Radialista e folclorista Helena Leite será homenageada no São João 2022

Uma das figuras que estarão sendo homenageadas no São João 2022 está Maria Helena Leite ou apenas ‘Helena Leite’; radialista, folclorista e membro da Academia Poética Brasileira.

Nascida em Viana/MA, e falecida em 2019, apaixonada pelo Bumba Meu Boi; e uma das mais importantes vozes em defesa da cultura de São Luís e do Maranhão.

“Hoje, se ela estivesse entre nós, estaria em êxtase, muito feliz. Vai ter São João depois de dois anos de muita luta. Não foi de um dia para o outro que ela recebeu o apelido de “Rainha da Cultura”, era uma rainha que não tinha trono, não tinha palácio, mas que sua riqueza era ver todos bem e uma cultura do Maranhão super valorizada”, diz Ronner Leite, filho da comunicadora.

Com a retomada das atividades culturais na sua plenitude, após dois anos de pandemia da Covid-19, sem a realização das festividades juninas no Maranhão, será o momento também de homenagear em memoria aqueles que se notabilizaram pela defesa da cultura-popular, em especial do São João no estado.

Natural do município de Viana, Helena Leite, faleceu no dia 30 de março de 2019, aos 67 anos, após um infarto fulminante. A partir de 1966, Helena trabalhou no rádio, comentando o Carnaval de Passarela de São Luís. Também acompanhava, comentava e fazia mediação entre a população e os poderes públicos. Foi na Rádio Educadora AM, na década de 70, que ela se tornou a primeira mulher a fazer cobertura de jornadas esportivas, como repórter de campo no Estádio Municipal Nhozinho Santos.

Zé Inácio e Cricielle na Direção da Federação da Esperança

O deputado estadual Zé Inácio e Crisele Muniz ambos militantes do PT no Maranhão, agradeceram nesta quarta-feira, dia 25, nas redes sociais suas indicações para compor a Direção Nacional da ‘Federação Esperança’, formada pelo PT, PCdoB e PV.

O TSE aprovou, por unanimidade, o primeiro pedido de federação partidária após a criação do instituto pela Reforma Eleitoral de 2021. A partir de agora, durante os quatro anos da próxima legislatura (2023-2026), as agremiações atuarão em conjunto como um único ente partidário.

Segurança garanti 6 mil policiais no São João do Maranhão

O São João do Maranhão 2022 terá 6 mil policiais militares garantindo a segurança no período que vai de 28 de maio até final de julho. Serão cerca de 700 policiais, cobrindo os 70 arraiais, além de pontos estratégicos como paradas de ônibus, terminais de integração e vias de grande fluxo.

O policiamento estará, também, nos bairros onde haverá agenda junina, conforme plano de ação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA).

Haverá barreiras nas principais avenidas e nos acessos aos arraiais, com policiais em vans e a pé, abordando e revistando para evitar entrada de pessoas com armas; monitoramento nos arraiais oficiais; abordagens a pessoas e veículos, incluindo os coletivos; e policiamento a pé, a cavalo, em motos e viaturas. Equipes militares serão reforçadas no Centro Histórico de São Luís, onde haverá um grande arraial e vários pontos de festejo. 

Recentemente a policia militar responsável pelo trabalho ostensivo e preventivo foi reforçado com 274 novos policiais, recrutados do concurso público, que já passaram pela formação e já estão nas ruas.

Integram as ações, a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), Centro Tático Aéreo (CTA), Polícia Judiciário, com apoio da Guarda Municipal (atuando nos terminais de integração) e Polícia Rodoviária Federal (com ações na BR, inclusive a operação Catraca). Colaboram os sindicatos dos usuários, dos empresários e dos rodoviários.

Catraca

Ações da Operação Catraca também integram o plano de ação da segurança, durante os festejos. Tem foco na abordagem em coletivos, tanto nos terminais de integração, quanto nas paradas de ônibus. 

SECMA divulga selecionados para o São João 2022

O governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Cultura, tornou público o resultado final dos selecionados para participar da programação oficial do São João do Maranhão.     

1.013 se inscreveram e foram selecionados 553 nas categorias artes cênicas; banda/show; bumba meu boi; cordel e repente; danças regionais; forró pé de serra; grupo alternativo; e tambor de crioula.

