Flávio Dino reage e cita obras, após post de Braide que diz ‘São Luís foi enganada’

O governador Flávio Dino (PCdoB), reagiu nesta segunda-feira, dia 19, a postagem nas redes sociais atribuída ao candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), onde diz que ‘São Luís foi enganada’, se referindo ao governo do estado.

Em vídeo o governador diz que Braide falta com a verdade e cita obras, segundo ele, fruto da parceria do seu governo e a prefeitura da capital.

“..Ele diz que “São Luís foi enganada”. Mas inauguramos hospitais, escolas, parques, praças, pontes, fizemos ações sociais e dezenas de obras e programas estão sendo executados, em todas as áreas..”, disse Dino em vídeo divulgado nas redes sociais.

Flávio Dino parabeniza Felipe Camarão e comunidade escolar por notas no IDEB

O governador, Flávio Dino, comemorou e parabenizou nesta segunda-feira (14), o secretário de Educação Felipe Camarão, educadores e escolas estaduais pelo crescimento gradual da nota do IDBE (O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) no Maranhão.

IDEB foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Flávio Dino e lideranças do PDT elogiaram fala de Lula que animou oposição a Bolsonaro

247 – Dirigentes do PDT elogiaram a fala de Lula. Apontado como um dos pré-candidatos à Presidência da República da esquerda, o governador Flávio Dino (PC do B-MA) elogiou publicamente o discurso do petista.

Ao Painel, Dino foi além: 

“Se Lula puder ser candidato, defendo a sua candidatura como o melhor caminho para chegarmos a um novo contrato social. Ele faria uma espécie de transição política entre o horror bolsonarista e um outro momento, inclusive com projeção de novas lideranças (…) Lula trouxe uma bandeira que acho central para nos diferenciarmos do bolsonarismo. Bolsonaro se alimenta de divisões e confrontações permanentes. Lula hoje apontou outro caminho: o do diálogo em busca de um novo contrato social. Desde 2013 o Brasil vive rupturas e sobressaltos em série. O resultado não é bom e, na minha avaliação, vai piorar. Bolsonaro não tem como oferecer estabilidade política e segurança jurídica, atributos essenciais para que a economia volte a crescer de modo sustentável”, destacou Dino.

Como mostrou a coluna Mônica Bergamo, apesar de Lula hoje não poder se candidatar, já que foi condenado e está sem seus direitos políticos, a iniciativa está sendo interpretada como uma mensagem de que, caso a situação seja revertida na Justiça, ele concorrerá, sim, à Presidência da República em 2022.

Lula diz que Ciro e Dino estão qualificados para disputar presidência

Em entrevista ao Fórum Onze e Meia nesta sexta-feira (4), o ex-presidente Lula elogiou o ex-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, e disse que ele está qualificado para disputar as eleições de 2022, assim como o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

“As pessoas pensam que eu tenho divergências profundas com o Ciro Gomes. A gente tem mais divergência pelo jeito de se comportar. Eu sempre disse publicamente que eu tenho respeito pelo Ciro, ele sempre foi muito leal ao meu governo, apesar das divergências pontuais que temos, e temos que aprender a conviver com elas. O Ciro não precisa gostar de mim e eu não preciso gostar dele, nós temos que nos respeitar”, disse.

Em seguida, o ex-presidente afirmou que os governadores do PT também estão qualificados para disputar as eleições e voltou a dizer que, a princípio, não pretende lançar sua candidatura.

“O Flávio Dino está qualificado para ser candidato, o Ciro está qualificado. Como eu vou dizer que não? Mas não posso dizer que Haddad não dá, que meus governadores não estão”, disse. Ao ser questionado sobre ele ser o nome do PT para 2022, respondeu: “Eu gostaria de trabalhar como cabo eleitoral de outro companheiro”.

Para o ex-presidente, a escolha do candidato pelo PT vai depender do cenário político do Brasil em 2020. Ele diz, no entanto, que não vê sinais de melhora até lá.

“Não vejo sinais de melhora, não sou desses que acha que Bolsonaro vai cair. Não vejo a possibilidade do Brasil melhorar com Bolsonaro”, afirma.

(Informações Revista Fórum)

Não há afastamento entre PCdoB e PT, diz Flávio Dino

dino
Flávio Dino, Governador do Estado do Maranhão – 14/02/2019  Romério Cunha/VPR/Flickr

Apesar das insinuações de que o PCdoB e o PT estão rompendo após 40 anos de alianças em eleições municipais, estaduais e federais pelo Brasil, o governador do Maranhão, Flávio Dino, principal liderança do Partido Comunista do Brasil, nega o afastamento entre as duas legendas e acredita que o momento esteja exigindo uma tática eleitoral dos partidos.

