Deputado Othelino Neto intermedia reunião na Assembleia sobre Educação na região do Alto Turi

 

detinha.jpg
Reunião na Assembleia Legislativa do Maranhão sobre Educação no Alto Turi/Foto: Reprodução

A situação educacional na região do Alto Turi foi tema de reunião nesta segunda-feira (15), intermediada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, com os secretário de Estado Felipe Camarão (Educação) e Marcelo Tavares (Casa Civil) e também a deputada estadual, Detinha.

De acordo com a deputada Detinha a região do Alto Turi abrange 17 municípios, que tem como polo Zé Doca, com relação aos problemas no setor as principais são de infraestrutura e  professores.

“As escolas estão sem professores desde o início do ano, além disso, tem os problemas de infraestrutura e  qualidade do ensino naquela região. Agradecemos aos secretários secretários Felipe Camarão e Marcelo Tavares e o deputado Othelino Neto, por intermediar a conversa”, disse a deputada.

O secretário Felipe Camarão, ouviu com atenção as demandas apresentadas e apresentou o quadro atualizado da região em relação a quantidade de professores e medidas que estão sendo adotadas.

 “A exemplo do reordenamento da rede, auditoria interna na folha de pagamento, além do seletivo que realizamos na semana retrasada naquela unidade regional, com abertura de vagas remanescentes. Na semana que vem, nossa equipe irá até a região concluir a auditoria interna e, até o fim deste mês, sanaremos esses problemas”, concluiu, informando que uma nova reunião acontecerá logo após a Semana Santa.

Flávio Dino disse que “argumentos” de Edilázio foram negados e Cais seguirá adiante

 

flavio-dino-edilazio-junior-940x450
Governador Flávio Dino e o deputado federal Edilázio Júnior/Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino se posicionou nas redes na noite desta sexta-feira (12), sobre a polêmica criada pelo deputado federal Edilázio em relação ao projeto de construção do Cais Flutuante São Luís-Alcântara.

Segundo Flávio Dino, em principio não acreditou que o deputado não queria “gente da classe C” transitando na área da Península, local do mais caro IPTU de São Luís.

“Ouvi quase sem acreditar que um deputado federal não quer “gente classe C” perto dele. Perto do “IPTU mais caro de São Luís”. Isso é um absurdo tão grande que desde logo informo que os “argumentos” do deputado estão rejeitados e o projeto do cais seguirá adiante”, disse Flávio Dino.

O deputado Edilázio Júnior, após repercussão negativa de vídeos em que aparece se posicionando contrário à construção do Cais na área da Península, e se referindo a maioria da população que será beneficiada de maneira considerada ‘preconceituosa’, emitiu uma nota pedindo desculpas e dizendo que foi mal interpretado.

Nota do deputado

Se por um acaso fui mal interpretado, peço desde já desculpas a todos aqueles que se sentiram ofendidos.

A bem da verdade, contudo, é necessário explicar que:

Há clara distorção em relação às declarações, quando tentam imputar a mim uma suposta postura contra os menos favorecidos de São Luís.

Eu sempre defendi os mais humildes, e prova disso foi o recente posicionamento a favor dos trabalhadores rurais e aqueles que dispõem do Benefício de Prestação Continuada (BPC) nas discussões sobre a Reforma da Previdência na Câmara Federal.

Em minha biografia e histórico de atuação parlamentar, sempre votei de forma contrária a aumento de impostos no Maranhão – que afetaram os mais humildes -, nas contas de energia elétrica, de internet, de TV por assinatura e de combustíveis, todos propostos e implantados pelo Governo.

Cabe ressaltar que meu posicionamento contrário à implantação de um terminal hidroviário naquela região, se dá pelo fato de a área possuir hoje forte vocação para o turismo. A vocação para o setor cresceu depois da construção do Espigão Costeiro, de bares e de restaurantes em toda a extensão da Península.

A região da Península, aliás, não dispõe sequer de estrutura para atender a demanda proposta, de 4 mil passageiros diários, em virtude da falta de transporte público e de logística na área.

Enfatizo que é de extrema importância a construção de um novo terminal hidroviário em São Luís com o itinerário proposto.

Por isso sugeri, na ocasião da audiência, a implantação do cais em região que já dispõe de serviço semelhante e estrutura, a exemplo do Portinho, na Praia Grande ou da Avenida Ferreira Gullar.

Até porque seria mais oneroso ao cidadão que pretende viajar para Alcântara e Baixada Maranhense, ter de se deslocar até a Península, uma vez que há um Terminal de Integração instalado na Praia Grande e que atende usuários de toda a Região Metropolitana de São Luís.

Por último, repudio as distorções criadas em torno do meu posicionamento e enfatizo que os ataques contra o meu mandato foram intensificados depois de eu ter ingressado com ações na Justiça, no Ministério Público e no Tribunal de Contas do Estado (TCE) contra o Governo Flávio Dino (PCdoB) por irregularidades em obras de rodovias estaduais e de má gestão de recursos públicos.

