Dino e Zanni na equipe de transição de Justiça e Segurança Pública

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), anunciou nesta quarta-feira, dia 16, os últimos nomes das equipes técnicas de transição para o novo governo Lula.

O ex-governador e senador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PSB), e Cristiano Zanin, advogado de Lula, são alguns nomes que não chegam ser novidades, mas ambos são especulados para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Eles também figuram como potenciais escolhas para próximas indicações ao STF (Supremo Tribunal Federal). Na lista está também o nome de Andrei Passos, coordenador da equipe de segurança do presidente Lula.

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), destacou a confirmação do nome de Flávio Dino na equipe técnica da área de Justiça e Segurança.

“O amigo e senador eleito Flávio Dino foi anunciado hoje para compor o Grupo Técnico de Justiça e Segurança Pública de transição de governo do presidente Lula. Sem dúvida, um reforço inestimável para esse processo de reconstrução do país.”, disse Brandão.

Participaram também da equipe técnica de Justiça e Segurança Pública representantes da Polícia Federal, Policia Rodoviária Federal, Polícias Civil, Polícias Militares e Guardas Municipais.

Campanha no Maranhão: “Lula, a esperança das crianças do Brasil”

A campanha do ex-presidente Lula (PT) no Maranhão, que tem à frente o governador Carlos Brandão (PSB), o senador Flávio Dino (PSB) e Felipe Camarão (PT), comandaram nesta quarta-feira, dia 12, ‘Dia da Criança’, mais um ato de apoio ao petista no 2º turno das eleições.

O ato “Lula, a esperança das crianças do Brasil” reuniu centenas de crianças na Praça Maria Aragão, no centro de São Luís, militantes partidários e populares além de políticos.

No 1º turno Lula obteve no Maranhão mais de 68% dos votos, o objetivo da campanha é ampliar esse percentual.

Othelino agradece reeleição e ratifica empenho para eleger Lula

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, em pronunciamento nesta terça-feira, dia 4, agradeceu ao povo sua reeleição com expressiva votação.

Othelino também parabenizou o governador reeleito Carlos Brandão (PSB) e o senador eleito, Flávio Dino (PSB), e ratificou seu empenho na eleição de Lula no 2º turno das eleições presidenciais.

“Agradeço a cada um que me deu o privilégio de votar em mim e permitir essa vitória. A forma de retribuir é continuar tratando com respeito e cuidando com responsabilidade dos maranhenses, utilizando este mandato que o povo do Maranhão acaba de renovar para cuidar dos seus interesses (..) Continuarei destinando emendas, levando benefícios, por meio de Indicações, e estimulando que programas sociais cheguem a todos os municípios (..) O governador Carlos Brandão demonstrou muita capacidade de aglutinação política e o resultado disso foi a eleição em primeiro turno. Um sinal de que a população do Maranhão aprova a forma como ele vem conduzindo o Estado e o modelo que foi inaugurado pelo então governador Flávio Dino, hoje, senador eleito. Faço um cumprimento também especial a ele, que teve uma expressiva votação, o que demonstra o carinho que o povo do Maranhão tem com ele pela forma como se dedicou, durante sete anos e três meses, a cuidar de cada maranhense (..) “Foi a persistência simples e humilde do povo pobre do Nordeste, que deu uma maiúscula votação ao ex-presidente Lula. É a partir do Nordeste e sensibilizando o povo brasileiro, que eu tenho convicção de que o ex-presidente Lula será eleito no fim deste mês, no segundo turno. Eu continuarei sendo, agora exclusivamente, porque só tem uma campanha a ser feita, um militante entusiasmado, aqui no nosso estado, da sua eleição”, declarou Othelino Neto.

Othelino Neto, que foi o segundo deputado estadual mais votado do Maranhão, com quase 85 mil votos, reafirmou o seu compromisso com todos os maranhenses.

Flávio Dino é eleito Senador com mais 62% dos votos no MA

O ex-governador Flávio Dino (PSB), foi eleito na noite de domingo, dia 2, para o Senado Federal com cerca de 62,4% dos votos, mais de 2 milhões.

“Agradeço aos 2.125.811 votos, equivalentes a 62,41%. Homenageio a todos que fizeram a nossa campanha. Feliz também com a vitória de Brandão e Camarão para o governo. E tenho fé que venceremos com Lula. Vitória só foi adiada algumas semanas”, agradeceu Flávio Dino.

Flávio Dino de Castro e Costa, tem 54 anos, é advogado, professor, ex-juiz federal e político. Ele é casado, tem dois filhos e é natural de São Luís. Foi governador do Maranhão entre 2015 a 2022.

