Othelino alerta para golpe com uso do seu no WhatsApp

Os deputados Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, denunciou e alertou nesta quinta-feira, dia 26, nas redes sociais, o uso de seu nome whatsApp para aplicar golpe.

De acordo com o parlamentar, estão utilizando números com seu nome e fotos e enviando mensagens para várias pessoas se passando por ele.

“.. Informo a todos que não mudei de número e qualquer outro contato é uma tentativa de golpe, usando o meu nome (..) Comunico, ainda, que o Gabinete Militar da Assembleia Legislativa já tomou providências junto aos órgãos competentes, para identificar e responsabilizar os golpistas..”, disse Othelino.

Centrão condiciona apoio a Bolsonaro ao fim do ‘discurso golpista’

De acordo com a Folha de SP, nesta quarta-feira, dia 22, o Centrão condicionou a continuidade do apoio a Bolsonaro ao fim do ‘discurso golpista’, que o presidente utiliza para manter mobilizada sua base mais fiel.

Por enquanto, o presidente tem se posicionado de forma mais moderada em relação aos ataques ao sistema eleitoral. Resta saber até quando, e o que fará o Centrão, se Bolsonaro voltar atacar às eleições e a democracia.

‘..Bolsonaro só não dará um golpe, se for contido..’, alerta Flávio Dino

O governador, Flávio Dino (PSB), em entrevista concedida à Globo News, no final da noite de ontem, terça-feira, dia 23, voltou alertar para o objetivo de Bolsnaro em tentar um golpe para manter o poder.

“..essa marcha golpista que está em curso, é preciso entender que Bolsonaro só não dará um golpe, se for contido, porque os impulsos estão bem evidente (..) Só o poder contém o poder, precisa ter um poder democrático amplo para evitar que Bolsonaro venha a consumar seus instintos autoritários..”, alertou Flávio Dino.

Othelino Neto denuncia ‘tentativa de golpe’ través do Whatsapp

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, usou as redes sociais nesta segunda-feira, dia 15, para denunciar uma tentativa de golpe através do Whatsapp.

“Alerto aos colegas parlamentares, amigos e familiares que, nesta segunda-feira (15), um número com DDD 61 (996269451) entrou em contato com pessoas próximas, passando-se por alguém da minha assessoria, possivelmente, com o intuito de clonar contas de Whatsapp (..) Na conversa, o golpista convida a pessoa a participar de uma live com um número restrito de amigos e seguidores. Em seguida, pede o número do código que, supostamente, chegará ao e-mail para confirmação da presença (..) Reitero que ninguém da minha equipe de assessores possui celular com DDD 61 e que também não liga solicitando dados pessoais ou número de códigos de quem quer que seja. Portanto, fica o alerta para qualquer tentativa deste tipo”, alertou Othelino Neto.

“[Bolsonaro] é filho do ethos autoritário. Se puder, dará um golpe”, diz Flávio Dino

 

foto07esp-101-dino-a12
Flávio Dino: “Bolsonaro quer se desviar, mas tem que tratar do coronavírus. Ele é sócio do coronavírus” — Foto: Silvia Zamboni/Valor

O governador do Maranhão, Flávio Dino, aumentou sua exposição nacional em meio a pandemia da Covid-19, ratificando sua condição de uma das principais vozes capazes de explicar a crise e complexidade da atual conjuntura política brasileira, agravada pela crise sanitária.

Em live realizada esta semana pelo Jornal Valor Econômico, Flávio Dino, mostrou-se mais uma vez lucidez e preocupação com os rumos que o Brasil está tomando e as prováveis consequências a curto, médio e longo prazo. Para ele, a situação poderia ser diferente se o presidente Bolsonaro não insistisse em ‘sabotar o país’, com seus rompantes autoritários.

“Bolsonaro é filho do ethos autoritário. Se puder, dará um golpe. Ele não se conforma com o fato de não exercer um poder absolutista. Outro dia declarou: a Constituição sou eu. Ele resiste a todo tipo de decisão do Congresso, sobretudo do Supremo. Então se ele puder, ele atravessa aquela praça ali [dos Três Poderes]. Um dos filhos disse que bastaria um cabo e um soldado para fechar o Supremo. Eles têm esse impulso autoritário. Ele pensa que exerce algum tipo de liderança bonapartista, de perfil autoritário.”, disse Flávio Dino.

