‘Não subestime a inteligência dos brasileiros’, Barbosa para Mourão

O ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, neste domingo , dia 22, enquadrou o general da reserva e senador eleito, Hamilton Mourão, que ontem após Lula exonerar Comandante do Exército, general Cesar de Arruda, disse que “Lula alimenta crise com o Exército”.

Em tom de indignação, Joaquim Barbosa, não economizou nem nos adjetivos contra o ex-vice-presidente de Jair Bolsonaro, “poupe-nos da sua hipocrisia, do seu reacionarismo, da sua cegueira deliberada e do seu facciosismo político! Fatos são fatos!”, reagiu o ex-ministro do STF nas redes sociais.

“Ora, ora, senhor Hamilton Mourão. Poupe-nos da sua hipocrisia, do seu reacionarismo, da sua cegueira deliberada e do seu facciosismo político! Fatos são fatos! Mais respeito a todos os brasileiros! “Péssimo para o país” seria a continuação da baderna, da “chienlit” e da insubordinação claramente inspirada e tolerada por vocês, militares. Senhor Mourão, assuma o mandato e aproveite a oportunidade para aprender pela primeira vez na vida alguns rudimentos de democracia! Não subestime a inteligência dos brasileiros!”, diz Joaquim Barbosa

Ex-ministro do STF desqualifica Bolsonaro, ao declarar apoio a Lula

O ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, após declarar voto ao ex-presidente Lula, nesta terça-feira, dia 27, movimentou os meios políticos e a imprensa.

O posicionamento é considerado muito relevante por se tratar de um ex-ministro do STF, que apesar de indicado pelo então presidente Lula, foi o relator do caso Mensalão , durante o governo petista.

Joaquim Barbos, no vídeo divulgado nas redes sociais, não se limita a declarar voto em Lula para decidir a eleição no 1º turno, ele

“..Jair Bolsonaro não é um homem sério, não serve para governar um país como nosso, não está a altura, não tem dignidade para ocupar o cargo dessa relevância..”, disse Joaquim Barbosa.