TRE-MA realiza 1ª reunião do Comitê de Segurança das Eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão realizou nesta sexta-feira, dia 12, a primeira reunião do Comitê de Segurança das Eleições 2022.

Como acontece todos os anos eleitorais, o TRE-MA trabalha em parceria com estes órgãos para mapear dados e trabalhar de forma conjunta e proativa, prevenindo e evitando conflitos.

Fizeram-se presentes as polícias federal, militar, civil, rodoviária e corpo de bombeiros, Secretaria de Segurança, 24º Batalhão de Infantaria de Selva, Capitania dos Portos, Agência de Inteligência.

Operações com Pix à noite a partir de hoje só até R$ 1 mil

Da Agencia Brasil

A partir de hoje (4), as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h terão limite de R$ 1mil.

A medida foi aprovada pelo Banco Central (BC) em setembro, com o objetivo de coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

As contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pelas novas regras. A restrição vale tanto para transações por Pix, quanto por Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), boletos e compras com cartões de débitos.

Dino anuncia flexibilização e 2ª dose da vacina para Educação e Segurança

O governador Flávio Dino (PSB), durante coletiva sobre o panorama da pandemia no Maranhão, nesta sexta-feira, dia 2, anunciou algumas flexibilizações, destacou a posição do estado na taxa mortalidade alem de anunciar estratégia para avançar anda mais na vacinação.

MEDIDAS VIGENTES ATÉ 12 DE JULHO

TODO O ESTADO

  • Eventos com até 150 pessoas
  • Realização dos eventos: até 0h
  • Administração pública estadual: 80% da capacidade
  • Igrejas: 70% de capacidade

ILHA DE SÃO LUÍS

  • Grupo de risco vacinado poderá retornar ao trabalho após 30 dias (exceto gestantes). Setores público e privado
  • Comércio e indústria entre 9h e 21h
  • Bar e restaurante: até 0h
  • Supermercados: das 6h à 0h
  • Supermercados, academias, salões, bares e restaurantes: 70% de capacidade

SEGUNDA DOSE PARA EDUCAÇÃO E SEGURANÇA

  • Trabalhadores da segurança, salvamento e forças armadas
  • Profissionais da Educação
  • Devem retornar ao local da 1ª dose conforme data do Cartão de Vacinação

SÃO LUÍS – Início dia 5, segunda-feira

  • CINTRA/IEMA (também para quem vacinou no CEJOL)
    Segunda a Sexta: 8h às 16h
    Sábado: 8h às 12h
  • DRIVE THRU São Luís Shopping
    Segunda a Sexta: 8h às 16h
    Sábado: 8h às 12h

IMPERATRIZ – Início dia 5, segunda-feira

  • DRIVE THRU Imperial Shopping
    Segunda a Sexta: 8h às 16h
    Sábado: 8h às 12h

Demais municípios:
A imunização acontece no mesmo local da 1ª dose conforme data do Cartão de Vacinação

POLICLÍNICA DO IDOSO

Consultas e exames: Whatsapp (98) 98568-3536
Atendimento: 7h às 19h, de segunda a sexta
Especialidades: endocrinologia, cardiologia, gastroenterologia, ginecologia, ultrassonografia, vascular, reumatologia, urologia, geriatria, neurologia, Proctologia, psiquiatria, pneumologia, clínica geral e odontologia.

Governo alinha logística do plano de vacinação contra a Covid-19 no Maranhão

Secretarias de Estado da Saúde, Governo e Segurança (SSP) se reuniram, nesta quinta-feira, dia 14, e alinharam as estratégias para receber e distribuir a vacina contra a Covid-19 no Maranhão.

O encontro aconteceu no Palácio dos Leões, e contou com a participação do secretário, Carlos Lula, Diego Galdino, e representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança Pública. 