Deputado federal Edilázio Júnior

Ivaldo Rodrigues e a Feirinha São Luís estão de volta para SEMAPA

 

choco
Nonato Chocolate e Ivaldo Rodrigues/Foto: Reprodução

O vereador licenciado Ivaldo Rodrigues (PDT) retornará para SEMAPA (Secretaria Municipal de Pesca e Abastecimento), no lugar de Nonato Chocolate (PT). Com Ivaldo também volta à pasta a Feirinha São Luís, que acontece todo domingo no centro da capital. A decisão foi tomada na manhã desta terça-fira (9).

Quando deixou a pasta em julho de 2018, para assumir a Secretaria Extraordinária de Articulação Política, com atuação mais próxima ao prefeito da capital, Ivaldo disse que não abria mão da Feirinha, e assim foi feito.

As razões da mudança ainda não estão claras, mas já vinha sendo especulada nos bastidores políticos. O professor Nonato Chocolate (PT), que estava à frente da SEMAPA continuará no governo municipal, agora na pasta que era ocupada por Ivaldo Rodrigues.

Sem novidade MDB no Maranhão elege ‘nova direção’

 

joaoalberto
Ex-senador João Alberto/Foto: Reprodução

O antes todo poderoso MDB elegeu nesta sexta-feira (5), sua Executiva Estadual , com objetivo de reerguer e conduzir o partido nas eleições municipais 2020 e continuar vivo na política maranhense.

Se fosse para classificar a direção eleita do MDB no Maranhão, uma boa sugestão seria “mais do mesmo”.

O presidente é o ex-senador João Alberto; 1º vice o deputado estadual Roberto Costa; 2º o deputado e Hildo Rocha e o 3º ex-deputado Vitor Mendes.

Governo garante apoio a Santa Helena para enfrentar danos causados pelas chuvas

 

42c1b9a2-ed02-4abf-8a4d-363e4fc23040 (1)
Foto: Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, o prefeito de Santa Helena, Zezildo Almeida, e ainda, o presidente da Câmara, Jorge Malheiros, se reuniram nesta quinta-feira (4), com o Rodrigo Lago, Secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Estado.

O objetivo da reunião foi viabilizar o apoio ao município junto ao governo, após o agravamento dos problemas causados pelas chuvas no município, cujo o prefeito no último dia 28 decretou Situação de Emergência e solicitou a presença da Defesa Civil Estadual.

“Estamos encaminhando apoio para assistência ao município. Isto está sendo discutido entre o prefeito Zezildo e o deputado Othelino Neto, com vários órgãos do governo, coordenado pelo Palácio dos Leões, com determinação do governador”, explicou Rodrigo Lago.

O deputado Othelino disse que tem acompanhado a situação que está vivendo Santa Helena, e está fazendo seu papel que é buscar celeridade no auxílio ao município e seus moradores.

“O prefeito Zezildo tem me informado sobre a situação da subida do rio. Já são mais de três mil famílias que tiveram que sair de suas casas. Nosso papel é tentar agilizar a solução, principalmente a parceria junto ao governo do Estado, com apoio do corpo de bombeiros, já está presente na cidade, além da Força Estadual de Saúde e outras medidas”.

O prefeito Zezildo destacou a importância do apoio do governo e as dificuldades que vem enfrentando no município.

“O município não tem condição de enfrentar o problema sozinho, por isso estamos buscando essa parceria com o governo do estado.”

Câmara de São Luís apresenta programação dos seus 400 anos

 

camara 1
Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de São Luís lançou nesta quarta-feira (03), a campanha oficial dos 400 anos do Legislativo, onde foram apresentados as peças publicitárias e projetos que serão executados durante a programação festiva, promovida ao longo deste ano.

A 4ª Câmara mais antiga do país vai comemorar 400 anos no dia 09 de Dezembro. O primeiro registro da instalação da Câmara Municipal de São Luís  é datada  em 1619. Era composta por sete vereadores, um juiz, dois escrivães, um procurador do Conselho, um almoxarife e um procurador dos índios.

“Durante o ano, iremos fazer diversos eventos e implantação de projetos como Câmara Itinerante, Parlamento Metropolitano, e eventos de concurso de redação com os alunos da rede municipal de ensino, entrega de medalhas, Sarau que está sendo pensado em alusão aos 400 anos e outras atividades que ainda estão sendo definidas”, afirmou o presidente da Casa, vereador Osmar Filho (PDT).

AL-MA e TCE assinarão Termo de Cooperação de programa de TV

 

al-ma
Foto: Reprodução

O diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa, Edwin Jinkings, reuniu-se esta semana, com assessores do Tribunal de Contas do Maranhão, para acertarem detalhes da parceria institucional entre os órgãos na área de Comunicação.

Na reunião as tratativas avançaram quanto produção, formato, periodicidade e conteúdo do programa que divulgará ações do Tribunal de Contas do Estado, na grade da TV Assembleia.

“Vamos apenas equacionar a agenda dos presidentes da Assembleia, Othelino Neto, e do TCE, Nonato Lago, para marcar a data e horário da assinatura do Termo de Cooperação. É mais um passo que damos no sentido de estabelecer parcerias e de fortalecer nossas instituições por intermédio de nossa estrutura de comunicação. Isso significa mais informação e mais cidadania para os maranhenses”, ressaltou o diretor de comunicação da Assembleia.

A mesma parceria já existe entre a Assembleia Legislativa com o Tribunal de Justiça do Maranhão e o Ministério Público Estadual.