Datafolha: 75% são contra atos antidemocráticos; 56% a favor de punições

Da Folha de SP

Pesquisa Datafolha mostra que 75% dos brasileiros são contra atos antidemocráticos que estão sendo realizados desde o fim das eleições para presidência da república.

O levantamento também mostra que 56% dos entrevistados são favoráveis a punições contra os que defendem golpe nos protestos.

As regiões Centro-Oeste e Norte são as que apresentam maior apoio aos protestos com 29%. Na região Nordeste apenas 14% dizem ser favoráveis. Os contrários são 65% e 83% respectivamente.

A pesquisa foi realizada nos dias 19 e 20 de dezembro de modo presencial e tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidas 2026 pessoas em 126 municípios.

Procon-MA divulga novos preços da gasolina na Grande São Luís

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (Procon/MA) divulgou, nesta terça-feira, dia 6, mais uma pesquisa de preços de combustíveis na Grande Ilha. No levantamento desta semana, as gasolinas comum e aditivada foram encontradas a R$ 4,74 no Maiobão. Também foram pesquisados os valores do etanol e diesel S500 e S10.

“Esses são os preços praticados em 18 postos de combustíveis da Região Metropolitana. É mais uma pesquisa que oferece ferramentas para o consumidor escolher o local com melhores preços para abastecer seus veículos, além de fazer parte das ações de fiscalização do Procon”, destacou Ricardo Cruz, presidente em exercício do órgão.

As gasolinas comum e aditivada com menor preço, a R$ 4,74, foram vendidas pelo Posto Paloma (Estrada de Ribamar, 1030, Maiobão). Já o etanol mais barato foi encontrado a R$ 4,28 no Posto Americano (Av. dos Franceses, Nº 12, Coheb Sacavém). O diesel S500 com menor valor foi o de R$ 6,57, encontrado no Posto Americano da Vila Maranhão (Vila Maranhão, n° 800, Maracanã) e o S10 foi encontrado em 12 postos da pesquisa com o valor de R$ 6,59.

O levantamento tem valores referentes ao dia 06 de dezembro de 2022 e pode ser conferido na íntegra no site do Procon/MA (www.procon.ma.gov.br).

O consumidor que identificar um posto com combustível mais barato do que os divulgados pode colaborar com o levantamento enviando foto ou vídeo por meio das redes sociais do instituto. Irregularidades podem ser comunicadas por meio da formalização de denúncias através do site www.procon.ma.gov.br ou aplicativo VIVA Procon.

Procon/MA divulga preços da gasolina comum em São Luís

O Procon-MA divulgou mais uma pesquisa de preços de combustíveis nesta semana. O levantamento incluiu 16 postos de São Luís e a gasolina comum com menor preço foi encontrada no Centro, vendida a R$ 4,68.

Também foram pesquisados os valores cobrados no litro da gasolina aditivada, etanol e diesel S500 e S-10.

“Nossa pesquisa semanal de preços de combustíveis é mais uma vez realizada em paralelo às nossas atividades de fiscalização com o objetivo de garantir elementos para escolha do menor preço e melhor estabelecimento para o consumidor, além de acompanhar a venda dos combustíveis por esses postos, prevenindo a ocorrência de práticas abusivas”, afirmou o presidente em exercício do Procon/MA, Ricardo Cruz.

Preços

A gasolina comum com menor preço foi vendida pelo posto ICCAR, localizado na Avenida Guaxenduba, nº 200, Centro. Já a aditivada, vendida a R$ 4,78 foi encontrada no Posto Diamante, também no Centro (Rua Celso Magalhães, nº 639).

O etanol teve como menor preço o de R$ 4,23, vendido pelo posto Econômico Areinha (Rua Trinta e Quatro, 35 – Letra B, Areinha). Já o diesel, na versão S-500, foi encontrado a R$ 6,57 no Posto Americano do Maracanã (Vila Maranhão, nº 800, Maracanã) e, o S10, a R$ 6,49, também no Posto Diamante (Rua Celso Magalhães, Nº 639 – Centro).

A pesquisa é referente ao dia 29 de novembro e a íntegra pode ser conferida no site do Procon/MA (www.procon.ma.gov.br).

O consumidor que identificar um posto com combustível mais barato do que os divulgados pode colaborar com o levantamento enviando foto ou vídeo por meio das redes sociais do Procon/MA. Irregularidades podem ser comunicadas por meio da formalização de denúncias através do site www.procon.ma.gov.br ou aplicativo VIVA Procon.