“Acho que é mais uma questão contingencial do que uma tendência. Eu não vejo esse afastamento, é tática eleitoral, eu te diria assim. Eu acho que é uma tática eleitoral do PCdoB para passar a cláusula de barreiras”, disse Dino,

Continue lendo Aqui  na Coluna do Matheus Leitão da Veja

“Podem não gostar, mas Flávio Dino faz e trabalha”, diz Alexandre Frota

 

1bbd90a0-c022-11e9-9bff-b1160c159d1b

O deputado federal, Alexandre Frota (PSDB-SP), retweetou postagem do governador Flávio Dino (PCdoB), em que o comunista ressalta a situação do Maranhão em relação a pandemia. O estado se mantém entre os dez que estão apresentando queda nos números do cornavírus .

Não é a primeira vez que o ex-bolsonarista elogia o governador do Maranhão. No mês de maio, também no twitter, Frota disse que Bolsonaro deveria trabalhar 30 dias com Flávio Dino, para aprender ‘liderar numa crise’.

1589239587_5eb9df235f8f4

O Brasil tem 106.574 mortes por coronavírus, segundo dados divulgados na manhã deste sábado (15). O número de contaminados é de 3.279.412 casos.

No Maranhão, um dos 10 estados, entre os que apresentam queda no nesses números, foram registrados no último boletim 3.240 óbitos e 135.324 casos confirmados.

“..popularidade de Bolsonaro não é sustentável..”, diz Flávio Dino

 

dino_bozo

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), alertou o campo progressista, nesta sexta-feira (14), para não desanimar com a pesquisa DataFolha que revela crescimento da popularidade de Bolsonaro.

Para Flávio Dino, o crescimento significativo do governo e de Bolsonaro, a melhor desde o início, não é sustentável. De acordo com ele, os problemas familiares e no próprio governo deverão reverter esse cenário.

Flávio Dino também aconselhou o campo progressista a continuar apresentando alternativas para os problemas do país de maneira “clara, viável e conectadas com as necessidades da população”.

Flávio Dino agradece Lula e Dilma ao entregar Residencial José Chagas

 

24954_whatsapp_image_2020_08_07_at_15.20.36_2981761419706369253

O governador Flávio Dino agradeceu nas redes sociais neste sábado (8), aos presidentes Lula e Dilma, pela realização do sonhho das 256 famílias contempladas com apartamentos do Residencial José Chagas, que moravam em palafitas na Ilhinha em São Luís.

A política habitacional que deu oportunidade para milhares de famílias do Maranhão, conseguissem a casa própria, foi criado nos governos Lula e Dilma, através do PAC e o programa “Minha Casa, Minha Vida.

Os recursos e autorização são do governo federal e executado pelos governos estaduais.

“STF demonstrou ontem ‘abuso de autoridade’ de Moro”, diz Flávio Dino

 

triplex
Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino, também ex-juiz federal, comentou na manhã desta quarta-feira (5), o resultado favorável ao ex-presidente Lula, ontem na 2ª turma do STF.

Notório crítico da condução dos processos contra Lula, no âmbito da Lava Jato, disse que no julgamento ficou demonstrado ‘abuso de autoridade’ do ex-juiz Sérgio Moro.

“Com o julgamento no STF ontem, estão demonstrados ABUSOS DE AUTORIDADE cometidos por Sérgio Moro contra o presidente Lula. Se o intuito de um ato judicial era produzir um fato eleitoral, como afirmado no STF, há grave desvio de finalidade.”, disse Dino nas redes sociais.

Sema passada um vídeo divulgado pelo próprio Flávio Dino, nas redes sociais, ele comenta com base técnica, o que chamou de ‘razões jurídicas’ para caracterizar a parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro, dando como exemplo o caso do “triplex”.

Maranhão reduz mortes por coronavírus e aumenta empregos

 

Secap-gov-1-2

O Maranhão está entre os estados do país que teve queda nas mortes por coronavírus, com 33% de redução, segundo do G1/Consórcio de Veículos de Imprensa.

Também é o primeiro do Nordeste e o quarto estado do país na geração de empregos, segundo o Governo Federal, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Outro dado positivo se refere aos leitos para atendimento da doença, com apenas 46% ocupados, que significa alta na oferta de leitos para outros atendimentos.

“Isso significa a confirmação de uma trajetória conquistada arduamente, e faço o convite para que continuemos com a atitude que tivemos até aqui, com menos danos que em outros locais. É um indicador altamente relevante e que levamos alguns meses para conquistar. A expectativa é que essa curva continue declinante para agosto”, disse Flávio Dino em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (31).