Bispo Macedo e sua esposa ganham Passaporte Diplomático

 

bolsomacedo
Presidente Jair Bolsonaro e o bispo Edir Macedo/Foto: Reprodução

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record, foi contemplado com passaporte diplomático. Certamente em razão dos relevantes serviços em defesa do presidente Bolsonaro e seu governo.

A esposa do bispo, Ester Eunice Rangel Bezerra, também foi agraciada. A portaria com as concessões estão publicadas no Diário Oficial da União, desta segunda-feira(15).

PORTARIA DE 12 DE ABRIL DE 2019

O MINISTRO DE ESTADO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, de acordo com o disposto no art. 3º da Portaria nº 98, de 24 de janeiro de 2011, resolve:

Conceder passaporte diplomático, com base no art. 6º, § 3º, do Decreto nº 5.978, de 04 de dezembro de 2006, por entender que, ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior, a:

Nome

Instituição

Validade

Edir Macedo Bezerra

Igreja Universal do Reino de Deus

3 anos

Ester Eunice Rangel Bezerra

Igreja Universal do Reino de Deus

3 anos

ERNESTO HENRIQUE FRAGA ARAÚJO

Vélez pode cair nos próximos dias

 

velez
Ricardo Vélez, Ministro da Educação/Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro durante café da manhã nesta sexta-feira (5), com jornalistas, voltou ser questionados sobre o ministro  Ricardo Vélez (Educação).

“Está bastante claro que não está dando certo o ministro Vélez. Na segunda-feira, vamos tirar a aliança da mão direita, ou vai para a esquerda ou vai para  a gaveta, disse o presidente no Palácio do Planalto.”

Bolsonaro diz nos EUA que seu objetivo é ‘desconstruir muita coisa’, e sua vitória um milagre

 

eua
Presidente Bolsonaro durante jantar em Washington /Foto: Reprodução

RIO — Num jantar com lideranças conservadoras domingo (17) à noite, em Washington , o presidente Jair Bolsonaro disse aos presentes que o sentido de seu governo não é construir coisas para o povo brasileiro , mas desconstruir. Depois dessa etapa, na sua visão, é que chegaria o momento de começar a fazer algo pelo país.

“O Brasil não é um terreno aberto onde nós pretendemos construir coisas para o nosso povo. Nós temos é que desconstruir muita coisa. Desfazer muita coisa. Para depois nós começarmos a fazer. Que eu sirva para que, pelo menos, eu possa ser um ponto de inflexão, já estou muito feliz”, afirmou.

Na avaliação de Bolsonaro, “o nosso Brasil caminhava para o socialismo, para o comunismo”, mas esse processo foi interrompido com a sua vitória eleitoral — “um milagre”, definiu.

(Informações o Globo)

O presidente Bolsonaro disse que não lembra do vizinho Ronnie Lessa

 

bolso-isaac-nobrega-pr
Presidente Jair Bolsonaro/Foto: Reprodução

De acordo com a Folha de SP, o presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (13),  chamou alguns jornalistas para um café da manhã e disse não se lembrar de Ronnie Lessa, cuja casa fica na mesma rua da sua, em condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Ao ser indagado se conhecia o sargento reformado da polícia militar do Rio, Ronnie Lessa, apontado como executor da vereadora Marielle Franco, respondeu: “Não lembro desse cara. Meu condomínio tem 150 casas”.

Leia mais aqui,…

Alexandre Frota representará criminalmente o ator Zé de Abreu

 

ze-abreu-frota
Presidente Jair Bolsonaro e o Dep. Alexandre Frota/Foto: Reprodução

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP), informou nas redes sociais que nesta segunda-feira (11), entrará com uma representação criminal contra o ator Zé de Abreu, que vem obtendo apoiadores na sua sátira desde que se ‘autoproclamou’ Presidente do Brasil.

“Segunda estarei entrando com uma representação criminal contra esse TRASTE ,pelos diversos crimes cometidos por ele no Aeroporto em solo Brasileiro .Será surpreendido.A representação será entregue a Procuradora Geral da República”, tuitou Frota.

O ator Zé de Abreu, que retornou de férias da Europa na última sexta-feira (8), ao desembarcar no Rio de Janeiro, foi recebido por um grupo significativo de pessoas na Galeão. O movimento realizado no aeroporto repercutiu rapidamente nas redes sociais.

O que começou como uma brincadeira na internet está crescendo e incomodando o presidente Bolsonaro. O deputado Alexandre Frota teria sido escalado pelo Palácio do Planalto para confrontar Zé Abreu. O presidente havia ameaçado processa-lo, mas apenas deu mais visibilidade ao movimento de protesto realizado por Abreu.

Presidente Bolsonaro é criticado após postar vídeo ‘contra o carnaval’

 

bolsonaro-carnaval

Recluso e criticado nos dias de folia, Jair Bolsonaro (PSL) compartilhou na noite de terça-feira (5) um vídeo de um homem urinando em outro para “expor a verdade” sobre os blocos de rua no Carnaval.

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conslusões (SIC)”, tuitou.

A publicação causou revolta nos foliões, que denunciaram o vídeo por conteúdo impróprio e publicaram uma avalanche de críticas nos comentários.

O vídeo veiculado pelo presidente começa com um homem com as nádegas de fora dançando em cima de um ponto de táxi. Em seguida, ele se abaixa e um outro homem urina em sua cabeça.

Segundo relatos de usuários do Twitter, o caso teria ocorrido no Blocu, bloco de carnaval que passou ontem por ruas do centro de São Paulo. O vídeo publicado por Bolsonaro mostra um prédio e um ponto de táxi que ficam na Rua Boa Vista, uma das que faziam parte do trajeto do bloco.

Indignado 1

indignados 2

indignados 3

Além de críticas ao fato de Bolsonaro ter divulgado um vídeo de conteúdo adulto, alguns internautas consideraram que o presidente estaria violando a Lei do Impeachment (lei 1.079/1950). O parágrafo 7º do artigo 9º diz que “proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo” é crime de responsabilidade contra a probidade na administração pública.

Informações Revista Forum

Alunos terão que cantar hino e diretores lerem carta com slogan de Bolsonaro

Da Revista Forum 

mec
Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez/Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) encaminhou, nesta segunda-feira (25), um e-mail para as escolas do país, solicitando que as crianças sejam perfiladas para cantar o hino nacional e que o ato seja gravado em vídeo pelos diretores das instituições e enviado para o governo.

Além disso, a mensagem pede, também, que seja lida às crianças uma carta do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que termina com o slogan do governo “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

“Prezados Diretores, pedimos que, no primeiro dia da volta às aulas, seja lida a carta que segue em anexo nesta mensagem, de autoria do Ministro da Educação, Professor Ricardo Vélez Rodríguez, para professores, alunos e demais funcionários da escola, com todos perfilados diante da bandeira do Brasil (se houver) e que seja executado o hino nacional”, diz o texto.

Filmagem

“Solicita-se, por último, que um representante da escola filme (pode ser com celular) trechos curtos da leitura da carta e da execução do hino nacional. E que, em seguida, envie o arquivo de vídeo (em tamanho menor do que 25 MB) com os dados da escola”, destaca outro trecho da mensagem.

A assessoria de imprensa do ministério afirmou que a carta é apenas uma recomendação e não uma ordem.

carta

carta seduc