‘Grande Mídia’ tenta pintar Lula de ditador após fala ao El País

Em entrevista ao jornal espanhol El Pais, o ex-presidente Lula deu de bandeja um prato cheio à ‘grande mídia brasileira’, que o odeia.

Lula lidera as pesquisas presidências no Brasil, inclusive com chances de vencer no 1º turno, não bastasse isso, a recente viajem do petista à Europa mostrou que a Lava Jato e sua prisão não destruiu seu prestigio internacional.

Porém, na entrevista concedida no final de semana, ao tentar comparar a permanência no pode entre Angela Merckel (Alemanha), com Daniel Ortega (Nicarágua), Lula ofereceu munição para os que não querem vê-lo retornar ao poder no Brasil.

Noruega, Reino Unido e Alemanha querem colaborar com governos da Amazônia Legal

 

amazonia
Foto: Reprodução

Os embaixadores da Noruega, Alemanha e Reino Unido se reunirão nesta sexta-feira (13), em Brasília. Solicitada pelos governadores da Amazônia Legal a reunião vai acontecer na sede da representação norueguesa.

“Nós queremos trabalhar juntos com todos os níveis do Brasil e o que nós queremos hoje é entender mais o que os governadores querem, o que eles acham da situação e quais soluções eles dão”, disse o embaixador da Noruega, Nils Martin Gunneng.

Participaram representantes dos estados do Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Acre, Mato Grosso, Maranhão e Tocantins. Nenhum representante do governo Bolsonaro participa.

Na tarde de hoje os representantes do estados da Amazônia Legal se reunem com embaixador da França, às 13h.

Governadores defendem Fundo da Amazônia e tratarão diretamente com países que o financiam

 

amazonia
Foto: Reprodução

Os governadores do Maranhão, Pará, Tocantins, Amapá, Acre, Pará, Amazonas, Rondônia, Roraima e parte do estado do Mato Grosso que integram a Amazônia Legal, em Nota divulgaram no último final de semana, defendem o Fundo da Amazônia e lamentaram a suspensão dos repasses feitos pela Alemanha e Noruega.

A situação da política de preservação da Amazônia se agravou nos últimos dias, após os ataques do presidente Jair Bolsonaro a países que investem no Fundo da Amazônia, como Alemanha e Noruega que anunciaram semana passada sua colaborações.

Veja nota abaixo. 

“Sobre a suspensão dos recursos da Alemanha e Noruega para o Fundo Amazônia, o Govenador do Amapá, Waldez Góes, na condição de presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, esclarece que:

1 – O bloco amazônico lamenta que as posições do governo brasileiro tenham provocado a suspensão dos recursos. Nós, governadores da Amazônia Legal, somos defensores incondicionais do Fundo Amazônia.

2 – Já informamos oficialmente ao Presidente da República, e às Embaixadas da Noruega, Alemanha e França, através de audiência e durante o Fórum em Palmas (TO), que o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal estará dialogando diretamente com os países financiadores do Fundo.

3 – No Planejamento Estratégico do Consórcio temos compromisso integral com o Desenvolvimento Sustentável. Somos radicalmente contra qualquer prática ilegal de atividades econômicas na região. No âmbito de nossas atuações, estamos firmes e vigilantes no combate e punição aos que querem atuar fora da lei. Por isso, estamos cobrando do Governo Federal o combate e a punição das atividades ilegais.

4 – Os governantes do bloco amazônico desejam participar diretamente das decisões para reformulação das regras do Fundo Amazônia, que estão sendo feitas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Queremos, ainda, que o Banco da Amazônia passe a ser o gestor financeiro do Fundo, em razão da proximidade da instituição financeira com os Estados, já que o Banco da Amazônia possui sede em todas as unidades do bloco.

5 – O Governo Federal sinalizou positivamente para uma agenda com os governadores dos Estados membros do Consórcio de Desenvolvimento da Amazônia Legal para tratar do Fundo Amazônia e outros temas relacionadas à política de Meio Ambiente.