Voos diretos de São Luís para os EUA a partir do dia 16 de dezembro

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), anunciou nesta segunda-feira, dia 28, o inicio de voos diretos de São Luís para a Flórida, nos Estados Unidos, toda semana a partir do dia 16 de dezembro. O governador também informou que haverá em breve também voos para Portugal.

“Boa notícia para o nosso turismo! A partir de 16 de dezembro, o aeroporto de São Luís terá quatro voos diretos para a Flórida, nos Estados Unidos, toda semana. O acordo firmado com a companhia aérea Azul reforça o nosso compromisso com a ampliação do turismo internacional (…) Somente este ano, já asseguramos novas linhas aéreas diretas de São Luís para Barreirinhas e agora para a Flórida. Em breve, teremos ainda uma linha direta para Portugal, e seguimos prospectando investimentos que possibilitem a criação de novos aeroportos regionais no Maranhão.”, destacou Carlos Brandão.

O voo entre São Luís e Belém foi acordado com a Azul para encurtar distâncias e fomentar o turismo nacional e internacional, além de criar um fluxo de tráfego alternativo aos grandes hubs internacionais do país. A nova opção para chegar aos EUA, por meio de Fort Lauderdale/Miami, um dos destinos mais procurados pelos brasileiros, significa uma economia de tempo de diversas horas, sem que os passageiros precisem se deslocar para grandes aeroportos, como Guarulhos ou Galeão.

A ação vai fortalecer as tratativas da Rota Amazônia planejada pelas secretarias estaduais do Maranhão, Pará e Amazonas. A ideia é unir os principais atrativos da Amazônia dos três estados, que mais recebem turistas na região, para ganhar competitividade no mercado. 

Nos próximos meses, o estado recebe o voo internacional ligando o Maranhão às terras lusitanas. A rota charter ligará Lisboa – Ponta Delgada – São Luís e será operada pela Sata Azores Airlines. A ligação aérea inédita e estratégica permitirá trabalhar de forma diferenciada o mercado brasileiro, visando, dessa forma, a atração de novos turistas.

Os pacotes do voo charter são uma parceria com a Taguatur e as operadoras portuguesas Solférias e Exótico, e seguimos fortalecendo parceria com a companhia aérea de Açores para voo regular ainda em 2023.

São Luís atinge maior ocupação hoteleira dos últimos 10 anos

A Taxa de Ocupação Hoteleira em São Luís, no primeiro semestre de 2022, registrou uma média de 57% da rede local superando os últimos 10 anos. O destaque no período foi o mês de junho, que atingiu mais de 70% da ocupação de hotéis e pousadas.

As médias do primeiro semestre são: 2012 (56%), 2013 (50%), 2014 (50%), 2015 (47%), 2016 (47%), 2017 (50%), 2018 (52%), 2019 (55%), 2020 (31%), 2021 (42%) e 2022 (57%). 

Brenda Leite, coordenadora responsável pelas pesquisas, explicou que é possível afirmar que mais de 78% dos hospedados nos hotéis são pessoas de fora da cidade.

“Nós sempre cruzamos os dados do fluxo turístico coletados nos portões de entrada de São Luís e comparamos com a ocupação hoteleira. As médias são proporcionais”, disse Brenda.

O levantamento também apontam pontos positivos para a cidade: 92% dos visitantes consideram a sua experiência em São Luís como boa ou ótima, e em relação ao gasto médio, 55% dos turistas gastam em média R$ 350,00 por dia, e os outros 45% gastam até R$ 200,00 por dia.

Os dados são de pesquisas realizadas pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), em parceria com o Observatório de Turismo da Cidade de São Luís, que monitora e acompanha o crescimento do setor na capital maranhense.

São João do Maranhão começa dia 27 de maio e vai até 31 de julho

O governador Carlos Brandão em coletiva no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (10), lançou o São João do Maranhão 2022. Foram apresentadas estratégias, programação e expectativa para impulso dos setores turístico, econômico e cultural.

“..Esse é um momento histórico, de resgate da nossa cultura e do nosso São João. Tivemos um período delicado do coronavírus, com muito sofrimento, muitas dificuldades, óbitos; mas, nosso estado foi um dos que se saiu melhor no combate à pandemia e avançamos muito no que diz respeito à vacinação, que é o principal mecanismo contra a doença. Agora, vivemos outro momento, em que outros estados também retomam suas atividades de trabalho e também, culturais (..) Sabemos da importância, da necessidade de divulgação e do compromisso destes grupos. Não podemos deixar de pagar o São João e isso não vai acontecer. O recurso tem que vir antes da festa e já está garantido..”, destacou o governador Carlos Brandão.

Os festejos juninos iniciam dia 27 deste mês e prosseguem até 31 de julho, sempre de quinta a domingo, em arraiais na Região Metropolitana de São Luís e interior do estado. Serão mais de 500 atrações e a previsão é de cerca de 450 mil visitantes no período. 

