Márcio Jerry debate com movimentos sociais alterações nos limites dos Lençóis Maranhenses

 

lencois-ma-800x450
Foto: Reprodução
Fetaema-1024x768
Deputado Márcio Jerry (PCdoB)/Foto: Reprodução

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) se reuniu nesta segunda-feira (14), com movimentos sociais no Maranhão para discutirem sobre alterações nos limites do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O encontro aconteceu na sede da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Maranhão (Fetaema). Seguimentos da sociedade maranhense  estão preocupados com impactos sociais e ambientais na área.

“Comunidades tradicionais estão preocupadas e isso precisa ser avaliado devidamente. Incrementar a economia do turismo sem depredar o meio ambiente, tampouco marginalizar comunidades, é o nosso objetivo”, disse Márcio Jerry.

 

Marcio Jerry reúne bancada maranhense e representantes dos agricultores em Brasília

 

brasilia jerry
Reunião em Brasília para discutir os efeitos da Medida Provisoria 871 com deputados da Bancada Maranhense e representantes da FETAEMA e CONTAG/Foto: Reprodução

Articulada pelo deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) uma reunião realizada terça-feira (19), Câmara Federal, em Brasília, debateu efeitos negativos da Medida Provisória (MP) 871, de autoria do presidente Jair Bolsonaro.

Participaram representantes da Fetaema (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Maranhão) e da CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura).

Apelidada de MP do pente-fino, prevê revisão em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com objetivo de combater fraudes. Mas para especialistas, ela poderá causar mais prejuízos aos trabalhadores e torná-los mais vulneráveis.

Participaram da reunião 15 deputados, a maioria se manifestaram favoravelmente a mudanças no texto da MP, atendendo às reivindicações dos trabalhadores rurais.

Para o deputado Márcio Jerry, a MP pode ter influência na economia dos Estados brasi. “Para se ter uma ideia, no Maranhão, por exemplo, em 75% dos Municípios, o somatório da aposentadoria rural é maior do que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios. O repasse global do Fundo de Participação dos Estados é menor do que o somatório da aposentadoria rural em todos os 217 Municípios do Estado”, disse o  parlamentar.

O presidente da Fetaema, Chico Miguel, que participou o encontro e agradeceu os parlamentares que se comprometeram em trabalhar para reajustar a MP, que ele chamou de “medida negativa”.

“Eu acredito que os parlamentares que se comprometeram vão dar a resposta para a nossa classe trabalhadora, que são os trabalhadores rurais do Maranhão”, afirmou Chico Miguel.

Representante da CONTAG, Rosmarí Barbosa Malheiros, destacou a responsabilidade de olhar e refletir a vida de cada mulher trabalhadora rural no Maranhão e no Brasil. “Falar dos impactos e consequências da PEC 871 é ressaltar que estas são muito mais fortes na vida das mulheres trabalhadoras rurais”, frisou Rosmarí.

Participaram também da reunião os deputados estaduais Adelmo Soares e Marco Aurélio, ambos do PCdoB. O deputado Marco Aurélio elogiou a iniciativa de Márcio Jerry.  “Destaco o protagonismo da bancada maranhense em ser a primeira a trazer tal discussão e a convergência de opiniões que os parlamentares tiveram sobre a necessidade de se garantir os direitos dos trabalhadores rurais”, avaliou o deputado Marco Aurélio.