ATLAS: Lula cresce e chega 53% dos válidos, Bolsonaro tem 47%

Pesquisa Atlas divulgada nesta segunda-feira, dia 24, mostra Lula (PT), com 53% dos votos validos, contra 47% de Bolsonaro.

A pesquisa realizou a coleta de 4.500 entrevistas via questionário estruturado na web, em 1.404 municípios, entre os dias 18 e 22 de outubro. O nível de confiança, segundo o instituto, é de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número BR-06415/2022.

Pesquisa Ipec: Brandão tem 48% dos votos validos no MA

A terceira pesquisa Ipec, divulgada neste sábado, dia 1º, pela TV Mirante, mostra o mais recente índice de intenção de voto para o governo do Maranhão. Em votos válidos, o resultado é este.

O governador Carlos Brandão (PSB), com 48% dos votos validos poderá vencer o pleito no 1º turno. Na pesquisa anterior ele tinha 47%.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. A pesquisa foi contratada pela TV Mirante e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o protocolo Nº MA-03514/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-00459/2022.

Pesquisa Ipec: Flávio Dino segue na liderança, com 63%

A terceira pesquisa Ipec, divulgada neste sábado, dia 1º, pela TV Mirante mostra os índices de intenção de voto para o cargo de Senador pelo Maranhão.

O ex-governador Flávio Dino segue na liderança, com 63%. Este ano, os eleitores elegem apenas um senador no Maranhão.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. A pesquisa foi contratada pela TV Mirante e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o protocolo Nº MA-03514/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-00459/2022.

Econométrica/Imparcial: Brandão pode vencer no 1º turno

Nova pesquisa O Imparcial/Econométrica para o governo do Maranhão, aponta Carlos Brandão (PSB), na liderança com 47,4% as intenções de votos, seguido por Lahesio Bonfim (PSC), com 21,9%. Na terceira colocação esta Wevertn Rocha (PDT), com 18,2%, seguido de Edivaldo Holanda Jr, em quarto lugar com 4,3%.

A pesquisa também simulou confrontos em 2º turno, entre Carlos Brandão e Weverton Tocha; e Carlos Brandão com Lhaésio Bonfim.

Registrada com o número: MA-04251/2022, realizada entre os dias 16 a 20 de Setembro de 2022. Foram realizadas 1.500 entrevistas. O erro amostral foi de 2,5% com um intervalo de 95%.

Pesquisa IPEC/GLOBO: Lula tem 46% e Bolsonaro 31%

Pesquisa Ipec/Globo divulgada na noite desta segunda-feira (12), mostra Lula (PT) com 46% das intenções de voto, e Bolsonaro (PL) com 31% na eleição para a Presidência da República em 2022.

Em relação ao levantamento realizado na semana passada, Lula subiu dois pontos dentro da margem de erro, quando apresentou 44%, já Bolsonaro se manteve como estava.

Foram ouvidas 2.512 pessoas entre os dias 9 e 11 de setembro em 158 municípios. A margem de erro é de 2% pontos para mais ou para menos, a confiança é de 95%. Foi registrada no TSE sob o protocolo BR-01390/2022.

Ipec/Globo: Lula tem 44% e Bolsonaro 31%, diferença de 13 pontos

Pesquisa Ipec divulgada na noite desta segunda-feira, dia 5, mostra na pesquisa estimulada Lula (PT) com 44% das intenções de voto. Jair Bolsonaro (PL) tem 31% para a Presidência da República em 2022.

Os números revelam estabilidade na corrida eleitoral em comparação aos levantamentos anteriores realizados pelo Ipec. Lula também vence na pesquisa espontânea.

A pesquisa ouviu 2.512 pessoas entre os dias 2 e 4 de setembro em 158 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, o nível de confiança de 95%. Foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00922/2022.

Quaest: Lula no JN mobilizou mais internautas que Bolsonaro e Ciro

O impacto da entrevista de Lula (PT), no Jornal Nacional, na noite de quinta-feira, dia 26, foi analisado pela Quaest Pesquisa, o que revelou um impacto em 15 milhões de pessoas nas redes sociais.

As entrevistas de Jair Bolsonaro (PL) e Ciro Gomes mobilizaram respectivamente 9 milhões e 2 milhões de internautas.