“Acreditamos que até o final deste mês estaremos iniciando o processo de imunização. Dessa maneira, é importante priorizarmos a segurança e, ao mesmo tempo, a celeridade durante a recepção e distribuição das doses. Nosso objetivo é continuar fazendo aquilo que temos feito desde o início da nossa gestão, que é cuidar das pessoas, e durante o enfrentamento à Covid reforçamos ainda mais este compromisso vital”, disse Carlos Lula. 

A Segurança dará apoio no transporte e distribuição das vacinas aos municípios. As vacinas virão de Fortaleza (CE) com destino para São Luís. Na capital, serão encaminhados para a Central Estadual de Distribuição e direcionadas às 18 Regionais de Saúde do estado e Região Metropolitana de São Luís.

Todo o processo deverá ser realizado em até três dias, com uso de vans refrigeradas e transporte aéreo. 

“Cada um dos presentes terá grande papel nesta mobilização. Acreditamos que ela poderá ser referência não apenas no estado, mas também para todo o país. Contamos com o planejamento que cada prefeitura está fazendo para executarmos com sucesso o Plano Estadual de Vacinação”, destacou Diego Galdino.  

Conforme o Plano Estadual de Vacinação, o cronograma de imunização contra a Covid-19 foi dividido em três fases. Na primeira fase estão os trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas; população em situação de rua; população indígena, aldeada em terras demarcadas; povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

A previsão dada pelo órgão federal é para que a vacinação comece simultaneamente em todos os estados na próxima semana. 

A Secretaria de Estado da Saúde garantiu o envio de 4 milhões de insumos, entre seringas e agulhas, aos municípios. Ao todo, o Maranhão conta com mais de 2 mil pontos de vacinação.

Empossados novos delegados, investigadores, peritos e escrivães na Polícia Civil do Maranhão

Delegados, investigadores, peritos e escrivães tomaram posse, nesta quarta-feira, dia 28, nos quadros da Polícia Civil do Maranhão.

Foram empossados 81 policiais, que integram a turma formada em 2018, aprovados em concurso público do Governo do Estado.

Passam a integrar o quadro efetivo da Polícia Civil, mais 10 delegados, 10 peritos, 16 escrivães e 45 investigadores.

Na gestão Flávio Dino já são 193 novos policiais civis efetivados na Segurança Pública.

Entre 2015 a 2020 foram inseridos mais de 5,4 mil novos servidores no sistema de Segurança, incluindo policiais civis e militares, Corpo de Bombeiros, legistas e agentes penitenciários. 

Dino destrói boato sobre ‘negação de segurança’ a Bolsonaro em Balsas no MA

O governador Flávio Dino (PCdoB), reagiu rápido ao boato de que teria negado segurança ao presidente Bolsonaro, em Balsas, região Sul do Maranhão.

Dino ao tomar conhecimento da informação, contestou a ‘negativa de segurança’ ao presidente, e classificou o ocorrido de mentira e irresponsabilidade.

“Alguns irresponsáveis estão mentindo à população de Balsas sobre o cancelamento de uma suposta visita de Bolsonaro à cidade. Não houve nenhuma negativa de segurança a ele. Gostaria que mostrassem o documento que provaria a fantasiosa versão”, alertou o governador do Maranhão.

O governador do Maranhão voltou se posicionar nas redes sociais, ainda na noite de ontem, para em tom de indignação mostrar de onde surgiu o boato e cobrar provas.

“..descobrir que a mentira de que eu neguei segurança a Bolsonaro em Balsas partiu dele próprio..”, destacou Dino no twitter.

Homicídios continuam caindo no Maranhão desde 2015, mostra Atlas da Violência

A mais recente edição do Atlas da Violência divulgado nesta semana no Brasil mostrou que os homicídios no Maranhão continuam caindo. A queda é de 9,5% entre 2017 e 2018. 

O Atlas é elaborado pelo Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

A pesquisa confirma aquilo que outros levantamentos têm mostrado: o Maranhão vive uma queda consistente dos homicídios desde 2015, quando uma nova estratégia para a segurança pública no estado. 

