Governo assinada ordem de serviços para reconstrução do Castelinho

O vice-governador, Carlos Brandão, e o secretário de Estado do Esporte, Rogério Cafeteira, autorizaram o início da obra do Ginásio Georgiana Pflueger (Castelinho), em São Luís.

Os investimentos são de mais de R$ 22 milhões e a previsão de entrega da obra é de 12 meses. A obra será executada pela empresa Silveira Engenharia e Construção, vencedora da licitação.

“Este é o momento em que o Governo do Maranhão se destaca não somente por ações de combate à Covid-19, mas, em algo que consideramos fundamental para estes tempos de crise: gerar emprego e renda. Com um investimento de R$ 22 milhões, estamos propiciando novas oportunidades ao setor da construção para, no contexto ideal, entregarmos à população um ginásio perfeitamente adequado aos diversos públicos e finalidades”, disse Carlos Brandão. 

O secretário, Rogério Cafeteira, lembrou a importância da para população e o esporte no Maranhão.

“Muito feliz por esse momento que antecede a tão esperada obra do Castelinho. O equipamento, além de garantir à população o esporte e o lazer, vai gerar emprego ao povo. E falar de emprego, neste momento de pandemia, é muito empolgante. Agradeço ao governador Flávio Dino, ao vice-governador Carlos Brandão e a todos que contribuíram conosco nesse grandioso projeto”, agradeceu Cafeteira

Também do ato o secretário de Estado de Articulação Política, Rubens Pereira Júnior; os vereadores Paulo Victor e Beto Castro; o presidente da Federação Maranhense de Basquete, Rubem Goulart; e o presidente da Associação Paradesportiva do Maranhão, André Bianco.

Flávio Dino assinará Ordem de Serviços do PAC Ponta do São Francisco

 

Será assinado nesta terça-feira (22), às 16h, pelo governador Flávio Dino a ordem de serviço para início das obras integrantes ​do projeto denominado PAC Ponta do São Francisco. Trata-se de obras de urbanização onde serão investidos cerca de R$ 7.267.094,53 (sete milhões duzentos e sessenta e sete mil e noventa quatro reais e cinquenta ​e três centavos).​​

As obras consistem em urbanizações e infraestruturas​ básicas de rede de esgoto sanitário doméstico, drenagem pluvial, rede de abastecimento de água, redes gerais ​de iluminação e força, estruturais, recuperação e continuidade do talude existente, aterro de áreas sujeitas a alagamentos causados pelo fluxo das marés e construção de equipamentos públicos de apoio à pesca e lazer, em conformidade com seus respectivos projetos urbanísticos e complementares.​​

Está prevista também a criação de estacionamentos, rampas de acesso pesqueiro ao Rio Anil e Bacia​ de São Marcos, galpão de apoio a comunidade pesqueira ali existente e localizadas ao longo da Avenida Ferreira Goulart. ​​

Na mesma área também está em fase de conclusão o Residencial José Chagas, empreendimento executado pela Secid, de interesse social no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) com contrapartida do Governo do Estado, que visa erradicar famílias que vivem em vulnerabilidade social na localidade. O Residencial José Chagas, localizado na avenida Ferreira Gullar, no bairro da Ilhinha, é composto por 256 apartamentos. ​​