Deputado Juscelino Filho é aclamado coordenador da Bancada Maranhense

 

aclamação
Parte da bancada maranhense em Brasília/Foto: Reprodução

O deputado federal Juscelino Filho (DEM) foi oficializado nesta terça-feira (26), coordenador da Bancada do Maranhão no Congresso Nacional, em Brasília. O deputado Júnior Lourenço é o de vice-coordenador.Quarta maior bancada do Nordeste, o Maranhão tem 21 representantes: 18 deputados e três senadores.

Bancada do PSL ameaça abandonar Bolsonaro: ou muda, ou tiram o corpo fora

 

psl
Bolsonaro e a bancada do PSL (Foto: Arquivo/Governo de Transição)

Segundo a coluna Painel, da jornalista Daniela Lima, na Folha de S. Paulo desta segunda-feira (25), para alguns deputados do PSL partido de Jair Bolsonaro, as batidas de cabeça na articulação política do governo e desprestigio da bancada podem leva-los a abandonar o barco da Reforma da Previdência.

De acordo com a publicação, eles não querem carregar o peso de defender o pacote de maldades contra os trabalhadores brasileiros sem receber nada em troca. Até o Ministério da Educação estaria na pauta de negociação. Há quem defenda o nome Bia Kicis (PSL/DF) para o comando da pasta.

Líder do PSL na Casa, o deputado Delegado Waldir (PSL) deve chamar reunião com a bancada para esta quarta (27) para definição da “nova postura” em relação ao Planalto. Para os parlamentares do PSL: ou Bolsonaro muda, ou tiram o corpo fora.

Os parlamentes devem, após esse encontro, reivindicar agenda direta com Bolsonaro e um canal de diálogo permanente com o presidente.

O Planalto, por ora, mantém resistência em negociar com o que chama de “velha política”.

Na semana passada, Delegado Waldir declarou que a legenda abriria mão da indicação de relatores para a PEC da Reforma da Previdência.

Até o deputado Alexandre Frota (PSL) – que de entusiasta, tornou-se persona non grata para o presidente – também twittou sobre a dificuldade de viabilizar a proposta que, na prática, desmonta o Sistema de Seguridade Social no Brasil.

(Revista Forum)

Gil Cutrim sai da disputa e Jucelino Resende deverá coordenar a bancada em Brasília

 

cutrim e jucelino
Jucelino Resende e Gil Cutrim/Foto: Reprodução

Após reunião realizada nesta segunda-feira (25), o deputado federal Gil Cutrim (PDT), decidiu retirar seu nome da disputa para coordenação da bancada maranhense em Brasília. A decisão de Cutrim foi caracterizada como madura e de união dos parlamentares do Maranhão. A escolha oficial do coordenador está marca para amanhã terça-feira (26).

O senador Weverton Rocha e o deputado federal Márcio Jerry comemoraram nas redes sociais a decisão de Gil Cutrim. O deputado Márcio Jerry (PCdoB), destacou no twitter a decisão e parabenizou seu colega de bancada.

“Cumprimento o deputado federal Gil Cutrim (PDT) pelo elevado gesto político de garantir a unidade na escolha do novo coordenador da bancada do Maranhão ao retirar a candidatura para apoiar o deputado Juscelino Filho(DEM). Salve !, comemorou Márcio Jerry”.

Já o senador Weverto Rocha (PDT), também nas redes sociais enalteceu a decisão de Gil Cutrim. Para ele a atitude de seu colega de partido demonstra também que o grupo que venceu as eleições em 2018, permanece forte e unido.

“O grupo que venceu as eleições de 2018 no Maranhão segue fortalecido e unido. A nova demonstração disso é o consenso alcançado para a coordenação da bancada federal em Brasília. O dep. federal pedetista Gil Cutrim decidiu retirar sua candidatura e irá apoiar deputado Jucelino Resende (DEM)”, disse Weverto Rocha.

Marcio Jerry reúne bancada maranhense e representantes dos agricultores em Brasília

 

brasilia jerry
Reunião em Brasília para discutir os efeitos da Medida Provisoria 871 com deputados da Bancada Maranhense e representantes da FETAEMA e CONTAG/Foto: Reprodução

Articulada pelo deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) uma reunião realizada terça-feira (19), Câmara Federal, em Brasília, debateu efeitos negativos da Medida Provisória (MP) 871, de autoria do presidente Jair Bolsonaro.

Participaram representantes da Fetaema (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Maranhão) e da CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura).

Apelidada de MP do pente-fino, prevê revisão em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com objetivo de combater fraudes. Mas para especialistas, ela poderá causar mais prejuízos aos trabalhadores e torná-los mais vulneráveis.

