Flávio Dino anuncia Rodrigo Lago para comandar a SECAP

 

lago
Rodrigo Lago na Secretaria de Comunicação e Articulação Política (Secap)/foto: Reprodução

O governador Flávio Dino anunciou nesta segunda-feira (11), mais um nome para sua equipe como havia informado na última sexta-feira (8). O advogado Rodrigo Lago comandará a Secretaria de Comunicação e Articulação Política (SECAP).

RODRIGO

O governador anunciou a mudança na sua conta no twitter. Rodrigo Lago estava à frente da Secretaria de Transparência e Controle. Também nas redes sociais o deputado federal Marcio Jerry, antes titular da SECAP, parabenizou Rodrigo Lago.

Marcio e Lago

Márcio Jerry vai solicitar explicações sobre espionagem na CNBB

 

MARCIO CAMARA
Deputado Federal Márcio Jerry (PCdoB)/Foto: Reprodução

jerri abimO governo Bolsonora parece mesmo vocacionado a polêmicas, nesta semana deverá enfrentar mais uma, desta vez com a Igreja Católica. O deputado federal Marcio Jerry (PCdoB-MA), informou nas redes sociais que apresentará nesta segunda-feira (11), à Mesa da Câmara Federal convocação ao general Augusto Heleno (Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência do Brasil), para explicar a denuncia de espionagem na CNBB, publicada neste domingo(10) no Jornal O Estado de SP.

Manifestações de preocupação e protestos em relação ao trabalho do (GSI), tendo como alvo a Igreja Católica foram destacadas por vários políticos. Entre eles, o Senador Randolfe Rodrigues(Rede-AP), que considerou a medida autoritária e desrespeitosa e uma ameaça à divergência imprescindível à democracia.

randolf Abin

Os trabalhos quando forem retomados nesta semana que se inicia no Congresso Nacional, o governo Bolsonaro vai está diante de mais um debate que poderá aumentar o desgaste do governo e envolvê-lo em mais uma polêmica, agora politico-religiosa.

Governador Flávio Dino cumpre importante agenda em Brasília

 

brasilia gabinete
Deputado Federal Márcio Jerry (PCdoB), Senador Weverton Rocha (PDT) e o Governador Flávio Dino (PCdoB) em Brasília/Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino esteve, na noite desta terça-feira (5), no gabinete do senador Weverton Rocha, em Brasília, para discutir pautas de interesse do Maranhão. A visita foi acompanhada pelo deputado federal Márcio Jerry.

Durante a agenda em Brasília, Flávio Dino também terá reunião com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e participará da reunião de governadores do Nordeste. Os dois eventos ocorrem nesta quarta-feira (6).

As reuniões em Brasília são importantes espaços para colocar em pauta políticas públicas e assuntos de interesse comum dos Estados e que dependem de providências do governo federal, como a reforma da Previdência e o combate às desigualdades sociais.

Na quinta-feira (7), o governador participará de debates promovidos na 11ª Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Salvador, na Bahia. O evento reunirá estudantes de todo o país e este ano tem como foco o caráter de resistência cultural e política, tanto da entidade quanto da própria Bienal.

Márcio Jerry anuncia continuidade da luta, mas agora em Brasília

 

marcio brasilia
Márcio Jerry e Flávio Dino/Foto: Reprodução

Para quem ainda tinha dúvidas sobre a permanência de Márcio Jerry, na equipe do governador Flávio Dino, acabou nesta segunda-feira (28). Através de sua conta no twitter ele anunciou que continuará a lutar em favor do Maranhão e do governo que ajudou construir, mas em outra frente.

jerry

Amigo pessoal e aliado de Flávio Dino desde os primeiros passos na política, apesar de experiente militante político será a primeira vez que Márcio Jerry exercerá um mandato credenciado pelas urnas. Almejando voos mais altos, na Câmara Federal terá um espaço importante para seus objetivos onde pretende ser uma das vozes mais destacadas do Maranhão. Márcio Jerry deixará comando da SECAP (Secretaria de Estado da Comunicação e Articulação Política), onde exerceu função estratégica no governo Flávio Dino.

marcio 2

Adriano Sarney não quer que ministros de Bolsonaro falem com Marcio Jerry

 

marcio e adriano
Marcio Jerry e Adriano Sarney

A agenda do governo do Maranhão com ministros do governo Bolsonaro, nesta quarta-feira (9), em Brasília, incomodou de tal forma o deputado Adriano Sarney (PV), que apesar de jovem, o herdeiro do grupo Sarney revelou uma visão política pequena, retrograda e arrogante que surpreendeu até outros membros da oposição no estado.