A divulgação da programação será no próximo dia 31. As inscrições foram realizadas entre os dias dia 11 e 29de abril.    

Aqui a lista

Maranhão de Reencontros volta agitar prévias do São João

O governador Carlos Brandão participou no domingo dia 15, de mais uma edição do Maranhão de Reencontros, festa que vem reunindo milhares de pessoas na Concha Acústica Reynaldo Faray, Lagoa da Jansen, em São Luís, que celebra a cultura e o folclore maranhenses.

O projeto, realizado pelo Governo do Estado, terá apresentações até dia 29 de maio, sempre a partir das 17 horas.

“Estou muito feliz em saber que podemos fazer nosso São João com segurança e responsabilidade. Estamos resgatando a nossa cultura, estimulando o emprego e renda das famílias e trazendo alegria para todos os maranhenses. Uma grande festa em que as pessoas se divertem e também podem ter uma renda, pois sabemos que muitos perderam seus empregos, precisavam desse apoio e o Governo do Estado veio suprir essa demanda. Com certeza, faremos o maior São João do país”, ressaltou Carlos Brandão.

O Maranhão de Reencontros acontecerá até o inicio oficial do São João, dia 28 deste mês e prossegue até final de julho. O festejo promete ser o maior de todos os tempos, trazendo de volta a alegria dos arraiais junino, após dois anos sem a tradicional celebração, por conta da pandemia do coronavírus.

Esquema de Segurança para São João do Maranhão está pronto

O secretários de Estado Silvio Leite (Segurança) e Paulo Victor (Cultura), se reuniram nesta, quinta-feira dia 12, onde foi alinhado a realização da segurança durante o São João 2022.

Ficou definido, por exemplo, que os plantões serão reforçados, serão realizadas campanhas educativas, além da participação do Corpo de Bombeiros, que integrará as equipes de segurança nos arraiais.  

“.. estamos efetuando o planejamento para proporcionar a maior segurança possível durante o período do São João. Estamos fazendo agora os últimos ajustes para a distribuição do policiamento tanto nos principais arraiais quanto nos arraiais nos bairros, porque o nosso objetivo não é só realizar o maior São João do país..”, secretário Silvio Leite.

O secretário de Cultura classificou a reunião como positiva e ressaltou que a organização do evento segue orientação do governador Carlos Brandão para que o São João seja o melhor do Brasil.

“Tivemos uma reunião muito proveitosa com os agentes da segurança pública do nosso estado. Estamos seguindo com muito empenho todas as determinações do governador Carlos Brandão, para que tenhamos não apenas o maior São João do Brasil, mas também o melhor. E, para isso, precisamos de atrações da nossa cultura, de geração de emprego e renda e, principalmente, cuidar do bem mais precioso que temos: a vida de cada cidadã e cidadão maranhense ou daquele que visitará o nosso estado e será muito bem recebido”, pontuou Victor.  

Os festejos juninos iniciam dia 27 de maio e prosseguem até 31 de julho, sempre de quinta a domingo, em arraiais na Região Metropolitana de São Luís e interior do estado.

São João do Maranhão começa dia 27 de maio e vai até 31 de julho

O governador Carlos Brandão em coletiva no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (10), lançou o São João do Maranhão 2022. Foram apresentadas estratégias, programação e expectativa para impulso dos setores turístico, econômico e cultural.

“..Esse é um momento histórico, de resgate da nossa cultura e do nosso São João. Tivemos um período delicado do coronavírus, com muito sofrimento, muitas dificuldades, óbitos; mas, nosso estado foi um dos que se saiu melhor no combate à pandemia e avançamos muito no que diz respeito à vacinação, que é o principal mecanismo contra a doença. Agora, vivemos outro momento, em que outros estados também retomam suas atividades de trabalho e também, culturais (..) Sabemos da importância, da necessidade de divulgação e do compromisso destes grupos. Não podemos deixar de pagar o São João e isso não vai acontecer. O recurso tem que vir antes da festa e já está garantido..”, destacou o governador Carlos Brandão.

Os festejos juninos iniciam dia 27 deste mês e prosseguem até 31 de julho, sempre de quinta a domingo, em arraiais na Região Metropolitana de São Luís e interior do estado. Serão mais de 500 atrações e a previsão é de cerca de 450 mil visitantes no período. 