A descentralização das atividades é outro diferencial do festejo junino, que alcançará municípios da Região Metropolitana de São Luís e do interior. A programação estará, entre outros espaços, na Praça Nauro Machado, Ipem, Parque do Rangedor, zona rural, Shopping da Ilha, Cohama, Ceprama, Vila Palmeira, Madre Deus, Cidade Operária, Maiobão, Santo Antônio, Lagoa da Jansen, Convento das Mercês e em vários bairros da Grande Ilha; e, também, em municípios do interior do estado com tradição junina, incluindo cidades das regiões do Munim, Baixada e Tocantina.

Othelino Neto participa de entrega de obras em Barreirinhas

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, acompanhou o governador Flávio Dino sabado, dia 28, em ampla agenda em Barreirinhas.

No município foi concluída a revitalização do novo Farol Preguiças, no povoado Mandacaru, e também foi realizada a assinatura da ordem de serviço para construção da ponte do Rio Preguiças.

“Essa obra também vai melhorar a vida das pessoas que moram nas áreas mais afastadas de Barreirinhas, que passarão a ter mais facilidade para chegar à sede. Parabenizo o governador Flávio Dino por essa importante iniciativa e por muitas outras ações do Governo do Estado já executadas no município”, destacou Othelino, sobre a Ponte do Rio Preguisas.

O prefeito de Barreirinhas, Dr. Amílcar Rocha, agradeceu o apoio do deputado Othelino Neto e do governador Flávio Dino, pelo empenho em levar, cada vez mais, benefícios e melhorias ao município.

“São muitos investimentos que já recebemos. Só temos a comemorar por essa importante parceria, que tem beneficiado muito a cidade e a nossa população”, disse o gestor.

Foram entregues, ainda, quatro cisternas escolares, além de cestas básicas do programa ‘Comida na Mesa’ e kits esportivos a times de futebol amador locais.

Governo do Maranhão entrega obras do Mirante da Avenida Litorânea

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) inaugurou, na noite de quarta-feira (21), uma gigantesca escultura em formato de serpente, no Mirante da Avenida Litorânea, que foi completamente reformado e revitalizado. O vice-governador Carlos Brandão participou da entrega da obra.

“Tenho certeza que essa obra atrairá mais turistas e ainda vai gerar emprego e renda (..) O mais novo ponto turístico ficou bonito demais e dá pra tirar fotos maravilhosas”, finalizou Carlos Brandão.

O Mirante recebeu praça com novos acabamentos, novo mobiliário, paisagismo, inserção de guarda-corpo, pintura e iluminação.

A escultura instagramável “O despertar da Serpente” é assinada pelo artista Ítalo Fonseca.

Entregue as chaves da primeira etapa do projeto Aluguel no Centro

O Governo do Maranhão entregou nesta quinta-feira, dia 1º, as chaves da primeira etapa do projeto Aluguel no Centro.

Foram entregues seis chaves aos beneficiários contemplados em sorteio realizado no final de maio.

O Aluguel no Centro compõe o eixo habitacional do programa Nosso Centro e incentiva a habitação no centro da capital. O projeto visa garantir o pagamento de 80% do valor do aluguel, com concessões válidas por períodos de até 5 anos.

Com um investimento de aproximadamente R$ 190.000, todos os imóveis passaram por intervenções estruturais. No primeiro lote do projeto foram sorteados nove imóveis.

O projeto envolve as Secretaria de Estado de Cultura, Governo, Cidades, Ciência e Tecnologia, Turismo, Agência Executiva Metropolitana e Empresa Maranhão Parcerias (MAPA).

– A primeira residência está localizada na Rua do Sol/Nina Rodrigues, n º535 Centro, São Luís. O valor do aluguel é R$ 1.200,00, o locatário pagará apenas R$ 300,00. 
– O segundo imóvel está localizado Rua Pespontão, nº 154, Centro, São Luís. O valor da locação é de R$ 1.000,00, o Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.
– O terceiro imóvel está situado na Rua da Alegria, n° 152, Centro, São Luís. O valor do aluguel é R$ 700,00. O Estado pagará R$ 560,00 e o beneficiário R$ 140,00.
– Localizado na Rua do Apicum, 70, Centro, o quarto imóvel custa R$ 1.000,00. O Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.
– O quinto imóvel está situado na Rua do Apicum, 70, Centro, o valor do aluguel é R$ 1.000,00. O Estado pagará R$ 800,00 e o beneficiário R$ 200,00.

Praias na Grande São Luís estão com 60% próprias para o banhho

Relatório mostra que a Ilha de São Luís tem 60% das praias próprias para banho. Ou seja, de acordo com os padrões exigidos. 

É o melhor resultado alcançado desde janeiro deste ano, há dez meses. 

O documento foi apresentado em entrevista coletiva por representantes do grupo de trabalho que acompanha e analisa as condições do litoral na Grande Ilha. 

Dos 22 pontos analisados, entre o Espigão e o Mangue Seco, 13 estão adequados. Outros nove oferecem condições impróprias. 

O grupo de trabalho responsável pelo relatório é formado pelas Secretarias de Governo, Meio Ambiente, Segurança, Turismo, Bombeiros e Caema. 

Fatores

Naturais: a redução das chuvas ajudou no resultado, pois há menos escoamento para as águas do mar. A maré do segundo semestre também contribuiu. 

