‘Perco uma votação, jamais a coerência’, diz Márcio Jerry após aprovação da Reforma

 

AB28615E-171A-4AE8-A9B5-1D246E895403A aprovação da Reforma da Previdência em 1º turno na noite desta quarta-feira (10), teve apoio de 14 dos 18 deputados federais da bancada maranhense. Apenas Márcio Jerry (PCdoB), Eduardo Braid (PMN), Bira do Pindaré (PSB) e Zé Carlos (PT) votaram contra.

Nas redes sociais o deputado Márcio Jerry disse que entre perder a votação ou sua coerência, optou e se manterá a última e ao lado do trabalhador.

‘Perco uma votação, jamais perco a coerência e compromisso com nosso povo trabalhador. Com muito orgulho votei contra essa reforma que deforma a previdência. Luta que segue. Avante !!!’, disse Márcio Jerry.

Votaram a favor:

Aluísio Mendes (Podemos)

André Fufuca (PP)

Cleber Verde (PRB)

Edilázio Júnior (PSD)

Gastão Vieira (PROS)

Gil Cutrim (PDT)

Hildo Rocha (MDB)

João Marcelo Souza (MDB)

Josimar Maranhãozinho (PL)

Junior Lourenço (PL)

Juscelino Filho (DEM)

Marreca Filho (Patriota)

Pastor Gildenemyr (PL)

Pedro Lucas Fernandes (PTB)

Confirmado sucesso do Carnaval no Maranhão, aprovação foi de 91%

 

Apresentação-da-pesquisa-sobre-o-Carnaval-Karlos-Geromy-1024x682
Governo apresenta resultado do Carnaval 2019 no Maranhão/Foto: Reprodução

Pesquisa realizada pelo Instituto Interpreta a pedido pelo Governo do Maranhão, feita com foliões que frequentaram o Carnaval 2019 em São Luís, mostra que aprovação foi de 91% . O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (7)

A pesquisa foi feita no Circuito Beira Mar, nos dias 3, 4 e 5 de março, com 600 pessoas. A margem de erro é de 4 pontos porcentuais.

Questionados se aprovam ou não o Carnaval em São Luís, 91% disseram que sim. Ou seja, nove em cada dez pessoas. Outros 6% disseram não aprovar. E 3% não souberam responder.

“Foi o melhor Carnaval do Maranhão. Colocamos como um dos maiores carnavais do Brasil. O Circuito Beira Mar se consolidou, entre outros locais já tradicionais, como a Madre Deus. Entramos no roteiro nacional do Carnaval”, disse o secretário de Cultura do Estado, Diego Galdino.

Policiamento

Do total de entrevistados, 84,5% classificaram o policiamento como ótimo ou bom durante a festa. A fatia de ótimo foi de 54%. A de bom, de 30,5%.

Para 13%, o policiamento foi regular. A fatia de ruim foi de 0,83; e a de péssimo, 1,5%.

Retorno

Quanto a intenção de retornarem ao Estados e São Luís. Cem por cento deles disseram que pretendem retornar à capital maranhense.

Investimentos

A festa foi realizada pelo Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís, com o apoio cultural do Grupo Mateus.

Foram investidos R$ 11 milhões em estrutura, pessoal e apresentações. Foram mais de 260 atrações, entre blocos tradicionais, alternativos, turmas de samba, tambor de crioula e shows, com predomínio de artistas locais, selecionados mediante credenciamento, processo transparente e democrático de contratação artística.

Cerca de 500 mil pessoas passaram pelos circuitos oficiais da festa em São Luís: Beira Mar, Madre Deus, Ceprama e Lagoa.

Rede hoteleira

A ocupação hoteleira ficou em 73% em São Luís, 23 pontos acima que no mesmo período do ano passado. Em Barreirinhas, ficou em torno de 80%.

Acessibilidade

O Carnaval também garantiu acessibilidade: área coberta com vista privilegiada para as atrações reservada para cadeirantes na Beira Mar e no Ceprama; intérprete de libras na Beira Mar e Ceprama; banheiros químicos adaptados em todos os circuitos; assentos preferenciais para idosos, pessoas com mobilidade reduzida e surdos nas arquibancadas do circuito Beira Mar.

O Projeto Travessia levou mais de 150 cadeirantes aos circuitos de folia nos cinco dias de carnaval em São Luís.