Carlos Brandão anuncia envio da FESMA em apoio aos Yanomami

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), anunciou nesta terça-feira, dia 24, que disponibilizou o envio da Força Estadual de Saúde do Maranhão (Fesma) para a missão humanitária federal na terra indígena Yanomami, em Roraima. O governador classificou a situação como inaceitável.

Temos acompanhado a situação do povo Yanomami e disponibilizei o envio de uma equipe da Força Estadual de Saúde do Maranhão, para auxiliar na assistência aos indígenas em Roraima. Vamos contribuir com as ações do Ministério da Saúde (…) O abandono a que os povos indígenas foram submetidos nos últimos 4 anos é inaceitável. Os Yanomami agora terão o atendimento urgente que necessitam. Seguiremos trabalhando junto com o presidente Lula para a proteção de todos os povos do Maaranhão e do Brasil.”, declarou Carlos Brandão.

A Força Estadual de Saúde do Maranhão deverá se juntar à Força Nacional do SUS, ao Exército e às delegações de outros estados que também têm se deslocado até Roraima. Os Yanomami têm enfrentado uma crise humanitária por falta de políticas públicas e expansão do garimpo ilegal nos últimos quatro anos.

Os trâmites estão sendo discutidos com o Ministério da Saúde, com a Secretaria de Estado da Saúde de Roraima e também com a do Maranhão.

Dinamite morre aos 68 anos, maior artilheiro do Vasco e do Brasileirão

Carlos Roberto Gama de Oliviera, o ‘Roberto Dinamite’, morreu aos 68 anos, neste domingo, dia 8, o maior ídolo da história do Vasco da Gama. Ele vinha realizando tratamento contra um tumor no intestino desde o final de 2021.

Roberto teve uma piora no quadro e foi internado no sábado (7) no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Ele nasceu em 13 de abril de 1954, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O apelido que marcou a carreira foi dado em 1971, após marcar o primeiro gol pelo Vasco em uma vitória por 2 a 0 sobre o Internacional.

A manchete do Jornal dos Sports do dia seguinte foi a certidão de batismo: “Garoto-dinamite explodiu”. Ele tinha 17 anos.

Roberto marcou 708 gols pelo Vasco. Com o clube, ele conquistou um Campeonato Brasileiro (1974) e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992).

Roberto Dinamite jogou pelo Barcelona, na Espanha, e teve passagens pela Portuguesa e pelo Campo Grande, no Brasil.

O ex-jogador foi eleito presidente do Vasco em 2008 e teve que lidar com o rebaixamento do clube.

MedCenter será inaugurada em São Luís Gonzaga na quinta-feira, dia 29

O município de São Luís Gonzaga do Maranhão, localizado na Região do Médio Mearim, receberá na próxima quinta-feira, dia 29, a unidade da clinica MedCenter (Medicina Integrada).

A clinica contará com atendimento especializado nas áreas de Oftalmologia, Pediatria, Neonatologia e Medicina Estética.

A equipe médica é formada por: Dr. João José (Oftalmologista); Dr. Arllyson Costa (Pediatra e Neonatologista); Dr. Francisco Júnior (Medicina Estética e Oftalmologista); Dr. João Gabriel (Oftalmologista).

A inauguração será às 9h na Praça da Bandeira, no centro da cidade.

Morre o ator Pedro Paulo Rangel aos 74 anos no RJ

O ator Pedro Paulo Rangel, 74 anos, faleceu na madrugada desta quarta-feira, dia 20, na Casa de Saúde São José, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Com problemas pulmonares desde 2002, estava internado a alguns dias na unidade saúde.

O presidente Lula, nas redes sociais, lamentou a morte do ator com grandes trabalhos no teatro, novelas e o cinema.

Câmara Municipal de São Luís realizará mais uma CPI

A Câmara Municipal de São Luís realizará mais uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), dessa vez o alvo será o setor de saúde em São Luís.

O vereador, Umbelino Júnior (PL), presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara, disse que CPI vai investigar os dois anos da atual gestão em São Luís.

