Garantida recuperação do prédio da Prefeitura e obras do Hospital de SLG

O governador Flávio Dino (PSB), em solenidade no Palácio dos Leões, nesta terça-feira, dia 24, assinou convênios e ordens de serviço em favor de 35 municípios do Maranhão.

Um dos municípios contemplados foi São Luís Gonzaga do Maranhão, com assinatura da ordem de serviços para recuperação do prédio da Prefeitura Municipal, destruído por um incêndio, e ainda, continuidade das obras do Hospital Municipal, assumidas pelo governo do estado, através da Secid (Secretaria de Cidades), que custará cerca R$ 2.300.000 (dois milhões e trezentos mil reais).

O prefeito do município, Dr. Júnior (PDT), destacou nas redes sociais a importância da conquista do apoio do governo para a realização das obras no município, solicitadas por ele e prontamente atendidas.

Localizado no centro da sede do município de São Luís Gonzaga, o prédio da prefeitura sofreu um incêndio em 2006 que destruiu totalmente sua estrutura, tornando o que era simbolo do poder político e motivo de orgulho aos gonzaguenses, para a motivo de tristeza e vergonha.

O novo hospital municipal, cujo a ordem de serviço assinada hoje, pelo governador Flávio Dino terá 30 leitos e garantirá mais qualidade de vida aos moradores.

Othelino Neto reafirma parceria com Luciano Genésio em Pinheiro

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na noite desta sexta-feira (1º), em Pinheiro, da solenidade de posse do prefeito reeleito, Luciano Genésio, e da vice-prefeita, Ana Paula Lobato, sua esposa.

“Fico muito feliz e honrado pelo fato de Ana Paula ser a vice-prefeita da cidade, na chapa do prefeito Luciano, que foi reeleito e hoje assume o segundo mandato . Agora, a responsabilidade aumenta. Antes,  já trabalhávamos por Pinheiro , disponibilizando emendas parlamentares; agora, esse compromisso se reforça . Nestes próximos quatro anos, o nosso mandato de deputado estadual continuará a serviço dos pinheirenses”, destacou Othelino. 

A cerimônia ocorreu na Câmara Municipal com acesso restrito ao público geral e obedecendo às normas sanitárias por conta da pandemia do novo coronavírus. 

Carlos Madeira também desiste da disputa pela Prefeitura de São Luís

A desistência de mais um candidato da disputa pela Prefeitura de São Luís, na Eleições 2020, foi confirmada nesta quarta-feira, dia 7.

O ex-juiz, Calos Madeira (Solidariedade), através de uma carta intitulada ‘Carta ao Povo de São Luís’, anunciou sua desistência.

Agora são 10, os postulantes ao carga de prefeito na capital, principal colégio eleitoral do Maranhão. A outra desistência foi do então candidato, Adriano Sarney (PV), desistiu ainda no inicio oficialmente da campanha.

CARTA AO POVO DE SÃO LUÍS

A convite de amigos, e por sugestão de pessoas simples, representantes da periferia e da zona rural, decidi aceitar o desafio de concorrer à Prefeitura de São Luís nas eleições de 2020. Trouxe comigo as minhas origens, a história de vida, a minha biografia e o desejo de trabalhar ainda mais pela nossa cidade.

Os caminhos que percorri nesses meses de pré-campanha e os primeiros dias de candidatura oficializada não foram fáceis, porque, ao lado de um time de pessoas sérias, éticas, combativas e independentes, compreendi que a luta só valeria a pena se todos abraçassem um projeto de mudança efetiva para São Luís, com uma arrojada pauta de justiça social para todas as áreas da administração municipal.

A pré-campanha foi interrompida ainda no início, por quase três meses, com as restrições decorrentes da pandemia. E no meio do caminho, antes mesmo da nossa convenção partidária, fui alcançado pela Covid-19.

Fiquei por duas semanas em isolamento, cumprindo a quarentena até receber a confirmação de que a carga viral estava zerada. Perdi cerca de oito quilos em 12 dias de hospital. Mesmo frágil fisicamente, tomei a decisão de retomar os compromissos de campanha em respeito ao povo, ao partido Solidariedade e à nossa militância.

Não sabia que o pior ainda estava por vir. Dia após dia a fadiga foi me consumindo e comprometendo a minha fala e o meu raciocínio. Só depois fui informado pelo médico que acompanha o meu caso, Dr. Serafim Gomes de Sá, de que a minha dificuldade respiratória era apenas mais uma das muitas consequências possíveis do coronavírus, aquilo que a ciência está chamando agora de Síndrome pós-Covid.

Quem conhece a minha história sabe que jamais me esquivei de responsabilidades. Mas, aconselhado pela minha esposa, pelos meus filhos e por médicos que acompanham o meu caso clínico, e em nome da minha saúde, tive que tomar uma das decisões mais difíceis da minha vida: abrir mão de um projeto que hoje reputo coletivo, porque não é mais do Madeira, mas de tantas e tantas pessoas espalhadas pelos bairros e pela zona rural dessa cidade que tanto amo.

