Políticos e população desejam rápida recuperação de Dino

O governador Flávio Dino (PSB), que testou positivo para Covid-19, nesta segunda-feira, dia 3, vem recebendo apoio de milhares de pessoas nas redes sociais.

A classe política também tem se manifestado em solidariedade ao governador, entre elas, o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos); o depuatdo, Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, os senadores Eliziane Gama (Cidadania), Weverton Rocha (PDT), deputado Othelino Neto (PCdoB), além de secretários e outras autoridades.

“Que Deus continue zelando pela sua recuperação e que você retorne o mais breve possível ao nosso convívio. Forte abraço e até logo!”, vice-governador Carlos Brandão.

“Ao governador @FlavioDino, que testou positivo hoje para Covid-19, desejo melhoras e uma rápida recuperação.”, prefeito Eduardo Braide.

“Que você logo esteja curado, governador. Certamente, o fato de estar vacinado vai fazer com que a Covid não provoque sintomas mais severos.” deputado Othelino Neto.

“Desejo melhoras e rápida recuperação. Que você vença a Covid com tranquilidade.”, senador Weverton Rocha.

“Rápida recuperação governador, estamos orando por vc. Logo estará recuperado.”, senadora Eliziane Gama.

Dino agradece colaboração de servidores e população durante período do Carnaval

O governador do Maranhão, Flávio Dino, usou as redes sociais na noite desta terça-feira, dia 16, que seria festejado o Carnaval, para enviar uma mensagem de agradecimento à população maranhense pela colaboração em meio a pandemia, ele lamentou não ter havido a festa e agradeceu os servidores públicos por se manterem firmes no trabalho.

O governador fez um agradecimento especial ao artistas e profissionais da da área cultural, e assumiu o compromisso de que passado a pandemia, o Maranhão fará o melhor e maior carnaval da história.

“Quero deixar registrar a todos os artistas e grupos culturais que se Deus quiser, e vencida a pandemia em 2022 vamos fazer o melhor e maior carnaval da história do Maranhão”, destacou Flávio Dino.

Dino agradece aprovação de 59% no combate ao coronavírus no MA

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino, agradeceu a população do estado pela confiança e aprovação das medidas adotadas contra o coronavírus.

A manifestação do governador se deu em razão do resultado de uma pesquisa divulgada neste sábado (13), sobre o enfrentamento da Covid-19.

“Agradeço a confiança e continuaremos trabalhando juntos para vencer o coronavírus”.

Eleições: ‘São Luís Que Quero’, ‘Pense São Luís’ e ‘Diálogos por São Luís’

 

prefeitura
Prefeitura de São Luís/Foto: Reprodução

Até agora apenas três dos pré-candidatos à Prefeitura de São Luís, de acordo com o Blog  Marrapá , decidiram começar 2020 discutindo a cidade com a população. Grande parte dos eleitores da capital esperam uma campanha propositiva.

Jaisael Marx (Rede) com o ‘São Luís Que Quero’ largou na frente e vem se reunindo a população desde que lançou sua pré-candidatura e intensificará a partir do inicio de 2020.

O deputado Bira do Pindaré (PSB) através do ‘Pense São Luís’ é outro que adotou a mesma estratégia.

O secretário de Estado de Cidades, Rubens Júnior (PCdoB), recentemente reuniu lideranças políticas e lançou, o “Diálogos por São Luís”, estratégia exitosa utilizada pelo governador Flávio Dino em âmbito estadual.

Relação de Dutra com população de Paço do Lumiar tá azedando

 

lepo
Domingos Dutra, prefeito de Paço do Lumiar/Foto: Reprodução

Além dos inúmeros problemas do município de Paço do Lumiar, inclusive alguns crônicos, o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, terá que resolver rápido, provavelmente o maior da sua gestão, se tiver pretensão de tentar renovar seu mandato em 2020. Sua relação com a população luminense não anda nada boa.

Esta semana um vídeo divulgado em grupos de whatsapp, que mostra o prefeito batendo boca com participantes de uma reunião, revela o nível e o tamanho do problema que terá que enfrentar. Bravatas e frases de efeito não resolvem isso.

Para Flávio Dino povo de Alcântara não pode ser sacrificado para agradar o Tio Sam

 

alcantara
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Revista Forum – A ampliação do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, pode reascender tensões vividas há mais de 30 anos, quando famílias de comunidades quilombolas inteiras foram removidas. O presidente Jair Bolsonaro, que já disse que quilombolas não servem nem para procriar, viaja aos Estados Unidos neste domingo (17) para assinar um acordo permitindo que os norte-americanos lancem satélites, foguetes e mísseis a partir da base espacial brasileira.

