MP-MA quer outra empresa para o concurso da Assembleia Legislativa

O Ministério Público do Maranhão recomendou, nesta quinta-feira, dia 23, ao deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa, rescisão do contrato com a Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (CEPERJ), responsável pelo do concurso público do órgão legislativo.

Assinam o documento os titulares das Promotorias de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de São Luís, Marcos Valentim Pinheiro Paixão, Adélia Maria Souza Rodrigues Morais e João Leonardo Sousa Pires Leal.

O presidente da Assembleia tem 15 dias para informar ao MPMA o eventual acatamento da Recomendação.

Desembargador Ney Belo cassa prisão preventiva de Milton Ribeiro

O desembargador do TRF-1 em Brasília, Ney Belo, sem entra no mérito da investigação, cassou a decisão liminar nesta quinta-feira, dia 23, que determinou a prisão preventiva do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, ocorrida ontem pela Polícia Federal, no âmbito da operação “Acesso Pago”, com base no suposto esquema de corrupção no MEC.

O desembargador também estendeu a decisão aos demais alvos da operação, entre eles, os pastores evangélicos Gilmar Santos e Arilton Moura.

O mérito da Habeas Corpus do ex-ministro será analisado pela 3ª turma Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Exame/Ideia: Lula lidera com 45% ; e 53% não querem Bolsonaro reeleito

Pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta quinta-feira, dia 23, confirma o que os levantamentos anteriores apontam, a vitória do ex-presidente Lula (PT), inclusive com possibilidade no 1º turno.

O levantamento foi realizado antes do escandalo do MEC, envolvendo o ex-ministro Milton Ribeiro, preso pela Polícia Federal. Entre os itens levantados a pesquisa perguntou aos entrevistas se Jair Bolsonaro merece ser reeleito. A maioria 53% disse NÃO.

No cenário estimulado: Lula (PT) tem 45%, Bolsonaro (PL) 36% , Ciro Gomes (PDT) tem 7%, Simone Tebet (MDB) 3% e André Janones (Avante) 1%. Os demais candidatos não chegaram a 1%. Brancos e nulos são 3% e indecisos 4%.

1.500 pessoas foram ouvidas entre os dias 17 e 22 de junho, por telefone, com ligações tanto para residenciais quanto para celulares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Foi registrada no TSE com o número BR-02845-2022.

“..vou mostrar como se faz campanha..”, Bradão aos adversários

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), pré-candidato a reeleição, foi direto ao aponto nesta quarta-feira, dia 22, quanto as fake news sobre seu estado de saúde.

Durante entrevista na tarde hoje na TV Band Maranhão, ele mandou um recado para seus adversários, “me aguardem que eu já estou voltado para mostrar como se faz campanha”.

“Aos que estão espalhando fake news sobre o meu estado de saúde, me aguardem que eu já estou voltando e vou mostrar como se faz campanha. É só comparar as biografias, fica fácil ver o que é melhor para o povo do Maranhão”. disse Carlos Brandão.

O governador que renovou essa semana sua licença por mais 10 dias, ainda se recupera de uma cirurgia e aguarda alta médica em São Paulo.

PF prende, Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação de Bolsonaro

Da Folha de SP

O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro e o pastor Gilmar Santos, foram presos nesta quarta-feira, dia 22, pela Polícia Federal. A prisão do ministro é preventiva ocorrida na cidade de Santos em São Paulo.

São alvos da operação o ex-ministro de Bolsonaro e pastores evangélicos suspeitos de envolvimento na liberação de verbas do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

A operação é chamada de “Acesso Pago” e investiga o trafico de influência e corrupção no FNDE.

Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco prisões em Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal.

Márcio Jerry classifica vídeo de ‘criminoso’ e adotará providências

O deputado federal, Márcio Jerry (PCdoB), denunciou nesta terça-feira, dia 21, a divulgação de um vídeo em relação a ele e sua família que classificou de calunioso, injurioso e difamatório.

Nas redes sociais o parlamentar informou que já identificou os supostos autores e que está adotando providencia contra os envolvidos.

“Bandidos digitais soltaram hoje um video criminoso repleto de mentiras absurdas sobre mim e familiares. A esgotosfera agindo. Não tenho medo de bandidos, reagirei à altura com as armas da Lei (..) O responsável pelo perfil que me calunia, difama e injuria, já soube, chama-se Andreyson Wallace de Oliveira Braga, e age sob comando de um deputado estadual. Representareis aos órgãos competentes contra esses criminosos”, reagiu Márcio Jerry.

“Quem vai indiciar ex-prefeito ou prefeito é o MP-MA”, diz Carvalho

O presidente da CPI do Transporte, vereador Chico Carvalho (Avante), defendeu o trabalho da Comissão e rebateu as críticas ao relatório final, a cargo do vereador Álvaro Pires (PMN), que não recomendou o indiciamento de ninguém.

Em pronunciamento no plenário Simão Estácio da Silveira, que o relatório será encaminhado ao presidente da Câmara, vereador Osmar Filho (PDT), ao prefeito Eduardo Braide (sem partido) e ao Ministério Público, para que se promova a eventual responsabilização civil, criminal e política dos acusados.