Flávio Dino com 57% segue absoluto para o Senado Federal

A uma semana para as Eleições 2022, de acordo com a pesquisa Escutec/Imirante divulgada neste domingo, dia 25, o ex-governador Flávio Dino (PSB), segue na liderança para o Senado Federal, com 57% de intenções de votos. O senador Roberto Rocha (PTB), que tenta a reeleição, está na segunda posição com 25%.

A pesquisa ouviu 2.000 eleitores entre 19 a 25 de setembro em 70 municípios. Esta registrada no TRE-MA com o número 4889/2022. A confiança é de 95% e margem de erro 2,19% para mais ou menos.

TRE-MA determina que Rocha retire da internet ‘denuncia’ contra Dino

A Justiça Eleitoral no Maranhão, através do juiz federal Ronaldo Desterro, determinou na última quinta-feira, dia 18, que o senador e candidato à reeleição Roberto Rocha (PTB), retire das redes sociais e pare de compartilhar postagem em que acusa, o ex-governador e candidato ao Senado, Flávio Dino (PSB), de ‘chantagear prefeitos’.

O magistrado em sua decisão questiona a veracidade da denúncia.

.. a legalidade de expressão, a liberdade de imprensa e o direito à informação sejam garantias caras ao indivíduo e à democracia, de outra banda não se tolera que sejam violados os direitos à igualdade e à inviolabilidade da intimidade, da vida privada, da honra e da imagem das pessoas, assim como a legitimidade das eleições, todos igualmente de matriz constitucional (CF, artigos 5º e 14).

No ambiente eleitoral esse aparente conflito de normas deve ser solucionado conferindo à liberdade de expressão maior amplitude, por isso que a campanha eleitoral não se presta apenas à divulgação de feitos notáveis ou dos projetos de atuação dos candidatos, mas também à prestação de contas de suas ações presentes e pretéritas. Afinal, o ambiente eleitoral insere-se no domínio público e, pois, deve revalecer o interesse da coletividade em conhecer, com a maior transparência possível, o perfil dos candidatos, conferindo assim maior autenticidade à representação política.

Noutras palavras, o direito à informação no ambiente eleitoral comporta a divulgação de fatos positivos ou negativos envolvendo os candidatos, quer em caráter meramente informativo, quer ainda opinativo, aí incluída a crítica cáustica ou rude.

No caso concreto, a postagem impugnada tem o seguinte título:

Flávio Dino quer chantagear o seu prefeito. A ele se segue uma entrevista, na qual o representado afirma o que se segue:

Roberto Rocha: – Os prefeitos estão sendo acusados por uma verdadeira força tarefa composta pelo ex-governador Flávio Dino, o atual Procurador Geral de Justiça do Maranhão, Eduardo Nicolau, o membro do Tribunal de Contas do Estado nomeado por Flávio Dino, Marcelo Tavares e o Procurador Federal e irmão do ex-governador Nicolau Dino. Essa verdadeira camarilha dos quatro opera em sintonia fina, abordando os prefeitos e ameaçando os como os rigores da lei, caso não se rendam a chantagem do grupo.

A acusação é, de fato, grave, e, pois, ostenta grande potencial de macular a imagem do representante. Não há no texto, por outra, indicação clara a respeito, sequer, do modo como tal chantagem se deu e tampouco quais os prefeitos teriam sido chantageados pelo representante e pelas demais pessoas mencionadas no escrito, de modo a se aferir minimante a veracidade da afirmação. Presentes, pois, a plausibilidade jurídica e o perigo de dano à imagem do representante.

Ante o exposto, defiro a medida de urgência a fim de determinar que o representado, em 24 horas, contadas de sua intimação, retire imediatamente do Instagram e se abstenha de, por qualquer meio, divulgar a entrevista supracitada, sob pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por postagem. Citar o representado para, querendo, oferecer defesa no prazo de quarenta e oito horas (Lei n.º 9.504/97, artigo 96, §5º, art. 18 da Resolução TSE n.º 23.608/2019 ).

Em seguida, à Procuradoria Regional Eleitoral. Por fim, registro que esta decisão servirá como mandado de citação e de intimação para todos os fins.

São Luís, 18 de agosto de 2022.

Ronaldo Desterro

Juiz Federal

Confirmada a chapa Brandão, Camarão e Dino

Agora é pra valer, o Partido dos Trabalhadores do Maranhão, confirmou no final de semana, a chapa Carlos Brandão (PSB), vice Felipe Camarão (PT) e Flávio Dino (PSB).

