Flávio Dino participará do lançamento de Revolução Laura em São Luís

 

flavio dino e manuella
Manulla D’Ávila e Flávio Dino/Foto: Reprodução

A jornalista e militante política de esquerda Manuela D’Ávila, que concorreu como vice-presidente na Chapa encabeçada por Fernando Haddad, na última eleição, conta sua experiência no livro Revolução Laura, que será lançado nesta terça-feira (9), em São Luís.

O livro fala sobre o desafio da mulher que concorreu à presidência do Brasil e chegou ao segundo turno como candidata a vice-presidente sem abrir mão da maternidade.

“Como a minha vida é muito pública, o entrelaçamento da Laura e as transformações que ela me provocou, mesmo as privadas, sempre foram públicas. Porque eu fui gestante deputada, depois eu passei o meu puerpério e a minha licença maternidade sendo deputada, e depois numa etapa de transição da primeiríssima infância [da Laura] eu me transformei candidata à presidência da República…”, explica Manuela.

O governador Flávio Dino já garantiu sua presença no lançamento do livro Revolução Laura, com sessão de autógrafos e um bate-papo nesta terça-feira (9), às 18h, na Casa do Maranhão.

Brasil mais dividido e cheio de ódio

 

flavio-odio.png
Governador Flávio Dino/Foto: Reproodução

Acontecimentos do final de semana, para ser mais preciso no domingo (6), ainda repercutem negativamente para país. O dia foi marcado novamente por manifestações populares nas principais cidades brasileiras, em apoio e contra: Lula, Lava-Jato, Bolsonaro, Sérgio Moro, Esquerda e Direita.

O governador do Maranhão Flávio Dino na sua conta no twitter chamou atenção para importância do exercício da democracia, mas alertou para intolerância registrada em meio aos acontecimentos.

“Um dia de domingo: cidadão é fuzilado por “equívoco”; mulher é agredida por 3 homens em face de posições políticas; jornalista da TV é ameaçado de morte em razão de reportagem. Essa é uma característica do ethos fascista: a violência”, alertou Dino.

O fato é que o Brasil a cada dia fica mais dividido e cheio de ódio. Nesse contexto, o governador alertar a população sobre o perigo que tudo isso representa para democracia brasileira e o futuro do país.

“Um projeto nacional de bem-viver no Brasil deve ter como meta superar o ódio entre os brasileiros e brasileiras, promover a união em busca de um destino comum, respeitar as diferenças e lutar contra as desigualdades que explicam fuzilamentos por “equívoco”, acrescentou Flávio Dino.

Flávio Dino volta defender liberdade de Lula e diz que sua prisão é ilegal

 

Lula e Dino
Governador Flávio Dino e o ex-presidente Lula/Foto: Reprodução

* Por Flávio Dino

Segundo a Constituição e as leis, ninguém pode ser preso por “atos indeterminados”, sem crime devidamente provado. Decisão contra LULA não atendeu aos requisitos jurídicos, mas sim a metas políticas. Por isso, defender a liberdade de Lula é defender a Constituição. #LulaLivre.

Como alguns vão tentar desqualificar minha opinião, sou obrigado a lembrar que em 1994 fui aprovado em 1º lugar em 2 concursos: Juiz Federal e Professor de Direito Constitucional. Creio que não desaprendi, como constato lendo opiniões similares de milhares de juristas: #LulaLivre.

O Direito não pode estar submetido a apetites individuais ou a paixões partidárias. Os Tribunais, o Direito Penal e o Processo Penal existem para proteger a todos contra atos arbitrários de pessoas ávidas por cargos, poder e fama. Se isso prevalece, morreu o Direito. #LulaLivre

Aos que me “advertem” que defender essa opinião vai me “atrapalhar” no futuro: não sou oportunista, não vivo de cálculos “politiqueiros”. Não sou afeito a extremismos e sempre pondero. Segundo a correta interpretação do Direito, hoje não tenho dúvidas de defender: #LulaLivre

CCJ da Assembleia Legislativa do MA aprova Projeto Bolsa Atleta

 

rogerio e flavio
Governador Flávio Dino e o Secretário de Esporte do Estado Rogério Cafeteira/Foto: Reprodução

O Secretario de Esportes do Estado, Rogério Cafeteira, comemorou nas redes sociais nesta quinta-feira (4), o avanço da tramitação do Projeto Bolsa Atleta de autoria do governo do Maranhão.