Informo, portanto, que hoje retiro a minha candidatura a prefeito de São Luís, por não ter condições físicas de dar continuidade à intensa agenda de compromissos que eu, antes de qualquer outro candidato, fiz questão de não apenas assumir, mas de registrar publicamente em cartório.

Chego até aqui sem qualquer decepção ou mágoa, mas com muita gratidão aos meus familiares e tantos amigos. Agradeço o apoio de todos que trabalharam comigo até agora –  equipe de coordenação, militância e candidatos a vereador. Agradeço a compreensão dos nossos eleitores, sobretudo. Agradeço ao Capitão Jeremias, meu companheiro de chapa, pela caminhada leal e destemida.

Agradeço ao meu partido, o Solidariedade, pela acolhida e pelas trincheiras de luta que conseguimos erguer, juntos, em tão pouco tempo. Continuarei na política, como presidente do diretório municipal de São Luís, e no momento oportuno reiniciarei minha jornada partidária na busca permanente por dias melhores para o nosso povo. Porque, como Martin Luther King, continuo acreditando que “pior que o grito dos maus é o silêncio dos bons”.

Como aprendizado, levo para a vida a lição de que, para recuar de uma batalha, é preciso antes de tudo ter humildade e sabedoria para reconhecer os riscos. Faço opção por cuidar da minha saúde. E, se puder oferecer apenas um conselho, direi a todos: cuidem-se! O vírus ainda está no nosso meio e as sequelas da Covid-19 são imprevisíveis. Que Deus nos proteja!

São Luís, 7 de outubro de 2020.

José Carlos do Vale Madeira.

Entregue no Maranhão mais um Hospital de Campanha em Bacabal

 

SES-bac-1

Na batalha contra o coronavírus no Maranhão, mais um Hospital de Campanha e Ambulatório foi entre no estado, dessa vez em Bacaba região do Médio Mearim. O hospital com 30 leitos, sendo 25 enfermarias e 5 UTIs, é fruto de parceria com o município. o Governo disponibilizou médicos, equipamentos e medicação.

O Hospital de Campanha de Bacabal será responsável por fazer o acolhimento de pacientes com classificação moderada da doença.

O hospital conta com cerca de 200 profissionais, formada por médicos intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, farmacêuticos, assistente social e maqueiros. Logo depois de entregue, o hospital iniciou os atendimentos.

A unidade receberá pacientes regulados do Hospital Municipal Veloso Costa, porta de entrada para os casos suspeitos. Ao todo, são 62 leitos, destes, 30 são exclusivos para coronavírus no centro de saúde municipal. Por dia cerca de 150 atendimentos são realizados.

O Hospital Regional Drª Laura Vasconcelos, que pertence à rede de Estado da Saúde, continuará trabalhando na recepção de pacientes considerados graves. Atualmente, a unidade estadual está com 24 pacientes clínicos e 5 em UTI. Aqueles que apresentarem complicações no quadro de saúde serão colocados na regulação e transferência para hospitais de alta complexidade da capital.

Depois do ‘molho’ Wellington é confirmado pré-candidato do PSDB

 

wellington e rocha
Wellington do Curso e Roberto Rocha em Brasília/Foto: Reprodução

O deputado estadual Wellington do Curso finalmente teve a garantia do senador Roberto Rocha, presidente do PSDB no Maranhão, que será candidato à Prefeitura de São Luís pela legenda.

O fato é que mesmo pontuando nas pesquisas entre os principais pré-candidatos, o anuncio só aconteceu após Wellington pegar um verdadeiro ‘molho’ do próprio senador.

“Almocei e jantei em minha casa em Brasília com meu companheiro e amigo, deputado Welligton, nosso pré- candidato a prefeito de São Luís.
Por mais que os comunistas queiram nos dividir, só conseguem nos fortalecer”, disse Roberto Rocha no instagram.

Dr. Yglésio apresenta a Flávio Dino seu Plano de Governo para São Luís

 

Yglésio

Com sorriso aparentemente nada espontâneo na foto acima, o deputado Dr. Yglésio (PROS), pré–candidato a prefeito de São Luís anunciou nas redes sociais encontro nesta quinta-feira (27), com o governador, Flávio Dino, no Palácio dos Leões.

Esbanjando confiança na vitória do pleito na capital, mesmo ainda não sendo oficialmente candidato, o parlamentar apresentou ao governador o que chama de Plano de Governo 2021-2024.

“Hoje, apresentei ao Governador Flávio Dino o nosso plano de governo 2021-2024 em sua versão inicial. O Governador será um parceiro nos dois primeiros anos da nossa gestão na Prefeitura de São Luís, portanto, o diálogo é essencial para construção de um plano sólido e capaz de transformar a realidade dos ludovicenses. Seguiremos em diálogo com a população, com agentes públicos e políticos, para aperfeiçoar as ideias e construir um modelo de gestão que certamente será vencedor no pleito que se aproxima. Vamos em frente!..”, anunciou Yglésio nas redes sociais.