Entre 2008 e 2014, os assassinatos no Maranhão aumentaram ano a ano, de acordo com o Atlas da Violência, até chegar à taxa de 35,3 homicídios a cada 100 mil habitantes. 

De lá para cá, a taxa vem caindo anualmente, chegando a 28,2 por 100 mil habitantes em 2018.

Os números de 2019 não estão prontos ainda e serão divulgados no ano que vem.

A queda entre 2015 e 2018 contrasta com o aumento vertiginoso verificado antes desse período. A taxa tinha aumentado 75%. Só em 2015 começou a cair.

O Atlas da Violência também mostra que o Maranhão continua reduzindo a taxa de homicídios de jovens. São pessoas na faixa entre 15 e 29 anos e que representam um grupo vulnerável no Brasil. A queda entre 2017 e 2018 foi de 12,1%.

Mulheres

Ainda de acordo com o estudo do Ipea, o Maranhão também mantém avanços na redução do assassinato de mulheres, com queda de 5% entre 2017 e 2018.

Negros

Outra queda verificada de homicídios é entre negros. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes caiu 10,4% em 2018.

Maranhão tem maior percentual de acesso de presos à Educação no país

 

Foto: Reprodução

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Maranhão é a unidade da federação que mais tem garantido acesso à educação aos internos do Sistema Prisional. O governador Flávio Dino classificou a importante posição do Estado no levantamento ao “cumprimento da lei e zelo com da segurança da sociedade”.

Cinco mil policiais atuarão durante o Carnaval no Maranhão

 

Carnaval
Segurança no Carnaval do Maranhão (Foto: Nael Reis)

Cerca de cinco mil policiais militares atuarão para garantir a segurança na capital durante o carnaval e também nas cidades do interior do estado. O trabalho será realizado do dia 21 a 25 de fevereiro.

“Com o nosso trabalho, desde 2015 conseguimos garantir um carnaval de alegria e paz para a população e visitantes, estamos preparados para manter a segurança nos cinco dias de folia”, destacou o Sec. de Segurança Jefferson Portela.

O planejamento inclui a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, além do apoio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) e também Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) e Guarda Municipal de São Luís.

Serão montadas barreiras nos circuitos oficiais e o patrulhamento será feito a pé, em viaturas, motos e também com o apoio da equipe de cavalaria e do Centro Tático Aéreo.

“Estamos a postos com todas as unidades da corporação para o que for necessário”, afirmou o Comandante da PM, Cel Pedro Ribeiro.

Os plantões de polícia, o trabalho técnico e científico da Polícia Civil serão também mantidos durante o carnaval com a mobilização do efetivo da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

Dino contesta Moro e diz que redução de ônibus queimados no país é mérito dos Estados

 

dino e moro
Flávio Dino governador do Maranhão, e Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança/Foto: Reprodução

O site Poder 360 divulgou nesta segunda-feira (27), dados sobre Segurança Pública onde revela redução do número de ônibus queimados no Brasil no ano 2019 em consequência de ações criminosas. Nas redes sociais, a exemplo do que aconteceu quando da redução de homicídios, o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança) se apressou para comemorar e atribuir o resultado ao governo Bolsonaro, para não dizer diretamente ser dele o mérito.

‘Em 2019, menor número de ônibus incendiados desde 2012. Os criminosos perceberam que no Gov do PR @jairbolsonaroo jogo mudou. Fonte da informação: Poder360.’, disse Moro no twitter.

Também no twitter, Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, se posicionou sobre a redução do número de ônibus queimados em 2019, onde demonstrou a quem deve ser creditado o mérito da redução das ações criminosas ao contrário do que disse Moro que alegou ser do governo Bolsonaro. Flávio Dino disse a redução é resultado do trabalho dos policias e ações dos Sistemas de Segurança Estaduais.

‘Mérito dos sistemas estaduais de Segurança Pública. Parabenizo os seus dirigentes, os policiais civis e militares e os colegas governadores pelos investimentos realizados’, destacou Flávio Dino.

onibus