Uma importante etapa contemplada foi aprovação na Comissão de Constituição e Justiça e Orçamento, do Poder Legislativo Estadual. O projeto tem uma grande importância social.

“O governador Flávio Dino com o Bolsa Atleta incentivará o esporte estudantil, prevendo o auxílio em consultas médicas e aquisição de remédios; compra de passagens, pagamento de hospedagens e alimentação; aquisição de materiais e inscrição em eventos esportivos. Gol do Esporte !”, aplaudiu Cafeteira.

bolsa atleta

Carlos Brandão volta assumir interinamente o governo do Maranhão

 

Carlosbrandao
Flávio Dino e Carlos Brandão/Foto: Reprodução

O vice-governador Carlos Brandão assume interinamente o governo do Maranhão a partir desta quarta-feira (3). O motivo é a viagem do governador Flávio Dino aos Estados Unidos, onde fará uma palestra em Harvard e outra no Brazil Conference. A informação foi confirmada no twitter pelo próprio governador.

flavio USA

Com a viagem de Flávio Dino, o governador interino assume todas as funções do executivo estadual, inclusive a coordenação das ações relacionados aos danos causados pelas chuvas, como também destacou o governador.

“O governador em exercício Carlos Brandão fará a coordenação de ações sobre fortes chuvas e também na área da segurança pública. Ontem autorizei a nomeação de 133 novos policiais militares (100 do cadastro de reserva e 33 subjudices)”, disse Flávio Dino.

“Não me convidem para quebrar o Maranhão, porque eu não vou”, diz Flávio Dino

 

dino 1
Governador Flávio Dino/Foto: Karlos Geromy

Durante entrevista nesta terça-feira (2), na Rádio Timbira e retransmitida por dezenas de rádios do Maranhão, o governador Flávio Dino foi objetivo e claro sobre novas nomeações de candidatos, incluídos no cadastro de reserva, do concurso da Polícia Militar.

“Meu desejo é nomear todos, só não posso fazer amanhã porque não há dinheiro e a Lei de Responsabilidade Fiscal não permite. Não me convidem para quebrar o Maranhão, porque eu não vou”, disse Flávio Dino.

dino 2
Entrevista na Rádio Timbira AM 1290 e retransmitida por 31 emissoras do Maranhão/Foto: Karlos Geromy

O governador disse ainda compreender a situação dos candidatos que estão aguardando para serem chamados, mas os aprovados já foram nomeados e estão trabalhando. Os outros deverão ser gradativamente dependendo da capacidade financeira do Estado.

“Claro que toda pessoa que se inscreve tem a justa expectativa de ser aproveitado, porém há as leis e o edital, que está sendo rigorosamente cumprido. Já estamos fazendo o chamamento de mais 130 concursados, o processo é contínuo, de acordo com a disponibilidade de dinheiro.”

Flávio Dino destacou que o atual governo foi o que mais nomeou policiais na história do Maranhão, e ainda, que a política de segurança e investimentos adotados vem mostrando resultados positivos, inclusive com reconhecimento nacional e internacional. Só na Grande Ilha houve queda de 63% em homicídios em quatro anos.

Flávio Dino diz que calote no Maranhão quem deu foi o grupo Sarney

 

dino-reproducao-e1553192170255
Governador Flávio Dino (PCdoB)/Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino reagiu no twitter, nesta quinta-feira (28), aos ataques sistemáticos que passou sofrer de políticos e setores da imprensa ligados à oposição ao seu governo no Maranhão.

A ação foi iniciada após ser encaminhado pelo governo à Assembleia Legislativa do Estado, mensagem solicitando autorização para obter o empréstimo de R$ 600 milhões, para pagar precatórios. A mesma medida já teria sido adotada por outros estados

precatorio

Para Dino, seus opositores tentam jogar para opinião pública que estão preocupados com o Maranhão, quando verdadeiramente apenas desejam voltar ao poder no estado de qualquer jeito.

“Pegamos a maior recessão econômica nacional desde 1929. Não me queixo. Luto com o que tenho e como posso. Mantemos o Estado funcionando. Ampliamos serviços públicos. Eles foram rejeitados em 2014 e 2018, mas, em desespero, querem voltar a mandar no grito. Coisa feia”, acrescentou Flávio Dino.