Segurança Pública divulga resultado da Operação Tiradentes no MA

A Segurança Pública do Maranhão divulgou nesta terça-feira, dia 26, o resultado do trabalho iniciado entre dias 21 a 24 de abril em too estado. Foram realizadas barreiras policiais e abordagens a veículos e pessoas; policiamento em áreas mapeadas como de maior risco; monitoramento de pontos suspeitos de tráfico de drogas; além do cumprimento de mandados de prisões expedidos pela justiça. 

“Os dados são muito satisfatórios para a Segurança Pública. Alcançamos o objetivo no que se refere à prisão de suspeitos envolvidos em crimes diversos e na apreensão de armas e drogas. É muito importante que o sistema de segurança esteja nas ruas, de maneira visível e acessível, para garantir a segurança dos cidadãos”, frisou o titular da SSP-MA, coronel Silvio Leite. 

A operação resultou em 23.434 abordagens a pessoas e veículos; 387 conduções de pessoas; cumprimento de nove mandados de prisão; 149 prisões em flagrante. Foram apreendidos 1.680g drogas; nove simulacros e de 70 armas apreendidos, sendo 46 de fogo. Foram 735 situações com veículos, sendo 77 recuperados e 36 apreendidos. Batalhões de Polícia Militar nos municípios promoveram 211 operações paralelas, somadas as atividades da Operação Integrada Tiradentes.

Coronel Emerson Bezerra é o novo Comandante da PM do MA

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), anunciou nesta terça-feira, dia 5, o novo comandante da Polícia Militar que será o Coronel Emerson Bezerra. No Corpo de Bombeiros do Maranhão permanecerá O coronel Célio Roberto.

Flávio Dino concedeu 13.254 promoções a PMs e Bombeiros

Em sete anos do governo Flávio Dino (PSB), foram concedidas 13.254 promoções à Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Maranhão, um dos destaques do seu governo.

Flávio Dino renuncia ao cargo na quinta-feira, dia 31, para disputar uma vaga no Senado Federal.

Para Coronel foram 90 promoções concedidas a Bombeiros e PMs; Sargento (1º, 2º e 3º) foram 7.314 concessões de promoção.

Em 2015, Flávio Dino avaliou as promoções que eram cabíveis e consertou erro histórico que havia tirado este direito de milhares de militares. Somaram 3.548 concessões – a maior da história do Maranhão. Foram contempladas todas as patentes – coronel, tenente-coronel, major, capitão, tenente (1º e 2º), aspirante a oficial, subtenente, sargento (1º, 2º e 3º) e cabo.

O número de policiais no Maranhão também cresceu com incrementado no efetivo, durante a gestão do governador Flávio Dino. Foram incorporados ao quadro 5.449 novos policiais na corporação. Foi ampliado o efetivo dos grupamentos das polícias Militar (4.216), Bombeiro (360), Civil (332) e perícia oficial (90). Atualmente, o Maranhão conta com mais de 15,5 mil policiais. 

Sobe para 10 os mortos na queda da rocha em Capitólio MG

Do Uol

Já são 10 os mortos com a queda de uma rocha em um cânion de Capitólio (MG). A informação é do Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil, neste domingo dia 9, após resgates de corpos e “fragmentos corpóreos” das vítimas.

Quatro lanchas foram atingidas após o desmoronamento, segundo os bombeiros. Sete corpos já haviam sido localizados no sábado (8).

A operação de busca com mergulhadores foi reiniciada às 5h deste domingo, e continua, mesmo após a confirmação das dez mortes.

Comitiva liderada por Brandão visita atingidos pelas chuvas

O vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), nesta sexta-feira, dia 7, lidera comitiva do governo do estado em visita aos municípios de Mirador, Grajaú, Barrado do Corda, Jatobá e Paraibano atingidas até o momento mais gravemente pelas chuvas no Maranhão.

Com Covid-19, o governador Flávio Dino (PSB), impossibilitado de está nas regiões e municípios acompanha e coordena à distância as ações.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, em nota divulgada ontem, informou que equipes da corporação, viaturas e embarcações estão sendo enviadas para as regiões mais atingidas.  

Participam da comitiva os secretários de Estado Carlos Lula (Saúde), Clayton Noleto (Infraestrutura) e Márcio Jerry (Cidades e Desenvolvimento Urbano), e pelo comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto.

