Camarão retira oficialmente pré-candidatura ao governo do MA

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão (PT), comunicou através de uma Carta Aberta ao partido dos Trabalhadores no Maranhão, nesta sexta-feira, dia 14, que não é mais pré-candidato ao governo do estado, retomando o projeto inicial de disputar uma vaga na Câmara Federal.

“.. pelo bem de um projeto nacional do nosso Partido dos Trabalhadores, no sentido de eleger o presidente Lula e construir uma forte bancada federal nas eleições de 2022; pela minha posição de aliado do governador Flávio Dino, que já apresentou o nome do vice-governador Carlos Brandão como sua escolha pessoal para sucessão ao governo do Maranhão e, neste sentido, não há como ser aliado e adversário ao mesmo tempo, venho manifestar através desta carta, a decisão de retirar minha pré-candidatura ao Governo do Maranhão, em 2022..”, destaca trecho da carta de Camarão ao PT.

“Não vim para ser estrela, vim para ver a estrela do PT brilhar”, diz Camarão

O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, após evento concorrido na sede do PT em São Luís, destacou o motivo do seu pedido de filiação no Partido dos Trabalhadores.

“Em toda a minha trajetória de vida pública eu SEMPRE trabalhei incansavelmente p/ q as pessoas tivessem oportunidades iguais. Em minhas ações, o objetivo maior sempre foi p/ q os trabalhadores e, principalmente, seus filhos, tivessem acesso às políticas públicas efetivas (..) E, meus amigos, eu entendo que o momento é de UNIÃO. Momento de unir forças por um Maranhão e um Brasil que EDUCA, que luta por JUSTIÇA SOCIAL e OPORTUNIDADES para todos. Ao contrário da desconstrução que acompanhamos, dia após dia, ser evidenciada (..) Por entender q após anos de trabalho e dedicação p/ executar políticas públicas igualitárias e q gerem oportunidades a todos, faço o meu pedido de filiação ao @ptbrasil. Não vim para ser uma estrela, vim p/ ver a estrela do PT brilhar”, destacou Felipe Camarão.