) com contrapartida do Governo do Estado, que visa erradicar famílias que vivem em vulnerabilidade social na localidade. O Residencial José Chagas, localizado na avenida Ferreira Gullar, no bairro da Ilhinha, é composto por 256 apartamentos. ​​

Prefeito de São Luis faz balanço e aponta avanços na sua gestão

 

edivaldo.jpg
Edivaldo Holanda Junior (PDT), Prefeito de São Luis/Foto: Reprodução

O prefeito de São luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), fez neste domingo (20), no Jornal o Imparcial, uma espécie de prestação de contas da sua administração na capital maranhense. Além de elencar avanços anunciou mais investimentos para os próximos dois anos de sua gestão.

Reeleito nas ultimas eleições municipais em 2016, Edivaldo Junior, está no inicio do terceiro ano do segundo mandato como prefeito de São Luís. Entre os vários setores que obtiveram avanços durante sua gestão, segundo o prefeito, ele destaca: trânsito e transporte, educação, saúde, infraestrutura e limpeza urbana.

O prefeito também se referiu à crise econômica no país, mas que apesar de tudo vem conseguindo atravessar a tempestade com organização, planejamento e criatividade e o resultado são as ações concretas em favor da população da capital maranhense. Ele também falou do equilíbrio financeiro no município e que está possibilitando os investimentos e garantia dos serviços essenciais.

Edivaldo Holanda Junior começou destacando os avanços pelo setor de transito e transportes, onde informou que já inseriu 638 ônibus no sistema, representando 76% da frota circulante na capital. Além disso tem 275 com ar condicionado, incluindo articulados. A idade média da frota atualmente reduziu de 10 para 4,5 anos. Também houve intervenções em viárias vias para favorecer a fluidez no trânsito e investimentos na implantação de GPS, Bilhete Único, biometria facial, Aplicativo Meu Ônibus e Cartão Criança.

Ainda no setor de transporte a prefeito anunciou novidades. “Este ano a meta é inserir mais novos ônibus, todos com ar-condicionado. A licitação para implantação do wi-fi já foi realizada, e estamos acompanhando agora as formalidades que precisam ser cumpridas. Nossa expectativa é que o serviço entre em operação, em teste, ainda neste semestre”, assegurou o gestor municipal.

Também na entrevista o prefeito mostrou-se muito feliz com obras no Centro de São Luís com a revitalização das praças Dom Pedro II, Deodoro e Panteon e Rua Grande, realizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís. Na Educação, foi citado a reforma de mais de 160 escolas e a climatização de mais de mil salas; na infraestrutura, houve urbanização de bairros como Residencial Paraíso, Polo Coroadinho, Vila Isabel, São Bernardo, Vila Riod, Gancharia, Vila Brasil e tantos outros.

Estão previstas ainda para este ano, segundo o prefeito, reformas da Praça da Saudade, Praça da Misericórdia, Parque do Bom Menino, área da Fonte do Bispo (onde situa-se um dos mais antigos terminais rodoviários da cidade), além das obras de mobilidade com a construção e revitalização de calçadas, entre outros, que serão executadas com a parceria do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

Muitos outros avanços foram citados em áreas como saúde e limpeza urbana, com transformações significativas na vida dos cidadãos ludovicenses. “Seguiremos trabalhando incansavelmente para promover uma cidade melhor para todos, mais justa, menos desigual”, concluiu o prefeito Edivaldo.

Osmar Filho quer comemorar 400 anos da Câmara na nova sede

 

osmar (1)
Reunião de Osmar Filho (Presidente da Câmara Municipal de São Luis) e Maurício Itapary (Superintendente regional  do Iphan)/Foto: Reprodução

O vereador Osmar Filho (PDT), Presidente da Câmara Municipal de São Luís, segue cumprindo agenda intensa mesmo o parlamento municipal em recesso. Nesta segunda-feira (7), ele se reuniu com o superintendente regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Maurício Itapary.

O objetivo da agenda entre os dois foi estreitar relações e estabelecer parceria em busca da valorização, reestruturação e conservação do patrimônio histórico da cidade. Osmar Filho se comprometeu em buscar apoio junto à Bancada Maranhense em Brasília para conseguir recursos com este fim.

Também foi trado o projeto de revitalização do atual prédio da Câmara Municipal e o da nova sede, cujo projeto é do IPHAN e deverá ser na antiga Fábrica São Luís, no bairro da Madre Deus.

“No fim deste ano a Câmara completa 400 anos. Então, seria de suma importância poder entregar para a população de São Luís este complexo, para que esta possa participar dos grandes debates que envolvem a cidade e usufruir deste espaço”, ressaltou presidente.

O presidente da Câmara Municipal também parabenizou o Iphan pela entrega no final do ano passado, o Complexo Deodoro.

“Recentemente acompanhamos a entrega do Complexo Deodoro e de parte da Rua Grande, obras que, realizadas em parceria com a Prefeitura de São Luís, deram nova vida à cidade”, observou Osmar Filho.

Entregue obras do Complexo Deodoro em São Luís, agora é preservar…

 

deodoro
Complexo Deodoro/Foto: Jardel Scot

O Complexo Deodoro e a primeira etapa de requalificação da Rua Grande, centro da capital, foram concluídos e entregues na noite deste sábado (22). O conjunto de obras resulta da ação parceira entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Prefeitura de São Luís, integrando a série de ações do PAC Cidades Históricas, do Governo Federal.

O governador Flávio Dino acompanhou a solenidade de entrega das obras, que teve presença ainda do prefeito Edivaldo Holanda Junior, da presidente do Iphan, Kátia Bogea, dos ministros da Secretaria de Governo, Carlos Marun e da Cultura, Sérgio Sá Leitão.

O evento contou com apresentações de Fernando de Carvalho, Mano Borges, Coral São João e Trio 1 2 3 formado pelas cantoras Tássia Campos, Mila Camões e Camila Boueri, além de apresentação de grupo de Bumba Boi, em palco montado na Praça Panteon, atraindo centenas de pessoas ao local.

Michel Temer estará em São Luís dia 18 na entrega do Complexo Deodoro

 

deodoro 3
Foto: Reprodução

O Complexo Deodoro, que compreende ainda as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia e o primeiro trecho da Rua Grande, em São Luís, deverão ser entregues no próximo dia 18 de dezembro. O presidente Michel Temer e Sérgio Sá (Ministro da Cultura), já teriam confirmado presença na solenidade.

Kátia Bogéa, presidente do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), órgão ligado ao governo federal responsável pelas obras, realizadas em parceria com a Prefeitura de São Luís, acompanhada do prefeito Edivaldo Holanda Jr. vistoriou na manhã deste sábado (1º), o local que está em fase de conclusão.

Em setembro deste ano, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, esteve na capital maranhense também vistoriando o canteiro de obras que faz parte do PAC- Cidades Históricas.

ENTREVISTA COM KÁTIA BOGÉA (IPHAN)

Como no Maranhão tem alguns que mantém certa tradição em posar de ‘pai da criança quando é bonita’, não será nenhuma surpresa se aparecerem por lá algumas figuras que não vão à Deodoro a anos ou décadas.

 

deodoro 1