Nunes Marques teria vetado nome de Ney Bello para o TSJ

Do UOL

Está publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, dia 1º, os escolhidos por Jair Bolsonaro para as duas vagas ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). Favorito para uma das vagas, o desembargador federal, Ney Bello, ficou de fora.

Os indicados são Messod Azulay Neto, atual presidente do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região), e Paulo Sérgio Domingues, desembargador do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).

A decisão de Bolsonaro é creditada ao ministro do STF, Kassio Nunes Marques, considerado pelo próprio presidente da república seu aliado no STF. Nos bastidores Kassio Nunes teria informado que poderia romper com o governo se o nome de Bello, fosse confirmado ao STJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s