Gilmar Mendes chama Procuradores da Lava-Jato de cretinos

 

mpf
Foto: Reprodução

O ministro Gilmar Mendes bateu forte nos procuradores que integram a Força-Tarefa da Lava-Jato. O ataque aos membros do Ministério Público Federal em Curitiba ocorreu nesta quinta-feira (14), durante o julgamento que define o alcance da Justiça Eleitoral.

O ministro do STF chamou os procuradores de “cretinos” e criticou o acordo do MPF com a Petrobras que previa a criação de uma fundação anticorrupção. A entidade, segundo o acordo que acabou sendo suspenso, usaria R$ 1,3 bilhão de multas que a estatal aceitou pagar perante a Justiça dos Estados Unidos.

“O que é inusitado? Esses ataques feitos por membros do Ministério Público a julgadores. Como se estivessem participando de uma corrida do ouro. E até se descobriu que de fato estavam participando de uma corrida do ouro, com a fundação que se criou em Curitiba. De fato o combate à corrupção passou a dar lucro”, disse o ministro durante a leitura de seu voto.

Com informações do Congresso em Foco

Bolsonaro venderá apenas parte da “galinha dos ovos de ouro”

petrobras

O presidente eleito, Jair Bolsonora, disse que não pretende privatizar a Petrobras, como desejam alguns membros de peso da sua equipe. A declaração foi dada nesta segunda-feira (19), no Rio de Janeiro.

Para Bolsonaro “alguma coisa da Petrobras pode ser privatizada, mas não toda. A Petrobras é estratégica…”, disse ainda, que está conversando com o Paulo Guedes sobre o plano de privatização na estatal.

Roberto Castello Branco, escolhido de Paulo Guedes e confirmado por Jair Bolsonaro para dirigir a Petrobras é favorável a privatização.