A descentralização das atividades é outro diferencial do festejo junino, que alcançará municípios da Região Metropolitana de São Luís e do interior. A programação estará, entre outros espaços, na Praça Nauro Machado, Ipem, Parque do Rangedor, zona rural, Shopping da Ilha, Cohama, Ceprama, Vila Palmeira, Madre Deus, Cidade Operária, Maiobão, Santo Antônio, Lagoa da Jansen, Convento das Mercês e em vários bairros da Grande Ilha; e, também, em municípios do interior do estado com tradição junina, incluindo cidades das regiões do Munim, Baixada e Tocantina.

Credenciamento de barracas para o São João começa 9 de maio

O governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Cultura, marcou para o dia 9 de maio, o credenciamento e seleção de candidatos para a cessão de ponto fixo em barracas de alimentos nos arraiais do circuito oficial do São João do Maranhão.

Os interessados terão até o dia 13 de maio para se inscrever, no horário das 9h às 17h, de forma presencial, na sede da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), que fica na Avenida dos Holandeses, nº 1803, no bairro São Marcos, em São Luís. 

O edital e seus anexos serão disponibilizados no site da Secma, [url=http://www.cultura.ma.gov.br. Para]http://www.cultura.ma.gov.br. Para tirar duvidas sobre o edital, foi elaborado perguntas e respostas sobre o processo: 

Eduardo Nicolau e Paulo Vitor conversam sobre São João do MA

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e o Secretario de Estado da Cultura, Paulo Vitor, se reuniram nesta quinta-feira, dia 28, para conversarem sobre o São João do Maranhão.

 “O objetivo é garantir a moralidade no pagamento dos cachês. Não vamos realizar o pagamento de cachês milionários a bandas de fora e sim vamos atender nosso público, nossas entidades folclóricas (..) . Quando a gente paga um cachê não se trata apenas da atração, mas também o profissionalismo dos fazedores da cultura. Além disso, a economia e o comércio informal giram. É muito importante a gente incentivar a cultura de maneira responsável, focando na população”, destacou Paulo Vitor.

Outro objetivo foi esclarecer ao chefe do Ministério Público que as festas juninas vão priorizar os grupos e artistas locais e garantir a diversidade das apresentações culturais.

“Nós nunca nos opusemos à realização das festas e é preciso deixar isso bastante claro. Recentemente, o Ministério Público se manifestou contra o pagamento de cachês exorbitantes, em alguns casos, milionários, para poucas horas de shows, em cidades com graves problemas sociais e onde há ações buscando resolver necessidades básicas da população”, explicou Nicolau.

Recentemente o Ministério Público do Maranhão ingressou com ações contra os municípios de Bacabal, Barra do Corda e Vitória do Mearim contra essas situações, mas jamais se opôs ao São João. O motivo pagamento milionários pelas prefeituras, quando a população padece de condições mínimas de serviços públicos como: saúde, educação, saneamento básico, dentre outros.

MP-MA pede suspensão de shows no aniversário de Bacabal

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, nesta quarta-feira, dia 13, Ação Civil Pública contra o Município de Bacabal para suspender as comemorações de aniversário da cidade, com a banda Xand Avião e outros artistas, pagos com recursos públicos.

A festa está prevista para ocorrer neste sábado (16) e domingo (17), com custos que totalizam quase R$ 750 mil.

“O gasto de quase um milhão de reais com artistas, bandas e infraestrutura de shows ocorre em detrimento da fome, da miséria, da falta de programa específico de transferência de renda e de assistência aos desabrigados (..) a realização do referido evento afronta os princípios de legalidade, moralidade, eficiência, proporcionalidade e razoabilidade que orientam a administração pública”, destaca a promotora na ação.

O contrato com a banda Xand Avião custaria aos cofres públicos R$ 270 mil. Já com o show da banda Rosa de Sauron, seriam gastos R$ 90 mil. Seriam gastos, ainda, R$ 55 mil com o cantor Henry Freitas; R$ 55 mil com o cantor Pastor Cícero Oliveira; R$ 18 mil com o cantor Bruno Shinoda, além de R$ 260.536,00 com palco, tablado, camarote, trio elétrico, entre outros itens para a estrutura das apresentações.