“Vamos instalar essa CPI para que a gente possa de fato saber o que o secretário de saúde vem fazendo durante a sua gestão. Queremos saber como pode o maior orçamento do município, na casa de bilhão de reais, não oferecer de fato uma saúde digna e merecedora de qualquer ser humano, de qualquer cidadão (…) Um bilhão é muito dinheiro. É mil vezes um milhão de reais. De fato, pelo ralo se vão milhares de milhões de reais. Um paciente vai para uma unidade de atendimento básico da saúde e não tem nada lá. O poder executivo caminha, a cada dia que passa, para o caos”, disse Umbelino.

Proposta pelo vereador Umbelino Júnior a determinação de abertura da CPI está publicada no Diário Oficial Municipal (DOM). A Comissão deverá apurar fatos e condutas específicas e discriminadas que envolvem as despesas no ano de 2021 até a presente data.

A CPI terá prazo de 90 dias para conclusão dos trabalhos, com possibilidade de uma prorrogação por mais igual período. Composta por 6 membros, sendo 5 titulares e 1 suplente.

A composição da Comissão Parlamentar de Inquérito da Saúde é a seguinte:

Umbelino Junior (Sem partido) – Presidente da Comissão 

Álvaro Pires (PMN) – Titular 

Edson Gaguinho (União Brasil) – Titular 

Antônio Garcez (Sem partido) – Titular 

Zeca Medeiros (Patriota) – Titular 

Coletivo Nós (PT) – Suplente

Neste ano de 2022 o legislativo municipal realizou a CPI do Transporte Público, que resultou entre as medidas na proposta de ‘revisão da licitação do transporte realizada pela Prefeitura de São Luís e dois indiciamento, sendo um deles, do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

ESCÂNDALO: cidades do MA com 0,14% de casos obtêm 93% da verba pós-covid

Do UOL

Pelas ruas estreitas e, na maior parte das vezes, sem asfalto de Pedreiras, no interior do Maranhão, não há morador que diga ter passado pelo chamado tratamento pós-covid — um procedimento definido pelo Ministério da Saúde que inclui acompanhamento dos que foram infectados pelo novo coronavírus para que não tenham sequelas da doença.

Pedreiras tem 39,2 mil habitantes e 6.701 casos de covid registrados desde 2020. De acordo com dados do SUS (Sistema Único de Saúde), o município diz ter realizado 138.377 terapias de reabilitação de janeiro a agosto deste ano — o que daria quase 9 sessões para cada habitante e 21 para cada caso da doença registrado na cidade.

É uma disparidade gigantesca se comparada com os tratamentos do restante do Brasil. O escândalo faz com que Pedreiras e outras 18 cidades do interior do Maranhão, uma região que registrou apenas 0,14% dos 34 milhões de casos de covid da pandemia, totalizem 1,1 milhão de atendimentos pós-covid no ano, enquanto todo o resto do Brasil notificou 200 mil terapias.

A cada atendimento relatado por um município ao SUS, a administração local recebe R$ 21,69 automaticamente. Por se tratar de uma novidade, sem série histórica, não existe um limite para isso, diferentemente de procedimentos como arrancar dentes.

Em julho desse ano, uma reportagem da revista Piauí mostrou que Pedreiras informou ter feito, em 2021, um total de 540,6 mil extrações dentárias, quatro vezes mais que toda a cidade de São Paulo. Para o município maranhense, isso significaria a retirada de 14 dentes de cada morador.

No caso da covid, o município informa a quantidade de atendimentos, por meio de um boletim com dados sobre os pacientes, e recebe por isso sem que o ministério tenha uma comprovação de que o tratamento foi realizado.

Um documento interno do Ministério da Saúde, obtido pelo UOL, relata “evidências das anomalias e distorções” nesses atendimentos e revela que o Maranhão recebeu R$ 19,7 milhões entre janeiro e maio deste ano para terapia —ou 93% do total (R$ 21,1 milhões) repassado para todo o país. A campeã é Chapadinha, uma cidade de 80 mil habitantes que teve 206.920 atendimentos pós-covid entre janeiro e junho.

Lula dar entrada no Sírio Libanês para realizar bateria de exames

O presidente eleito Lula (PT), deu entrada no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, neste sábado, dia 12, para exames de rotina.

De acordo com a assessoria de Lula os exames são importantes antes da viagem para Egito, na segunda-feira, dia 14, onde o presidente eleito participará da 27ª Conferência do Clima das Nações Unidas (ONU), a COP 27.

