De olho em 2022 Bolsonaro lançará programa habitacional para policiais

Do Uol

Com objetivo de se manter no poder a qualquer custo em 2022, o presidente Bolsonaro deverá lançar na terça-feira, dia 6, linha de crédito imobiliário para agentes de segurança pública.

A medida tem parecer contrário do Ministério da Economia e terá subsidio de R$ 100 milhões.

O dinheiro sairá do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), ligado ao Ministério da Justiça.

A decisão foi tomada após o atual ministro da Justiça, Anderson Torres, que é delegado da Polícia Federal, apresentar a Bolsonaro detalhes sobre a linha de crédito, em uma reunião na última segunda-feira (28).

Bolsonaro e Guedes abrem caminho para privatizações na Saúde

Publicado no Diário Oficial da União de ontem terça-feira, dia 27, o Decreto assinado pelo presidente Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes (Economia),  autoriza a preparação de um modelo de privatizações para unidades básicas de saúde.

O Conselho Nacional de Saúde, criticou o decreto através denota. Segundo ele, a medida é arbitrária e o objetivo é privatizar unidades básicas de saúde no país.

“Nós, do Conselho Nacional de Saúde, não aceitaremos a arbitrariedade do presidente da República, que no dia 26 editou um decreto publicado no dia 27, com a intenção de privatizar as unidades básicas de saúde em todo o Brasil. Nossa Câmara Técnica de Atenção Básica vai fazer uma avaliação mais aprofundada e tomar as medidas cabíveis em um momento em que precisamos fortalecer o SUS, que tem salvado vidas. Estamos nos posicionando perante toda a sociedade brasileira como sempre nos posicionamos contra qualquer tipo de privatização, de retirada de direitos e de fragilização do SUS. Continuaremos defendendo a vida, defendendo o SUS, defendendo a democracia.” diz a nota do CNS.

(Congresso em Foco)