Petistas chamam Bolsonaro de ‘genocida’ e são presos em Brasília

Cinco militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) foram presos nesta quinta-feira (18), em Brasília, após estenderem uma faixa contra o presidente Bolsonaro (sem partido) e com a palavra “genocida” escrita.

De acordo com o deputado federal Alencar Santana Braga (PT-SP), eles foram presos na Praça dos Três Poderes. Durante toda a manhã o paradeiro dos detidos era desconhecidos. “Nós fomos em 5 DPs, estamos tentando idenfiticar onde eles estão, mas até agora não se achou. Isso é um absurdo”, declarou o deputado Alencar à Fórum.

Dos cinco manifestantes presos, já se sabe a identidade de dois: Rodrigo Pilha e Guilherme Martins.

Informações mais recentes dão conta de que os militantes foram enquadrados na Lei de Segurança Nacional e que teriam sido levados para a Polícia Federal. Os deputados Alencar e Natália Bonavides (PT-RN) estão a caminho da PF e vão acompanhar o caso de perto. (Revista Forum)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s