O cardiologista, Dr. Roberto Kalil Filhos, médico de Lula faz parte da equipe de transição na área de saúde do novo governo. (Com informações do Metrópoles)

Orçamento Secreto: PF deflagra ‘Operação Quebra Ossos’ no MA

A Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e o Ministério Público Federal, deflagrou nesta sexta-feira, dia 14, a Operação Quebra Ossos, com a finalidade de desarticular grupo criminoso responsável por inserir dados falsos em sistemas do Sistema Unificado de Saúde (SUS), do Ministério da Saúde, para receber repasses federais decorrentes de emendas parlamentares.

Cerca de 60 policiais federais cumprem 16 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária, nos municípios de Igarapé Grande/MA, Lago do Junco/MA, Lago dos Rodrigues/MA, Caxias/MA, Timon/MA, Parnaíba/PI e Teresina/PI.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Bacabal/MA.

As investigações apontaram que o município de Igarapé Grande/MA teria informado, em 2020, a realização de mais de 12,7 mil radiografias de dedo, quando a sua população total não supera os 11,5 mil habitantes, fato que culminou na elevação do teto para o repasse de recursos que financiam ações e serviços de saúde no ano subsequente (2021).

Foram verificados indícios de fraudes em contratos firmados pelo município de Igarapé Grande/MA como meio de desviar tais recursos recebidos indevidamente. Além disso, os responsáveis pela inserção de dados falsos nos sistemas do SUS, alvos de prisão temporária, são suspeitos de terem efetuado as práticas ilegais investigadas em vários municípios maranhenses desde o ano de 2018.

As empresas investigadas ocupam posições de destaque no “ranking” das empresas que mais receberam recursos públicos da saúde no período de 2019-2022 no estado do Maranhão, sendo que uma delas foi agraciada com quase R$ 52 milhões recebidos.

Dentre as medidas cautelares expedidas, destacam-se o afastamento de servidor público do cargo, em razão da posição que ocupava durante o período da inserção dos dados falsos nos sistemas do SUS e da formalização de parte dos contratos investigados, e a suspensão do direito dos empresários e empresas investigadas de participarem de licitações e de contratarem com órgãos públicos.

Uma vez confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por inserção de dados falsos, fraude à licitação, superfaturamento contratual, peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Transplante de fígado passa a integrar lista da ANS

Da Agência Brasil

Decisão foi anunciada hoje e entrará no rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar a partir de sua publicação no Diário Oficial da União, prevista para segunda-feira.

O transplante de fígado para o tratamento de pacientes com doença hepática, contemplados com a disponibilização do órgão por meio de fila única do Sistema Único de Saúde (SUS), passará a ter cobertura obrigatória pelos planos de saúde.

A decisão foi anunciada hoje (30) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e passará a integrar o rol da agência a partir de sua publicação no Diário Oficial da União (DOU), prevista para segunda-feira (3).

A Diretoria Colegiada da ANS aprovou também nesta sexta-feira a inclusão do medicamento Regorafenibe, para o tratamento de pacientes com câncer colorretal avançado ou metastático, no rol de procedimentos e eventos em saúde.

Realizada primeira cirurgia por vídeo na rede municipal de São Luís 

Realizada em São Luís, a primeira cirurgia por videoconferência, na rede municipal de saúde. O procedimento aconteceu na quarta-feira, dia 14, no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I).

A técnica, minimamente invasiva conta com o auxílio de uma câmera introduzida no abdômen para que sejam feitas as manobras cirúrgicas.

“Este com certeza é um grande passo para a saúde de São Luís. A cirurgia por vídeo é uma técnica já consolidada, segura e que possibilita ao paciente uma recuperação mais rápida, diminuindo o tempo de internação hospitalar e reduzindo os riscos de infecções”, disse Joel Nunes, secretário de saúde.

A cirurgia foi de retirada de um apêndice, em uma paciente de 23 anos, do município de Itapecuru Mirim (MA). O procedimento contou com nove profissionais e durou 50 minutos.

O procedimento acontece por meio de pequenos furos no corpo do paciente para a inserção de uma endocâmera que permite ao cirurgião visualizar, em monitores, o interior do organismo. Isso possibilita a realização de procedimentos cirúrgicos sem incisões maiores como nos métodos convencionais. Geralmente é realizado com o paciente em estado de anestesia geral.