“É normal que haja Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (ACT), em razão da proteção jurídica à propriedade intelectual. Contudo, o acordo não pode ser abusivo e conter cláusulas que violem a soberania nacional”, defendeu o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em entrevista à Fórum.” Também não concordo com nenhuma ampliação de área da Base ou com remoção de mais pessoas”.

Há mais 30 anos, cerca de 300 famílias de 25 localidades de Alcântara sofreram remoções compulsórias para a instalação do CLA. Dino falou da necessidade de rediscutir um plano de desenvolvimento para o Programa Aeroespacial Brasileiro.

“A exploração comercial não pode ser monopólio de um país, ou seja, a Base deve estar à disposição de todos os países que queiram usar e tenham condições para tanto. É vital a meu entender que se criem as condições para a retomada do Programa Espacial Brasileiro”, pontuou.

Apesar de ceder a base de lançamentos aos EUA, o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) prevê que o local continue sob jurisdição brasileira.

“Alcântara já suportou muitos ônus com o projeto. É hora dos bônus, ou seja, caso se consume a exploração comercial é essencial que haja contrapartidas sociais em favor da cidade e da região”, defendeu o governador.

Bolsonaro embarca neste domingo (17) para os Estados Unidos e na terça-feira (19) deve discutir na Casa Branca a situação política da Venezuela.

Empresários não cumprem acordo e população é prejudicada em São Luís

 

onibus
Empresáros não cumprem acordo com rodoviários e São Luis amanhece sem ônibus/Foto: Reprodução

Empresários e Rodoviários não se entendem e a população de São Luís volta ser prejudicada com paralisação de ônibus na manhã desta terça-feira (26), em São Luís. Milhares de usuários na capital maranhense estão buscando outras alternativas para chegarem ao trabalho, assim como cumprir outras obrigações.

O movimento ocorre nas principais empresas do transporte coletivo da capital, entre elas: 1001, Primor, Taguatur, Ratrans e Ratrans.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, em dezembro de 2018, o TRT (Tribunal Regional do Trabalhoh) intermediou um um cordo entre as partes para garantir direitos dos trabalhadores que não foi cumprido pelos patrões. Por essa essa razão os funcionários das empresas que não estão circulando com apoio do Sindicato, cruzaram os braços.

Motoristas e cobradores do transporte coletivo atribuem a paralisação a incapacidade da Justiça do Trabalho, Prefeitura e Empresários em encontrarem uma solução para situação. Segundo eles, os ônibus só voltarão circular após o acordo ser cumprido.

Vereadores marcam presença em audiência sobre Plano Diretor de SL

 

01
Vereadores Raimundo Penha (PDT), Osmar Filho (PDT), Presidente da Câmara Municipal, e Aquiles Andrade da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico

A Prefeitura de São Luís iniciou na última terça-feira (15), a etapa de realizações de audiências públicas que está discutindo a revisão do Plano Diretor da capital maranhense. Realizada no auditório da Faculdade Pitágoras, no turú, é a primeira das nove que acontecerão nos próximos dias. Participam membros do executivo e legislativo municipal e principalmente a população.

O objetivo é debater a reordenação de políticas voltadas para áreas urbanas e rural da cidade, além de garantir acessibilidade, mobilidade, uso racional do uso e
ocupação do solo, habitação, meio ambiente, saneamento básico, entre
outras questões que envolvem o planejamento estratégico do município.

Após a realização das audiências públicas e a formulação do documento com o resultado será encaminhado à Câmara Municipal, onde será objeto de discussão e votação no plenário da Câmara Municipal.

“Na nossa avaliação a cidade precisa avançar e no momento em que o
prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) encaminhar está matéria para o
Legislativo, a gente saberá contribuir para avançar nessa questão. Assim
que esse documento chegar na Câmara, com certeza, daremos total
celeridade ao assunto”, destacou o vereador Osmar Filho, presidente da Câmara.

Vários vereadores participaram da audiência, entre Raimundo Penha (PDT),
Francisco Chaguinhas (PP), Ricardo Diniz (PRTB), Honorato Fernandes (PT), Babara Soeiro (PSC), Estevão Aragão (PSDB) e Joãozinho Freitas
(PTB).