Mensagens apontam que Dallagnol usou Lava Jato para ficar famoso e lucrar muita grana

 

lucro
Deltan Dallagnol e Sérgio Moro/Foto:Reprodução

O The Intercept Brasil e Folha de SP publicaram neste domingo (14), novas mensagens que complicam mais ainda o coordenador da Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol. De acordo com a publicação, ele montou um negócio lucrativo envolvendo palestras e eventos, tudo catapultado pela fama obtida com a Operação Lava Jato.

Veja como Dallagnol usou a Lava Jato para faturar

‘O lema agora é: os parentes acima de tudo’, Flávio Dino sobre a polêmica da embaixada nos EUA

 

Bolsonaro-cogita-nomear-Eduardo-embaixador-do-Brasil-nos-EUA
Foto: Reprodução

Consultado pelo Jornal Folha de São Paulo nesta sexta-feira (12), sobre a polêmica da indicação do deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, para embaixada do Brasil nos Estados Unidos da America, o governador do Maranhão disse que o Brasil fará história com ‘o primeiro caso de nepotismo internacional do Brasil”.

folha de embaixada

Para Flávio Dino, que também é ex-juiz federal e professor de Direito Constitucional, as leis e tradições diplomáticas brasileiras devem ser respeitadas.

“A Constituição, as leis e as elevadas tradições da nossa diplomacia devem ser respeitadas, quando do provimento de cargos no Itamaraty. O STF por meio de Súmula Vinculante, veda privilégios a parentes da autoridade nomeante”, disse Flávio Dino.

O Antagonista site a serviço de Moro anuncia prisão do ‘hacker’

 

img_brasil-247_glenn-greenwald-e-sergio-moro
Foto: Reprodução

Funcionando como especie de braço midiático a serviço do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro, o site o Antagonista, anunciou junto nesta sexta-feira (12), com estardalhaço a prisão do suposto ‘hacker’ dos vazamentos das conversas com evidências de ilegalidades praticadas por Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, no âmbito da Lava Jato.

“O hacker que roubou as mensagens de Deltan Dallagnol vai ser preso”, anunciou o site junto com a revista Crusoé, do mesmo grupo de comunicação.

(Revista Forum)

Embaixada nos EUA: Bolsonaro diz que filho fala Inglês, Espanhol e também é amigo dos filhos de Trump

 

eduardo bolsonaro
Deputado Federal Eduardo Bolsonaro em comitiva do pai nos EUA usando um boné de apoio à Donald Trump Foto: Reprodução

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (11) que cogita nomear o filho Eduardo Bolsonaro , deputado federal pelo PSL-SP, como embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Bolsonaro disse também hoje, que por ele, decidiria logo.

“Está no meu radar sim, é uma possibilidade” declarou Bolsonaro.

Bolsonaro justificou sua intensão de indicar o próprio filho para embaixada nos EUA, em razão das qualidades do filho.

“Ele é amigo dos filhos do Trump, fala inglês e espanhol, tem uma vivência muito grande no mundo. Poderia ser uma pessoa adequada e daria conta do recado perfeitamente” disse Bolsonaro todo orgulhoso.

A legislação brasileira estabelece que os chefes de missão diplomática permanente devem ser escolhidos entre os ministros de primeira ou segunda classe (em casos específicos) do Itamaraty, mas abre uma exceção. Também podem ocupar o posto brasileiros natos que não pertençam aos quadros do Ministério das Relações Exteriores e sejam maiores de 35 anos de idade, “de reconhecido mérito e com relevantes serviços prestados ao país”.

A possibilidade de nomear o filho 03 para comandar a Embaixada em Washington veio a público, portanto, um dia depois de o deputado preencher um dos requisitos para assumir o posto. Completar 35 anos.

(Informações O Globo)

Márcio Jerry chama de cínica desculpa de Dallagnol para não comparecer a Câmara

 

delta
Procurador Deltan Dallagnol desiste de comparecer à Câmara para falar sobre mensagens divulgadas pela The Intercept/Foto: Reprodução

O procurador e coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, comunicou que não comparecerá a convite da Câmara Federal nesta terça-feira (9), para responder questionamentos dos parlamentares sobre a VAZA JATO.

As criticas a Deltan nas redes sociais foram imediatas, o deputado federal Marcio Jerry (PCdoB-MA), chamou de cínica a justificativa feita pelo procurador.

deltan camara

No ofício enviada à Câmara Federal Deltan Dallagnol disse que suas ações estão sujeitas à apreciação do Poder Judiciário. Em outras palavras, que não está obrigado a dá satisfação sobre as denuncias ao Poder Legislativo.

oficio deltan

Licença de Moro não tem a ver com escândalos da Vaza Jato. Então tá!..

 

moro e dallagnol
Dallagnol e Moro/Foto: Reprodução

Desgastado pelas denuncias do The Intercept Brasil em parcerias com outros órgãos de imprensa, Sérgio Moro vai se licenciar do Ministério da Justiça na próxima segunda-feira (15).

Convidado para compor a equipe de Bolsonaro antes do segundo turno das eleições presidências de 2018, quando ainda era o juiz responsável em julgar os casos da Lava Jato, passou recentemente sofrer sérias denuncias de que teria atuado com parcialidade e motivação política.

O período de afastamento de Moro será de 15 a 19 deste mês de julho, segundo o Ministério da Justiça. A informação está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira(8), mas ão apresenta detalhes sobre os motivos.

Coincidentemente a solicitação da licença de Moro ocorre paralelamente a divulgação do site de extrema-direita O Antagonista, porta voz do governo Bolsonaro e da Lava Jato, sobre prisões que deverão ser realizadas pela Polícia Federal, relacionadas a obtenção das mensagens divulgadas pelo Intercept. 

A PF integra a estrutura do Ministério da Justiça comandado por Sérgio Moro.

Irmão de Bolsonaro disse que ‘o pai deles nunca deixou um filho trabalhar’

 

bolsonaro-jair-evaristo-sa-afp-918x540
Presidente Jair Bolsonaro/Foto: Reprodução

(Do Correio Brasiliense)

Após o presidente Jair Bolsonaro dizer que trabalhou desde os “9, 10 anos”, internautas recuperaram uma entrevista com a família do então deputado federal, em março de 2015, na qual um dos irmãos de Bolsonaro nega que qualquer um deles tenha trabalhado quando criança.

A reportagem, da revista Crescer, ouviu a mãe de Bolsonaro, Olinda Bolsonaro, e um dos irmãos, Renato Bolsonaro, que, em determinado momento fala da relação dele e dos irmãos com o pai.

“Meu pai tinha o estilão dele, boêmio. Mas nunca deixou um filho trabalhar, porque achava que o filho tinha que estudar”, disse.

O relato de Renato vai de encontro com o de Bolsonaro na última quinta-feira (4/7). Em mais uma de suas transmissões ao vivo pelo Facebook, Bolsonaro sugeriu que era a favor do trabalho infantil. “Trabalho dignifica o homem, a mulher, não interessa a idade”, disse.

A entrevista voltou à tona pelo Twitter. Muitos internautas comentaram a entrevista.

bozo 3

bozo 2

bozo 1

bozo 4