Bia Venâncio é condenada a devolver R$ 65 milhões aos cofres públicos

bia
ex-prefeita de Paço do Lumiar, Glorismar Rosa Venâncio, a Bia Venâncio/Foto: Reprodução

Após ignorar por seis o dever constitucional de prestar contas junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), a ex-prefeita de Paço do Lumiar, Glorismar Rosa Venâncio,  a Bia Venâncio, foi condenada a devolver R$ 65,9 milhões aos cofres públicos.

Além da devolução dos recursos, a ex-prefeita terá que arcar com o pagamento de multas no total aproximado de R$ 6,4 milhões.

Do total do débito, R$ 27,7 milhões são de gastos não comprovados da Administração Direta, R$ 24,4 milhões correspondem a recursos do Fundeb, R$ 12,3 milhões são recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS) e R$ 1,2 milhão recursos do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS).

Além de não ter apresentado sua prestação de contas anual, Bia Venâncio, apesar de citada regularmente, não apresentou qualquer defesa sobre as impropriedades constantes dos relatórios técnicos resultantes das tomadas de contas efetuadas pelo Tribunal.

Como determinada a legislação em vigor, a Procuradoria-Geral do Município de Paço do Lumiar deverá receber, em até cinco dias após o trânsito em julgado, já que cabe recurso da decisão, uma via original dos acórdãos e demais documentos necessários ao eventual ajuizamento de ação judicial de cobrança dos débitos.

Osmar Filho confirma pré-candidatura, e diz que manifestações foi alerta para Bolsonaro

 

osmar filho
Vereador Osmar Filho (PDT), Presidente da Câmara Municipal de São Luís/Foto: Reprodução

O vereador, Osmar Filho (PDT), em entrevista nesta segunda-feira (27), ao Programa Ponto e Virgula da Difusora FM, fez um balanço dos 120 dias à frente da Câmara Municipal de São Luís, também falou sobre as manifestações pró-Bolsonaro e a eleição para Prefeitura da capital em 2020.

Sobre as manifestações de ontem domingo (26), o presidente da Câmara considerou que serviram como alerta para o governo federal.

“O interesse da população não foi favorável como esperava o governo federal. O presidente Bolsonaro precisa rever suas posições e o modo de fazer política. Não gosto e não faço politica do quanto pior melhor, mas se não houver mudança de postura do governo federal em relação a classe política e a sociedade com mais diálogo, as mudanças que busca não avançarão”, avaliou Osmar Filho.

Indagado ainda sobre a sucessão em 2020 para Prefeitura de São Luís e sua pré-candidatura, Osmar Filho, confirmou interesse e que está se empenhando para se viabilizar ao pleito.

“É um debate que está posto, estamos trabalhando dentro do nosso grupo para construirmos as condições, mas depende de muito debate com a sociedade e classe política para definirmos o melhor caminho para São Luís”, disse Osmar Filho.

Ministério Público encontra ‘remédio’ para prefeito resolver falta de medicamentos em Imperatriz

 

mpitz
MP-MA em Imperatriz/Foto: Reprodução

O prefeito, Assis Ramos (DEM), terá que resolver a falta de fornecimento regular de medicamentos a pessoas com deficiência em Imperatriz, para que o município não seja impedido de fazer propaganda institucional e de festas.

O Ministério Público do Maranhão voltou solicitar à Justiça que obrigue o município a cumprir a sentença proferida em 2013. No documento o MP informa que ele é resultado da contínua irregularidade junto a esse público.

O Promotor de Justiça, Joaquim Ribeiro de Souza Júnior, desde 2017 entrou com o pedido para que a determinação judicial fosse cumprida pela Prefeitura.

Diante da provocação do MPMA, em novembro de 2018 a justiça estabeleceu o prazo de 30 dias para o cumprimento da decisão, sob pena de multa pessoal ao secretário de Saúde de R$ 1 mil para cada substância em falta no programa no momento do atendimento ao usuário.

O Ministério Público requereu ainda o cumprimento da sentença mediante o bloqueio de verbas do orçamento geral do município. O pedido se estende ainda à proibição de o município utilizar qualquer verba com publicidade e propaganda institucional, e ainda, que seja vetada quaisquer festividades, tais como festa junina e aniversário da cidade, bloqueando os valores existentes para tais fins, até que seja comprovadamente restabelecido o fornecimento de medicamentos e insumos para pessoas com deficiência.

Jeisael Marx é demitido por causa de pré-candidatura a prefeito de SL

 

jaeisael
Jeisael Marx/ Foto: Reprodução

O locutor-apresentador e jornalista Jeisael Marx, não faz mais parte dos quadros da TV Difusora. Ele foi demitido na tarde desta terça-feira (7), como informou o Blog Marrapá. Motivo? sua pré-candidatura à Prefeitura de São Luis em 2020.

O apresentador e pré-candidato perdeu um importante espaço na mídia local. A partir de agora, terá que trabalhar mais para não derrubarem seu projeto para disputar a prefeitura da capital.

É esperar a influência desse fato na pré-candidatura de Jeisael, porque em relação a consolidação da candidatura, ele ainda precisará avançar muito na construção do seu nome para disputa.