Considerado um dos potenciais nomes para disputa presidencial em 2022, foi o primeiro governador a adotar no Brasil o ‘lockdown’, medida considera extrema contra o coronavírus, atraindo mais atenção da grande mídia para suas ações no estado e dando a ele oportunidade de intensificar suas bem fundamentadas críticas ao governo Bolsonaro. Leia mais aqui

Celso de Mello diz que Bolsonaro mostra visão indigna para o cargo

 

IMG_20200226_105231
Presidente Jair Bolsonaro e o ministro do STF, Celso de Mello

O ministro do STF, Celso de Mello, reagiu com indignação com a atuação pessoal do presidente Jair Bolsonaro ao convocar a população para o dia 15 março se manifestarem contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, com uma espécie de ‘novo AI-5’. Ele apontou crimes de responsabilidade que teriam sido cometidos, caso confirmada a ação.

“O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República”, disse Celso de Mello à Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

O ministro Celso de Mello, próximo a deixar o STF, foi além, para ele.

“..em se confirmando o chamamento para um golpe, revela que o presidente desconhece o valor da ordem constitucional, ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, e demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!!”, acrescentou o ministro.

(Revista Fórum)

Indicação ao Oscar revolta extrema-direita brasileira que venera EUA

 

1462307706-21200587-747x429
Foto: Reprodução

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), também usou as redes sociais para comentar a indicação de ‘Democracia em Vertigem’ ao Oscar 2020 pela Academia de Artes dos Estados Unidos da America. A escolha do documentário brasileiro revoltou e está incomodando muito bolsonaristas, antipetistas e anti-esquerdistas.

Há um detalhe engraçado na indicação ao Oscar do filme “Democracia em Vertigem”. O prêmio é outorgado por uma entidade dos ESTADOS UNIDOS, país venerado pela extrema-direita com continências e submissões diversas’ destacou Flávio Dino no twitter.

Desde o inicio do processo de impeachment até sua conclusão em 31 de agosto de 2016, o governador Flávio Dino adotou uma postura publicamente contrária e se tornou uma das principais vozes contra a destituição da ex-presidente Dilma Rousseff e suas consequências ao país.

 

Eliziane lamenta fala do ministro que chamou Proclamação da República de ‘golpe’

 

elizziane
Senadora Eliziane Gama/Foto: Reprodução

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) usou as redes sociais nesta sexta-feira (15), para lamentar e classificar como inacreditável a declaração do ministro Abraham Weintraub (Educação), sobre a Proclamação da Republica que completa hoje 130 anos.

“Inacreditável um ministro da Educaçāo vir a público e dizer que a proclamaçāo da República foi um golpe. Só restava dizer que foi de esquerda. Será que as nossas Forças Armadas também pensam assim? Nāo creio”, lamentou a senadora Eliziane.

loucos
Foto: Reprodução

“Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas…O que diabos estamos comemorando hoje? Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História (Não estou restringindo a afirmação ao Brasil)”, disse o estranho ministro da Educação.

O ministro da Educação e seu irmão, assessor especial da presidência da república, são considerados os membros do governo mais atantes nos ataques a esquerda e opositores do governo de Jair Bolsonaro.

“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, Temer sobre impeachment de Dilma

 

golpe
ex-presidente Michel Temer, no Roda Viva/Foto: Reprodução

Declaração do ex-presidente Michel Temer (MDB), na noite de ontem segunda-feira (16), durante entrevista no Program Roda Viva na TV Cultura, em que usa a palavra ‘golpe’ duas vezes para se referir ao impeachment  de Dilma Roussef foi uma especie de ‘pedido de desculpas e reconhecimento histórico da verdade’.

Ele ainda reforçou a ocorrência do ‘golpe’ ao admitir que se Lula tivesse assumido a Casa Civil, o impeachment provavelmente não ocorreria. Segundo Temer, o ex-presidente tinha boa articulação política “Lula tinha bom contado com o Congresso”.

Deputado Gastão Vieira teve prejuízo de R$ 15 mil no ‘Golpe do Whatsapp’

 

gastao VIEIRA
Deputado Federal Gastão Vieira (Pros-MA)/Foto: Reprodução

O deputado federal Gastão Vieira (Pros-MA), não esconde o alivio e alegria com as prisões dos envolvidos no ‘golpe do whatsapp’ no Maranhão. No twitter o deputado demonstrou todo seu contentamento com ação da Polícia Civil. Ao blog o deputado informou que foi prejudicado em R$ 15 mil.

“Parabenizo a polícia pelo trabalho de investigação e prisão da quadrilha que me provocou uma série de transtornos com o golpe do Whatsapp. Fui uma das vítimas desse golpe que coloca a gente numa situação absurda de vulnerabilidade. A sensação agora é de alívio e gratidão”, destacou Gastão Vieira.

Foram presos ontem terça-feira (16), em São Luís, sete pessoas envolvidas no golpe aplicado em políticos, através de clonagem de contas do whatsapp.