Operacionais: incluem as fiscalizações na faixa do litoral e as ações de educação ambiental. Além disso, também há obras realizadas ou sendo executadas nos rios Pimenta, Claro, Calhau e na Lagoa da Jansen.

Trechos próprios
Praia da Ponta d’Areia – Em frente ao Farol
Praia do Calhau – Em frente à Elevatória da Caema
Praia do Calhau – Em frente à pousada Vela Mar
Praia do Olho d’Água – À direita da Elevatória Iemanjá II
Praia do Olho d’Água – Em frente à casa com pirâmides no teto, antes da falésia
Praia do Meio – Em frente ao Kactus Bar
Praia do Meio – Em frente ao Bar do Capiau 2
Praia do Araçagi – Em frente à descida principal do Araçagi
Praia do Araçagi – Em frente ao Bar da Atalaia
Praia Olho de Porco – Em frente ao Bar Rainha
Praia Olho de Porco – Em frente ao Las Vegas Bar
Praia do Mangue Seco – Última Barraca antes do Mangue
Praia do Mangue Seco – Entre a Barraca da Val e a Barraca do Sr. Pedro

Trechos impróprios
Praia da Ponta d’Areia – Ao lado do Espigão
Praia da Ponta d’Areia – Em frente ao condomínio Bordaux
Praia da Ponta d’Areia – Em frente à Praça do Banhista
Praia de São Marcos – Em frente aos Bares do Chefe e Desfrute
Praia de São Marcos – Em frente ao Batalhão do Mar
Praia de São Marcos – Em frente ao Heliporto
Praia de São Marcos – Em frente à Banca de Jornal
Praia do Calhau – Em frente à pousada Suíça
Praia do Olho d’Água – Em frente à descida da Rua São Geraldo

Governo do Maranhão quer a gestão do Parque Nacional dos Lençóis Maranhense

 

brasil-lencois-maranhenses-868x644-750x430
Foto: Reprodução

O estado do Maranhão quer ficar com a gestão dos lençóis maranhenses. Principal ponto turístico do Maranhão, o território é federal e recentemente foi incluído em uma lista de localidades que serão privatizadas pelo governo de Jair Bolsonaro, junto com os parques nacionais de Jericoacoara (CE) e Iguaçu (PR).

A movimentação para trazer o espaço para influência do estado começou antes mesmo do anúncio da privatização. O governador Flávio Dino enviou um ofício ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) pedindo que a gestão passasse para o estado, por meio da Maranhão Parcerias (Mapa), em 6 de setembro.

“A proposta fortalecerá as relações interinstitucionais entre o Estado do Maranhão e a União, aperfeiçoará a gestão socioambiental integrada da unidade de conservação em apreço, bem como a sua relação com o seu entorno”, defende o governador Flávio Dino.

O ofício, porém, até hoje não recebeu resposta. Pouco menos de três meses depois, em 3 de dezembro, o governo federal anunciou que o parque seria privatizado, mesmo com a demonstração de interesse do estado.

“O governo estadual destaca que mantém o interesse na administração do parque e que aguarda um retorno sobre o pedido feito pelo governador Flavio Dino em junho, ao Ministério do Meio Ambiente”, disse o governo do Maranhão em nota.

O Ministério do Meio Ambiente ainda não se posicionou oficialmente sobre a solicitação do governo do Maranhão. (Congresso em Foco)

Márcio Jerry destaca parceria de Flávio Dino e Edivaldo Junior em São Luís

 

dinoedivaldo
Governador Flávio Dino (PCdoB) e o Prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT)/Foto: Reprodução

O deputado Márcio Jerry (PCdoB), parabenizou nesta quinta-feira (7), na Câmara Federal a parceria do governo do Estado do Maranhão e a prefeitura da capital. Ele destacou programas como ‘Nosso Centro’ e ‘São Luís em Obras’

De acordo com o parlamentar o trabalho que vem sendo realizado pelo governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Junior na capital maranhense estão apresentando resultados importantes, principalmente na área do turismo e infraestrutura.

Programa ‘Nosso Centro’ em São Luís será lançado nesta segunda-feira (24)

 

saoluis3

O governo do Maranhão lançará nesta segunda-feira (24), o projeto de revitalização do Centro Histórico de São Luís, com o nome de Programa Nosso Centro. Com investimentos inicialmente previstos de R$ 100 milhões, o objetivo realizar várias obras que valorizarão mais o local como novos museus, eventos regulares e decorações temáticas.

O Programa vai fomentar a habitação, comércio e atividades culturais como pilares de desenvolvimento da região.

O desenvolvimento será promovido a partir da criação de Polos, que visam criar condições de reabilitação urbana do Centro Histórico da cidade. Serão criados os polos Habitacional, Tecnológico, Cultural e Turístico, Comercial e Gastronômico e o Institucional.

Além da revitalização de prédios e ações de facilitação de moradias, com os polos haverá a criação de um parque tecnológico e outras iniciativas, entre essas, o incremento das estratégias de segurança pública e infraestrutura.