Participaram da reunião 15 deputados, a maioria se manifestaram favoravelmente a mudanças no texto da MP, atendendo às reivindicações dos trabalhadores rurais.

Para o deputado Márcio Jerry, a MP pode ter influência na economia dos Estados brasi. “Para se ter uma ideia, no Maranhão, por exemplo, em 75% dos Municípios, o somatório da aposentadoria rural é maior do que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios. O repasse global do Fundo de Participação dos Estados é menor do que o somatório da aposentadoria rural em todos os 217 Municípios do Estado”, disse o  parlamentar.

O presidente da Fetaema, Chico Miguel, que participou o encontro e agradeceu os parlamentares que se comprometeram em trabalhar para reajustar a MP, que ele chamou de “medida negativa”.

“Eu acredito que os parlamentares que se comprometeram vão dar a resposta para a nossa classe trabalhadora, que são os trabalhadores rurais do Maranhão”, afirmou Chico Miguel.

Representante da CONTAG, Rosmarí Barbosa Malheiros, destacou a responsabilidade de olhar e refletir a vida de cada mulher trabalhadora rural no Maranhão e no Brasil. “Falar dos impactos e consequências da PEC 871 é ressaltar que estas são muito mais fortes na vida das mulheres trabalhadoras rurais”, frisou Rosmarí.

Participaram também da reunião os deputados estaduais Adelmo Soares e Marco Aurélio, ambos do PCdoB. O deputado Marco Aurélio elogiou a iniciativa de Márcio Jerry.  “Destaco o protagonismo da bancada maranhense em ser a primeira a trazer tal discussão e a convergência de opiniões que os parlamentares tiveram sobre a necessidade de se garantir os direitos dos trabalhadores rurais”, avaliou o deputado Marco Aurélio.

Bira do Pindaré faz sua estréia na tribuna da Câmara Federal

 

Parlamentares federais eleitos pelo Maranhão, aos poucos vão se apresentando ao país no Congresso Nacional e definindo as bandeiras que pretendem defender. Entre os novos membros da bancada já utilizaram a tribuna da Câmara Federal os deputados Márcio Jerry (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB).

‘Engatilhado’ posse de arma pode ser ‘disparado’ na próxima semana

 

porte-de-arma-800x445
Foto: Reprodução

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta terça-feira (8), após a reunião ministerial com Jair Bolsonaro, que o decreto presidencial que autoriza a posse de armas de fogo deve sair na próxima semana.

“O presidente Bolsonaro tem pressa porque é um compromisso dele, palavra dada é palavra cumprida”, explicou. O ministro alegou ainda que a população tem direito à legítima defesa, o que, na opinião dele, será garantido pelo armamento.

images_cms-image-000615442

Na noite de ontem, segunda-feira  (7), o presidente  se reuniu com membros da bancada da bala, da qual fazia parte, para discutirem sobre o decreto. No deverá deve conter a anistia de armas irregulares no país e a ampliação do registro de posse de três pra dez anos.O documento também deve estabelecer que o delegado de Polícia Federal não será mais o responsável por negar ou aprovar a posse, como ocorre atualmente.

“Na legislação diz que você tem que comprovar efetiva necessidade. Conversando com o Sergio Moro, estamos definindo o que é efetiva necessidade. Isso sai em janeiro, com certeza”, destacou Bolsonaro.

Eleição: Rodrigo Maia se reúne com deputados maranhenses em São Luís

 

brasilia
Deputados maranhenses reunidos com Rodrigo Maia (Presidente da Câmara dos Deputados)/Foto: Reprodução

Parte da bancada maranhense em Brasília se reuniu nesta segunda-feira (7), com o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição para Presidência da Câmara Federal.

Participaram os deputados federais reeleitos Juscelino Resende(DEM) e Rubens Pereira Jr.(PCdoB), e o senador eleito Weverton Rocha(PDT), além dos eleitos para o primeiro mandato Marcio Jerry (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB), Pedro Lucas Fernandes, Eduardo Braid (PNM) e Edilazio Júnior (PSD).

O almoço que reuniu os parlamentares com o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, teve como prato principal a eleição da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O deputado eleito Marcio Jerry definiu nas redes sócias a reunião como ótima.

“Participei hoje de almoço oferecido pelo presidente estadual do DEM, deputado Juscelino Filho, ao presidente da Câmara dos Deputados e candidato à reeleição, Rodrigo Maia. Uma ótima conversa sobre a eleição da Mesa da Câmara.”, Marcio Jerry.

Os deputados eleitos para a 56ª legislatura da Câmara dos Deputados serão empossados no dia 1º de fevereiro de 2019, sexta-feira, às 10h, em sessão no Plenário Ulysses Guimarães. A eleição para Mesa Diretora da Câmara acontece em seguida.