Escolhido de Bolsonaro ao STF julgará caso que Renan Calheiros é alvo

Do Uol

O novo ministro do STF indicado por Jair Bolsonaro, ao assumir a cadeira ocupada pelo ministro Marco Aurelio, participará logo de inicio do julgamento da Lava Jato conhecido por “quadrilhão do MDB”, um dos alvos é o senador Renan Calheiros, desafeto do presidente por causa da relatoria da CPI da Covid-19.

Deve ser julgada a denúncia contra o chamado “quadrilhão do MDB”.

Foram denunciados os senadores Edison Lobão (MA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA) por associação criminosa.

No mesmo inquérito foram acusados também os ex-senadores José Sarney e Sérgio Machado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s