O ambiente harmonioso da reunião afetou tanto Adriano Sarney, que este se achou no direito de praticamente repreender o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Tarcísio Freitas (Infra-Estrutura), pela sinalização positiva à agenda apresentada pelo governo do Maranhão e parlamentares maranhense ao governo federal, que participaram do encontro, inclusive vários de oposição ao governo Flávio Dino.

Mas, o motivo maior do destempero de Adriano Sarney, foi a presença do deputado eleito Marcio Jerry, este ainda respondendo pela Secap( Secretaria de Comunicação e Articulação Política do Estado).

adriano sarney

Também no twitter, Marcio Jerry, reagiu à provocação do neto do ex-presidente José Sarney:

“O neto de Sarney reclamou sobretudo da minha presença na audiência com o ministro Tarcísio Freitas. Muita petulância de Adriano Sarney querer patrulhar um Ministro de Estado”, completou.

“Quanto a mim, Adriano Sarney, irei a todos os ministérios em que houver um interesse do Maranhão a ser defendido. Tenho para isso a delegação democrática do povo maranhense através de 134.223 votos”, finalizou Jerry, mandando o recado para o neto de Sarney.

Participaram da reunião além do governador em exercício Carlos Brandão os deputados eleitos Marcio Jerry (PCdoB), Eduardo Braid (PMN)), Bira do Pindaré (PSB) e também reeleitos como Hildo Rocha (MDB), Aluízio Mendes (PODE) além do deputado Pedro Fernandes, que é detentor de mandato até o final desta legislatura.

Para Marcio Jerry “quebrada está a oposição que não tem o que dizer”

marcio jerry

Um dos principais nomes do governo do Maranhão, o deputado federal eleito Marcio Jerry (PCdoB), conversou com o Blog Upaonews no final da tarde desta quinta-feira (22). Ele acompanhou o governador Flávio Dino esta semana em Brasília, onde foi cumprido extensa e importante agenda.

Aliado de Flávio Dino de longa data, conquistou uma das vagas de deputado federal nas eleições de 2018 com expressiva votação. Experiente na política, mesmo ainda não tendo exercido mandato eletivo  se mostra consciente e atento a conjuntura politica nacional e o papel da classe política local em defessa do país e do Maranhão, num cenário de incertezas no Brasil.

Basicamente duas questões foram tratadas com Marcio Jerry, a primeira  quanto a relação do governo Federal e o Maranhão. A outra, o ‘mantra’ da oposição a Flávio Dino, de que seu governo teria quebrado o estado..

Sobre a relação com o governo Federal, onde o presidente eleito Jair Bolsonaro tem no governador Flávio Dino, um dos mais duros críticos do projeto que conduzirá o país a partir de 2019, Marcio Jerry, lembrou que a luta do Maranhão será a mesma do Brasil, em particular dos nove estados da região Nordeste.

” O presidente Bolsonaro foi eleito para presidir o Brasil dentro dos marcos constitucionais e democráticos, respeitando os votos que o elegeu, assim como dos governadores e parlamentares que não são ligados a ele. Então vamos sim, buscar uma relação institucional  do Maranhão com o governo Federal”, disse Marcio Jerry.

Quanto aos ataques sistemáticos e acusações ao governo Flávio Dino, que teria comprometido as contas públicas, Márcio Jerry, foi taxativo “quebrada está a oposição” ressaltando as derrotas aplicadas ao grupo sarney em 2014 e 2018, que segundo ele, implodiu a oposição no Maranhão.

“O que está quebrado é a oposição que não tem o que dizer! O governador Flávio Dino foi eleito em 2014 e 2018, tem um portfólio de realizações e obras em todo Maranhão. Ampliou a Saúde, Educação, Segurança.., e paga em dia os salários do funcionalismo público. Fez um trabalho que não tem um similar no Brasil, cujo resultado foi o reconhecimento nacional do Portal G1 como o melhor governador do país. Quem quebrou foi a oposição, tanto que continua tonta com a eleição de 2018, sem saber o que fazer e dizer. Perdem tempo com provocações tolas que fazem desde 2015, com prenúncios do caos..” destacou .

ÁUDIO DA ENTREVISTA COM MARCIO JERRY