São João do Maranhão começa dia 27 de maio e vai até 31 de julho

O governador Carlos Brandão em coletiva no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (10), lançou o São João do Maranhão 2022. Foram apresentadas estratégias, programação e expectativa para impulso dos setores turístico, econômico e cultural.

“..Esse é um momento histórico, de resgate da nossa cultura e do nosso São João. Tivemos um período delicado do coronavírus, com muito sofrimento, muitas dificuldades, óbitos; mas, nosso estado foi um dos que se saiu melhor no combate à pandemia e avançamos muito no que diz respeito à vacinação, que é o principal mecanismo contra a doença. Agora, vivemos outro momento, em que outros estados também retomam suas atividades de trabalho e também, culturais (..) Sabemos da importância, da necessidade de divulgação e do compromisso destes grupos. Não podemos deixar de pagar o São João e isso não vai acontecer. O recurso tem que vir antes da festa e já está garantido..”, destacou o governador Carlos Brandão.

Os festejos juninos iniciam dia 27 deste mês e prosseguem até 31 de julho, sempre de quinta a domingo, em arraiais na Região Metropolitana de São Luís e interior do estado. Serão mais de 500 atrações e a previsão é de cerca de 450 mil visitantes no período. 

A descentralização das atividades é outro diferencial do festejo junino, que alcançará municípios da Região Metropolitana de São Luís e do interior. A programação estará, entre outros espaços, na Praça Nauro Machado, Ipem, Parque do Rangedor, zona rural, Shopping da Ilha, Cohama, Ceprama, Vila Palmeira, Madre Deus, Cidade Operária, Maiobão, Santo Antônio, Lagoa da Jansen, Convento das Mercês e em vários bairros da Grande Ilha; e, também, em municípios do interior do estado com tradição junina, incluindo cidades das regiões do Munim, Baixada e Tocantina.

Governo do Maranhão esclarece credenciamento para o São João

 

Após o governador Carlos Brandão (PSB), durante sua posse anunciar que o Governo do Estado promoverá um “Super São João”, os produtores culturais e brincadeiras juninas precisam ficar atentos e se prepararem para fazerem e participarem da festa.

“Quem não está sentindo saudade do São João? Por isso, quase livre da pandemia, vamos fazer um ‘Super São João’”, disse Brandão.

A Secretaria de Estado da Cultura lançou o edital de credenciamento de atrações juninas para 2022. O Edital de Credenciamento apresenta todas as regras do processo de cadastro das atrações.

Aqui esclarecimentos sobre o Edital

Entregue as chaves da primeira etapa do projeto Aluguel no Centro

O Governo do Maranhão entregou nesta quinta-feira, dia 1º, as chaves da primeira etapa do projeto Aluguel no Centro.

Foram entregues seis chaves aos beneficiários contemplados em sorteio realizado no final de maio.

O Aluguel no Centro compõe o eixo habitacional do programa Nosso Centro e incentiva a habitação no centro da capital. O projeto visa garantir o pagamento de 80% do valor do aluguel, com concessões válidas por períodos de até 5 anos.

Com um investimento de aproximadamente R$ 190.000, todos os imóveis passaram por intervenções estruturais. No primeiro lote do projeto foram sorteados nove imóveis.

O projeto envolve as Secretaria de Estado de Cultura, Governo, Cidades, Ciência e Tecnologia, Turismo, Agência Executiva Metropolitana e Empresa Maranhão Parcerias (MAPA).

– A primeira residência está localizada na Rua do Sol/Nina Rodrigues, n º535 Centro, São Luís. O valor do aluguel é R$ 1.200,00, o locatário pagará apenas R$ 300,00. 
– O segundo imóvel está localizado Rua Pespontão, nº 154, Centro, São Luís. O valor da locação é de R$ 1.000,00, o Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.
– O terceiro imóvel está situado na Rua da Alegria, n° 152, Centro, São Luís. O valor do aluguel é R$ 700,00. O Estado pagará R$ 560,00 e o beneficiário R$ 140,00.
– Localizado na Rua do Apicum, 70, Centro, o quarto imóvel custa R$ 1.000,00. O Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.
– O quinto imóvel está situado na Rua do Apicum, 70, Centro, o valor do aluguel é R$ 1.000,00. O Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.

Braide envia à Câmara projeto do Auxílio Emergencial de São João

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou nesta terça-feira, dia 1º, o envio do projeto à Câmara Municipal para criação do Auxílio Emergencial de São João na capital.

O valor do benefício vai variar de R$ 1 mil à R$ 10 mil.

“Não vamos ter o São João do jeito que a gente queria, mas vai ter apoio da Prefeitura aos nossos grupos e manifestações culturais! Encaminhei à Câmara Municipal, o Projeto de Lei que cria o Auxílio Municipal Emergencial – São João de São Luís. O auxílio vai de R$ 1 mil à R$ 10 mil e vai ajudar nossos grupos folclóricos, manifestações culturais, cantores e cantoras. É saudade que fala, né?! Mas no ano que vem, nós vamos ter o nosso São João de volta!”, destacou Eduardo Braide.

Othelino destaca aprovação de auxílios para restaurantes, bares e setor cultural

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), nesta terça-eira, dia 30, concedeu entrevista onde destacou aprovação de projetos, entre eles a Medida Provisória 341/2021, do Poder Executivo, concedendo auxílio emergencial para bares, restaurantes, lanchonetes e à área cultural.

Foram aprovados ainda a Medida Provisória 342/21, que reduz o ICMS de alguns produtos utilizados no combate à pandemia da Covid-19. E, ainda,  o PL 050/2021, de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), que dispõe sobre a aplicação de sanção administrativa à pessoa que se sobrepuser na ordem definida para os grupos prioritários, estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

O projeto da deputada Daniella Tema (DEM), que obriga as farmácias a expor um cartaz da campanha ‘Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica no Maranhão’.

