Eliziane ataca parte da Reforma que penaliza trabalhadores rurais e pobres

 

eliziane-3-1024x682
Senadora Eliziane Gama (PPS-MA)/Foto: Reprodução

A Senadora Eliziane Gama (PPS-MA), criticou duramente na tribuna do Senado Federal na quarta-feira (20), a Proposta de Reforma da Previdência de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes, que trata da aposentadoria dos trabalhadores rurais em especial as mulheres.

Eliziane fez um relato preciso do prejuízo desse seguimento, destacando o Nordeste e o Maranhão seu estado de origem, para de maneira enfática anunciar o mal que será feito, principalmente às mulheres trabalhadoras rurais do país, caso a Reformar da Previdência seja aprovada da maneira que está.

Pela proposta, os trabalhadores rurais terão que contribuir com R$ 600, por ano para previdência. Também aumenta idade para 70 anos para os casos de idosos pobres poderem receber (1 salário mínimo).

“No Maranhão 66,86% são de beneficiários da previdência rural. Vejam o impacto que isso terá nas famílias do campo. Nós temos um relatório que mostra que em dezenas de municípios maranhenses, o número aposentadorias rurais são maiores que o Fundo de Participação. São famílias que vivem exclusivamente com esses rendimentos”, disse Eliziane Gama.

 

Mudança: protagonismo do Maranhão no Congresso Nacional

 

mudanc3a7a.jpeg
Senadores Maranhenses Weverton Rocha (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Roberto Rocha (PSDB)/Foto: Reprodução

Blog Marrapá – O Maranhão inicia a atual legislatura do Congresso Nacional notabilizado pelo protagonismo político dos seus parlamentares.

No Senado Federal, Weverton foi escolhido líder da bancada do PDT, assim como Eliziane Gama a do PPS. O senador Roberto Rocha foi anunciado hoje como líder do PSDB.

Assim, todos os senadores do Maranhão são líderes das suas bancadas no Senado Federal, fato inédito na história do estado.

A renovação completa das três cadeiras do Senado no Maranhão e o protagonismo dos parlamentares demonstra o novo momento de mudanças da política local.

Até mesmo Roberto Rocha, que se autointitulou a Asa do Avião na empolgação da sua eleição em 2014, percebeu que faz parte do processo de reciclagem da política maranhense, após décadas de oligarquia, e demonstrou isso ao receber o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, deixando de lado as diferenças em prol de resultados para o estado.

Na Câmara Federal, o deputado Pedro Lucas também é o líder do seu partido, o PTB. Mais nomes de parlamentares maranhenses podem assumir lideranças de outros partidos.

O Maranhão anda em alta na política brasileira e já é tratado como um estado de líderes.

Senadores maranhenses ‘bem na foto’ com novo Presidente do Senado

 

Senador Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado
Senador Davi Alcolumbre, ao centro, comemorando a vitória rodeado por apoiadores apoiadores/Foto:Reprodução

A nova composição da bancada maranhense no Senado, ao que parece pretende adotar uma postura bem diferente das anteriores, com maior ativismo e posições claras em relação ao debate político nacional.

Provavelmente os maranhenses  a partir de agora saberão “para que serve um senador”.

Na foto acima, dois dos três senadores maranhenses, Eliziane Gama (PPS) e Roberto Rocha (PSDB) comemoram a vitória do senador e novo presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP). O outro senador Weverton Rocha (PDT), desejou sucesso ao novo presidente do Senado, na sua conta no twitter.

weverton