Com a decisão unanime a condução da aliança PT e PSB no estado fica consolidada de vez.

Nas redes sociais o governador Carlos Brandão, o deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa, e o ex-secretário Felipe Camarão (PT), parabenizaram o Partido dos Trabalhadores no Maranhão.

“Parabéns ao PT maranhense por este grande Encontro, @francimarmmelo! Mais uma vez o caminho da UNIÃO eleva a boa política, conduzida valorosamente no debate coletivo. Um forte abraço, @dep_zeinacio e VAMOS EM FRENTE, @FelipeCCamarao! Líder @FlavioDino: SEGUIMOS JUNTOS! Avante!”, destacou Carlos Brandão.

“Feliz com a decisão unânime do @PTMaranhao13 de indicar o @FelipeCCamarao para vice-governador na chapa liderada pelo gov. @carlosbrandaoma ,e de ratificar o apoio à pré-candidatura de @FlavioDino ao Senado. Juntos para o MA continuar mudando. @LulaOficial @ptbrasil @gleisi“, disse Othelino.

“Recebo com entusiasmo e muita humildade o resultado do encontro de tática do PT, que confirmou, com grande maioria dos delegados, meu nome como pré-candidato a vice-governador, na chapa do governador @carlosbrandaoma“, comemorou Camarão.

“Governo é responsável pela política de preços da Petrobras”, diz Dino

O ex-governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), responsabilizou o presidente Jair Bolsonaro pela política de preços da Petrobras. Para ele, se o presidente quiser acaba com os constantes aumentos dos combustíveis.

Segundo Flávio Dino, bastaria ao presidente Bolsonaro aplicar a Lei 6.404/76.

“..A “paridade internacional” é de responsabilidade do presidente da República. Basta ler a Lei 6.404/76 e identificar o óbvio INTERESSE PÚBLICO em acabar com aumentos abusivos..”, disse Flávio Dino.

Semana passada a Petrobras anunciou um novo reajuste no preço do combustível de 18,7%. O litro da gasolina já passou de R$ 10 em algumas cidades brasileiras.

Flávio Dino é reeleito no Consorcio da Amazônia que comandará até março

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), foi reeleito à presidência do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal.

O mandato do governador Flávio Dino vai até 31 de março, quando deixará o governo para concorrer ao Senado, após essa data, assume a presidência do Consórcio o governador Waldez Góes, do Amapá.

No ano de 2021, primeiro ano do governador Flávio Dino à frente do Consórcio, os estados da Amazônia Legal estreitaram os laços com a comunidade internacional e lançaram o Plano de Recuperação Verde (PRV), que busca financiamento de ações capazes de combater o desmatamento ilegal, reduzir emissões de gases de efeito estufa e promover o  desenvolvimento sustentável e a bioeconomia da região. 

“Tenho muito otimismo de que as sementes plantadas neste Consórcio irão, em breve, frutificar. Temos tratativas com a Coalizão Leaf (fundo internacional de financiamento de ações verde), com um encaminhamento correto, e um diálogo franco com a comunidade internacional. Creio que muito em breve os nossos sonhos vão se materializar”, destacou Flávio Dino.

A entidade é formada pelos nove estados amazônicos: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

Flávio Dino se reúne com Lula, Dilma e Gleisi Hoffmann

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), se reuniu nesta segunda-feira, dia 24, em São Paulo, com o ex-presidente Lula e a deputada federal, Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT.

Lula e Dino destacaram nas suas redes sociais o encontro como positivo. Porém, não deram maiores detalhes sobre o que trataram, mas deverá ser conhecido em breve.

“Conversa boa esta tarde com o governador do Maranhão @FlavioDino e a presidenta do Partido dos Trabalhadores @gleisi sobre os desafios do Brasil”, destacou Lula no twitter.

“Boa reunião nesta segunda-feira com o presidente @LulaOficial, com a presidenta @dilmabr e com a deputada @gleisi, presidenta nacional do PT. Conversamos sobre ações administrativas que estamos executando no Maranhão e sobre cenários políticos”, comemorou Flávio Dino.

O encontro de Lula e Dino ocorre a uma semana da reunião do dia 31 de janeiro, quando Flávio Dino e os partidos da base do seu governo voltarão tratar da sucessão estadual. A agenda coloca um ingrediente a mais no debate político local.

Dino deverá ratificar o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), como seu candidato ao governo.

A informação de bastidores é que até o inicio de fevereiro Brandão assinará a ficha de filiação no PSB, partido comandado por Flávio Dino no Maranhão, que deixará o governo dia 31 de março, para se dedicar à sua candidatura ao Senado Federal.