Em Mirador o nível do rio Itapecuru provocou a destruição de casas, interrupção de vias públicas e deixou mais de 200 famílias desabrigadas e desalojadas, algumas vias do município começaram a ser liberadas, com o volume de água do rio, que diminui nas últimas 24 horas.

O governo enviou nesta semana cestas básicas às famílias atingidas. Foram entregues 4.250 cestas de alimentos, sendo 2.150 cestas básicas para a cidade de Colinas e região, 1.000 para a cidade de Mirador e 750 para a cidade de Imperatriz. 

Carlos Lula faz apelo para solidariedade às vitimas de enchentes no MA

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, fez um apelo aos servidores da rede de saúde do Maranhão, nesta terça-feira, dia 4, para se unirem em uma ‘corrente do bem’ e solidaria aos atingidos pelas chuvas e enchentes em vários municípios do estado.

“..vamos nos unir em uma #correntedobem para ajudar as famílias prejudicadas pelas fortes chuvas e enchentes no interior do Maranhão? (..) Vocês podem doar alimentos não-perecíveis no RH da Secretaria de Saúde do Estado ou no setor administrativo das unidades estaduais de saúde. Reuniremos tudo e entregaremos para as famílias (..)Vamos juntos ajudar quem precisa! É um gesto de amor e acolhimento para os moradores das regiões afetadas..”, destacou Carlos Lula nas redes sociais.

O Corpo de Bombeiros do Maranhão, por meio das coordenadorias Estadual de Defesa Civil, mnicipais e Unidades Operacionais estão atuando em auxílio às famílias dos municípios afetados pelas fortes chuvas no estado.

As ações e atenções se intensificaram nos últimos dias principalmente em Imperatriz e Mirador. Mas, a situação também e preocupante nos municípios de Barra do Corda, Jatobá e Grajaú.

A Defesa Civil já alertou para a situação em Itapecuru-Mirim, Coroatá, Pirapemas, Cantanhede, Santa Rita e Rosário. Os municípios cortados pelo Rio Mearim como Trizidela do Vale, São Luís Gonzaga, Pedreiras e Bacabal estão preparando para enfrentar cheias e impactos das chuvas.

Flávio Dino diz que está atento as cheias dos rios no MA

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), usou as redes sociais nesta quarta-feira, dia 29, para informar que o governo não está indiferente aos riscos das cheias dos rios no estado, em razão do inicio das chuvas.

O drama que vive a Bahia em razão das chuvas intensas com cidades inteiras praticamente submersas, desabrigados, mortos, desaparecidos e estradas rompidas ascendeu o sinal de alerta também no Maranhão.

Em Imperatriz com o volume do Rio Tocantins subindo, a preocupação também aumentou.

Além da região tocantina o governo também monitora a situações em outras partes do estado através do Corpo de Bombeiros em relação das cheias de rios que cortam vários municípios.

Bombeiros do Maranhão são enviados a Bahia

O governo do Maranhão em solidariedade ao estado da Bahia e o povo baiano está enviando apoio através do Corpo de Bombeiros, para atuarem em razão das as intensas chuvas que estão ocorrendo no estado.

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado e as prefeituras dos municípios atingidos contabilizaram 4.185 desabrigados e 11.260 desalojados.

Já são 286 pessoas feridas com a população total atingida de 378.286. Desde o início do mês, 17 pessoas morreram em decorrência dos estragos causados pelas tempestades.

Flávio Dino promove 150 policiais militares e bombeiros

“Mais 150 policiais militares e bombeiros foram promovidos hoje. No nosso governo, fizemos o maior número de promoções nas carreiras em toda a história, valorizando os profissionais”, destacou Flávio Dino nas redes sociais.

Dino informa que está acompanhando ações após temporal em São Luís

 

Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Empresas e Prefeitura ainda trabalham após a forte chuva com vento ocorrida no início da tarde desta segunda-feira (13), em São Luís.

O temporal causou muitos estragos, alguns gravados em vídeos por populares assutados e impressionados. Imóveis foram destelhados, postes derrubados e veículos indignificados e trânsito ficou um caos.

O local mais atingido foi na área da Forquilha, apesar da violência e dos danos, não há registros de vidas perdidas.

O governador Flávio Dino disse nas redes sociais que está acompanhando ações e providências em apoio aos mais prejudicados.

“informo que estou acompanhando as ações do Corpo de Bobeiros, Polícia Militar em apoio as empresas e a prefeitura”.