Flávio Dino sobre polêmica criada pelo prefeito de Imperatriz

 

resposta de flavio
Governador Fávio Dino/Foto: Reprodução

“Não respondo a agressões pessoais de baixo nível. Sempre estou lutando para resolver os problemas. Alguém já me viu “exigindo” que o governo federal tape buraco de estrada MA, de competência estadual ? Esse tipo de grosseria e disparate não condiz com a minha formação”, disse Flávio Dino no twitter.

Márcio Jerry chama Assis Ramos de ‘ingrato’, ‘incapaz’ e ‘falso’ por culpar o governador pelos estragos em ITZ

 

marcio e assis
Deputado Márcio Jerry e o Assis Ramos Prefeito de Imperatriz/Foto: Reprodução

Trajando uma camisa do Imperatriz, Campeão Maranhense de Futebol em 2019, acompanhado de assessores em uma rua com pavimentação destruída e que leva o nome do pai do governador, o prefeito Assis Ramos, gravou um vídeo e postou nas redes sociais cobrando Flávio Dino e dizendo que ele não está fazendo nada pelo povo e cidade de Imperatriz.

Aliado do governador, o deputado federal Márcio Jerry, reagiu tão forte quanto as chuvas que castigam o Maranhão, a atitude do prefeito Assis Ramos de transferir a obrigação de recuperar os estragos causados pelas chuvas em Imperatriz, ao governador Flávio Dino.

Márcio Jerry classificou Ramos de “ingrato” e outros adjetivos nada gentis ao prefeito.

“Assis, o ingrato, tenta esconder as ações do Governo do Maranhão no município de Imperatriz. Não consegue porque são muitas, importantes, permanentes. Mas ele também é Assis, o falso, que comparece aos eventos do Governo para agradecer e depois, covardemente, fala mal”, reagiu Jerry.

“Assis, siga o exemplo do governador Flávio Dino e de seus auxiliares: se dedique à querida Imperatriz, respeite o bravo povo imperatrizense, trabalhe!!!”, acrescentou o deputado.

Também nas redes sociais, o prefeito Assis Ramos respondeu às criticas do deputado Márcio Jerry. De acordo com o prefeito sua reclamação e cobranças não foram direcionadas ao deputado. Márcio Jerry também voltou se posicionar.

“A assessoria do prefeito Assis, o faz nada, redigiu um texto para ele assinar respondendo as minhas críticas à postura oportunista dele de querer esconder a incompetência acusando o governador por este não “tapar os buracos” das ruas de Imperatriz”, disse Márcio Jerry.

São João do Nordeste poderá ser transmitido através de parcerias de Rádios e TVs Públicas

 

intercambio
Foto: Reprodução

Com objetivo de implementar troca de conteúdos e fortalecer a comunicação pública, aconteceu na última segunda-feira (15), em Salvador, um encontro de emissoras de Rádios e TVs públicas do Nordeste.

Participaram representantes do estados da Bahia, Sergipe, Piauí, Ceará, Alagoas, Paraíba e Maranhão. No evento foi levantado a possibilidades de parcerias nas coberturas especiais conjuntas, no São João 2019. Além de intercâmbio com emissoras públicas de outros países.

O encontro é desdobramento do Consórcio Nordeste, criado mês passado, em São Luís, no encontro de governadores capitaneados por Flávio Dino. Representou o Maranhão, Daniel Merli, sub-secretário de Comunicação e Assuntos Políticos.

No Brasil manifestação só quando for para apoiar o governo

 

bolsonaro-moro
Presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro/Foto: Reprodução

Da Revista Fórum

Está publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (17), Portaria assinada pelo ministro Sérgio Moro autorizando o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, por 33 dias a partir de hoje.

A portaria atende a um pedido do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, “no qual solicita o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na região da Praça dos Três Poderes e da Esplanada dos Ministérios”.

O objetivo da ação seria a “preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União”. Mas, na prática, a Força Nacional está sendo escalada para reprimir manifestações marcadas para o local.

Há a expectativa de uma marcha de indígenas e atos de movimentos sociais para os próximos dias.

As manifestações de indígenas em Brasília fazem parte do ATL (Acampamento Terra Livre), uma marcha de indígenas de diversas partes do Brasil à capital federal que ocorre há 15 anos. Neste ano, o acampamento está previsto para acontecer entre os dias 24 e 26 de abril. Em 19 de abril, celebra-se o Dia do Índio.

O acampamento de indígenas em Brasília foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL), na semana passada. Durante uma transmissão ao vivo via Facebook, o presidente se referiu ao evento como “encontrão” e disse que quem iria pagar a conta seria o “contribuinte”.

Deputado Gastão Vieira teve prejuízo de R$ 15 mil no ‘Golpe do Whatsapp’

 

gastao VIEIRA
Deputado Federal Gastão Vieira (Pros-MA)/Foto: Reprodução

O deputado federal Gastão Vieira (Pros-MA), não esconde o alivio e alegria com as prisões dos envolvidos no ‘golpe do whatsapp’ no Maranhão. No twitter o deputado demonstrou todo seu contentamento com ação da Polícia Civil. Ao blog o deputado informou que foi prejudicado em R$ 15 mil.

“Parabenizo a polícia pelo trabalho de investigação e prisão da quadrilha que me provocou uma série de transtornos com o golpe do Whatsapp. Fui uma das vítimas desse golpe que coloca a gente numa situação absurda de vulnerabilidade. A sensação agora é de alívio e gratidão”, destacou Gastão Vieira.

Foram presos ontem terça-feira (16), em São Luís, sete pessoas envolvidas no golpe aplicado em políticos, através de clonagem de contas do whatsapp.

735 presos beneficiados com Saída Temporária da Semana Santa no MA

pedrinhas-carlosivanagoglobo
Complexo de Pedrinhas/Foto: Reprodução

Por determinação da Justiça do Maranhão, 735 internos do Sistema Prisional foram beneficiados com a Saída Temporária da Semana Santa. Os contemplados são aqueles que se encontram no regime semi-aberto.

O  benefício começa nesta quarta-feira (17), a partir das 9 horas, se estendo até o final do dia da próxima terça-feira (23).

Os mesmos presos se não regredirem de sistema, estão com o beneficio também assegurados para saírem nos feriados: Dia das Mães, Dia dos pais, Dia das Crianças e Natal.

A Saída Temporária esta prevista na Lei de Execuções Penais (LEP). De acordo com a Justiça, os beneficiados com a saída temporária passam por reuniões de orientações e assinaturas de compromisso.