Ministro do TSE revoga própria decisão sobre atos no Lollapaloozo

Do Conjur

O ministro do TSE, Raul Araújo, regou a própria decisão que censurou atos durante o festival Lollapaloozo.

O autor da Ação que pediu a proibia manifestação política no festival, sob pena de multa de R$ 50 mil, foi do PL partido que está filiado o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo, na decisão o ministro responsabiliza o Partido Liberal (PL), que ingressou com a ação, pela tentativa de censura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s