“Quem vai indiciar o ex-prefeito [Edivaldo Júnior] ou o prefeito atual [Eduardo Braide], com base nas coisas que nós recomendamos, é o Ministério Público e não a Comissão Parlamentar de Inquérito. Então, que a gente não deixe que as pessoas usem como plataforma política, o caos no transporte público, que não é um privilégio apenas de São Luís (..) Vamos apresentar o relatório final e enviar para o presidente Osmar Filho. O procurador da Casa disse que tem que ser votado só pelos membros da comissão e encaminhado para a Prefeitura e ao Ministério Público (..) Realizamos uma audiência pública na semana passada e fomos elogiados pela promotora Lítia Cavalcanti que elogiou muito o trabalho da CPI, bem como o presidente da Comissão do Consumidor da OAB, o Sindicato dos Condutores de Transporte também foi bastante elogiada (..) Agora, o que nós não queremos é que as pessoas usem o caos como plataforma política de ninguém, porque nós cinco, membros da comissão, somos candidatos a nada e não estamos procurando holofotes ou mídia para que nós façamos política. Então, é inadmissível denegrir o trabalho sério que a gente fez da comissão parlamentar de inquérito com encaminhamentos de sugestões para o prefeito e Ministério Público”, destacou Chico Carvalho.

Anulada 1ª etapa do Concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, anunciou no final da tarde desta segunda-feira, dia 20, a anulação da ‘prova objetiva’ do Concurso do Legislativo Estadual. O motivo é o número de denuncias e falhas na execução da etapa do certame.

O ato de anulação foi oficializado por meio da Resolução Administrativa 469/22, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, publicada no Diário Oficial.

“Nosso compromisso é com a transparência e a absoluta lisura de todos e quaisquer atos de gestão do Poder Legislativo. A íntegra da resolução está no site da Assembleia”, destacou Othelino.

O ato legislativo considerou diversas reclamações de candidatos na Ouvidoria da Assembleia, no Ministério Público Estadual e na Defensoria Pública Estadual, apontando supostas falhas na execução da primeira etapa, na organização e fiscalização do concurso.

Todas as denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público Estadual pela Presidência da Casa Legislativa, solicitando a imediata  investigação.

O caso das supostas fraudes no concurso tomou maior proporção, ainda na semana passada, quando o deputado estadual, Yglésio Moyses (PSB), usou a tribuna da Assembleia para apontar possíveis irregularidades no concurso, inclusive questionando algumas aprovações.

Na última sexta-feira, dia 20, o Ministerio Público do Maranhão encaminhou ofício ao deputado estadual Yglésio Moyses para ele prestar esclarecimentos sobre as denúncias de fraude no concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão. 

Carlos Brandão está apenas aguardando a liberação dos médicos

Em entrevista à TV Mirante nesta segunda-feira, dia 20, o governador Carlos Brandão afirmou que está trabalhando e acompanhando a gestão à distância enquanto aguarda a liberação dos médicos.

Ele passou por um procedimento cirúrgico para retirada de cisto.

“Estou acompanhando tudo daqui e conversando com os secretários, com a classe política. Começo a trabalhar às seis da manhã e termino meia-noite, dialogando todos os dias e dando continuidade às ações do Governo (..) Eu gostaria de retornar o mais rápido possível, mas estou sob observação. Essa decisão é dos médicos. A saúde vem em primeiro lugar, e devo sair com essa situação totalmente resolvida para enfrentar uma gestão administrativa que é algo de extrema responsabilidade (..) A cirurgia foi simples para retirada de um cisto, mas o problema foi o pós-operatório. Existe um dreno e, no geral, demora de 3 a 5 dias. Mas no meu caso, por uma questão de reação do organismo, está demorando um pouco mais. Estão adotando algumas medicações para acelerar a finalização desse dreno e me liberar”, disse Brandão.

O governador Carlos Brandão também informou nesta segunda-feira, dia 20, sobre o decreto para manter-se afastado do governo de 21 a 30 de junho.

Escutec: Carlos Brandão lidera ao Governo, e Flávio Dino ao Senado

A pesquisa  Escutec/Imirante, divulgada na quinta-feira, dia 16, mostra o governador Carlos Brandão (PSB), com 33% das intenções de votos, na liderança para o Governo do Estado; e o ex-governador Flávio Dino (PSB), com 52%, lidera com folga para o Senado Federal.

Para o Governo, no cenário estimulado os três primeiros colocados são: Carlos Brandão (PSB), com 33%, Weverton Rocha (PDT), com 28%; e Lhaésio Bomfin (PSC), com 19%.

Para o Senado, o ex-governador Flávio Dino (PSB), segue com liderança folgada tendo 52% das intenções de votos, na segunda posição está o senador Roberto Rocha (PTB), com 27%. Antônia Cariongo (PSOL), está em terceiro lugar, com 3%. Brancos/Nulos ou Nenhum dos três são 7%; outros 11% não sabem, ou não quiseram responder ao questionário.

Quanto a rejeição para o Governo e Senado, lideram respectivamente Weverton Rocha, com 23%; e o senador Roberto Rocha, com 32%.

Foram ouvidos 2 mil eleitores, em 70 municípios do Maranhão, entre os dias 11 e 16 de junho. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA05721/2022. O nível de confiança é de 95%.