Denuncias de corrupção coloca governo Bolsonaro no ‘olho do furacão’

Da Folha de SP

Caiu como uma bomba a denuncia publicada na Folha de SP, que o governo Bolsonaro, através do Ministério da Saúde, negociou a compra de vacinas contra a Covid-19 em troca de propina.

Um representante da empresa Davati Medical Supply disse que recebeu a proposta de pagamento de US$ 1 (dolar) por dose para assinar o contrato.

“.. não avança dentro do ministério se agente não compusesse com o grupo, que existe um grupo que trabalha só dentro do ministério, se a gente conseguisse algo a mais tinha majorar o valor da vacina, que a vacina teria queria que ter um valor diferente do que da proposta que a gente tava propondo..”, disse o representante da empresa.

Mensagens da negociação teriam sido realizadas entre Roberto Ferreira Dias (diretor de logística do Ministério da Saúde), Herman Cardenas (que aparece como CEO da empresa) e Cristiano Alberto Carvalho, que se apresenta como procurador dela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s