E ainda o de autoria do deputado Rafael Leitoa (PDT), sobre o funcionamento de academias e demais estabelecimentos de condicionamento físico, iniciação e prática esportiva, de ensino de esportes e de recreação esportiva.

Sancionado Auxílio Emergencial para o setor Cultural em São Luís

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Pode), sancionou na noite desta quarta-feira, dia 24, a Lei de iniciativa do executivo e aprovada esta semana pela Câmara Municipal, que cria o Auxilio Emergencial para o setor Cultural na capital maranhense.

O Auxílio Municipal Emergencial – Carnaval de São Luís, será pago em uma parcela única e terá valor mínimo de R$ 1 mil e máximo de R$ 10 mil, conforme os critérios que serão estabelecidos pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Terão direito ao benefício, cantores e cantoras; agremiações carnavalescas; blocos e grupos tradicionais; e bandas e grupos musicais, com comprovada atuação nos circuitos oficiais do Carnaval de São Luís, nos últimos dois anos.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secult, publicará editais de chamamento, fixando os procedimentos e requisitos para a solicitação desse auxílio municipal emergencial. Fica sendo ainda de responsabilidade da Secretaria, a adoção das medidas necessárias para a ampla publicidade e transparência dos referidos editais.

Eduardo Braide anuncia nomes para Saúde, Cultura e SEMDEL

A escolha do cardiologista Joel Nunes para pasta da Saúde em São Luís já era esperada, no inicio da tarde desta quinta-feira, dia 31, foi confirmada e anunciada por Eduardo Braide.

Pós-graduado em Gestão Pública e Conselheiro do CRM-MA, ficou na primeira suplência de vereador em São Luís, participou ativamente da campanha de Eduardo Braide, e também da equipe de transição do prefeito eleito.

“Acompanhei a transição de governo desde o início e estou ciente dos desafios que a gestão de @eduardobraide enfrentará. Ao lado de uma equipe preparada, cuidaremos da saúde de São Luís e a daremos à população ludovicense a saúde que merecem e tem direito. Conta comigo, São Luís!”, disse Dr. Joel nas redes sociais.

Outras duas pastas tiveram os nomes dos titulares anunciados, o cantor e compositor Marco Dualibe (Cultura), e o professor e administrado Ricardo Diniz (SEMDEL)

“Tenho vontade de encher ele de porrada pra virar gente”, Alcione para Sérgio Camargo

 

alcione
Cantora Alcione e Sérgio Camargo/Foto: Reprodução

A cantora Alcione mandou um recado para Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmare no governo Bolsonaro, durante a live da sambista Teresa Cristina, que passou fazer shows diários de sua casa durante a pandemia.

“Hoje eu vi aquela zé ninguém lá da Fundação Palmares. Ainda dou na cara dele para parar de ser um sem noção”. Em áudio vazado, Camargo chamou o movimento negro de “escória maldita” e Zumbi dos Palmares de “filho da puta” (…) A gente vê tanto sofrimento. Você vê os negros americanos naquela batalha, por causa daquele senhor que morreu com aquele filha da mãe com o joelho nele. A gente vê as coisas que acontecem no Brasil, com bala perdida e tudo. Então a gente vê uma pessoa da nossa cor falando uma besteira daquelas, tenho vontade de arrancar da televisão e encher de porrada pra virar gente”, disse Alciione.

Um aúdio de Sérgio Camargo vazou erepercutiu em vários veiculos de comunicação na terça-feira (2). Nele o presidente da Fundação Palmares diz que o movimento negro é “escória maldita” e Zumbi dos Palmares é um “filho da puta”.

Políticos se manifestam sobre discurso nazista de Roberto Alvim

 

roberto-alvim
Foto: Reprodução

A mais nova polêmica criada pelo governo Bolsonaro, desta vez protagonizada por Roberto Alvim, Secretário Especial de Cultura, pasta com estato de ministério, ocorrido na noite de quinta-feira (16), onde em pronunciamento ele cita trechos de discurso nazista, motivou vários políticos se manifestaram e pediram a cabeça do secretário nas redes sociais.

“Um vídeo nazista não é apenas ridículo. É perigoso e ilegal. Desrespeita os judeus no mundo inteiro, inclusive no Brasil. Deve ser objeto de repúdio e de providências no Congresso Nacional e no Poder Judiciário”, Fávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara Federal.

“Não é possível que se tolere que o Sec. da Cultura do governo, Roberto Alvim faça plágio de trechos de um discurso de Joseph Goebbels, min. da Propaganda de Hitler com trilha sonora e tudo, e permaneça no cargo. É inconcebível que esse discurso abjeto seja visto como normal”, Senadora Eliziane Gama (Cidadania).

“O Secretário de Cultura, Roberto Alvim, escancarou a propaganda nazista citando e imitando Goebbels, o auxiliar de Hitler. Uma afronta a judeus e a todos os democratas; um acinte que não pode passar impunemente. Fora Alvim” deputado federal Márcio Jerry (PCdoB).

“O secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, plagiou a proposta nazista ao propor uma nova arte e reproduziu uma fala de Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda na Alemanha governada por Hitler. Precisamos parar tudo e tomar medidas importantes para coibir atitudes como essa”, deputado federal, Gil Cutrim (PDT).

“Secretário de cultura de Bolsonaro faz discurso nazista, citando um nazista, com estética nazista. Não há qualquer dúvida. Estamos diante de uma ameaça concreta à democracia”, deputado federal Marcelo Freixo (PSOL).