Maranhão inicia distribuição de absorventes nesta sexta-feira dia 15

O governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Educação, começará nesta sexta-feira, dia 15, a distribuição de absorventes para estudantes da rede pública estadual, no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro.

O objetivo é combater a ‘pobreza menstrual’, que afeta estudantes com baixa em todo o Brasil.

“..Por determinação do governador Flávio Dino vamos combater esse problema que coloca em risco a saúde física e mental de meninas e causa a evasão escolar. Enfrentaremos essa dificuldade com uma política pública séria, que melhorará a qualidade de vida de muitas meninas que não têm acesso a esse produto de higiene (..) Vamos combater esse problema que coloca em risco a saúde física e mental de meninas e causa a evasão escolar. Enfrentaremos essa dificuldade com uma política pública séria, que melhorará a qualidade de vida de muitas meninas que não têm acesso a esse produto de higiene”, destacou Felipe Camarão.

Cerca de 163 mil meninas da rede pública estadual, nos 217 municípios maranhenses, serão beneficiadas.

Serão distribuídos oito absorventes higiênicos por mês para cada estudante, totalizando 1,3 milhão de itens distribuídos mensalmente, por um período de 12 meses. 

Maranhão recebe novas doses da CoronaVac que serão distribuídas nesta sexta dia 26

O Maranhão recebeu mais um lote de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta-feira (25), são 29.600 doses da vacina CoronaVac. Este é o quarto lote do imunizante enviado ao estado e terá como público-alvo 24% das pessoas com 80 a 84 anos.

O novo lote possibilitará a realização do ciclo completo de imunização em mais 14 mil pessoas nos 217 municípios maranhenses.

A execução da distribuição continuará executando a mesma logística, utilizando transporte aéreo para os lugares mais distantes e terrestre para os municípios próximos da Região Metropolitana. 

Conforme a orientação do Ministério da Saúde, será distribuída apenas a 1ª dose da vacina CoronaVac; a segunda será retida.

Assim, quando chegar a data da segunda dose, uma nova remessa de vacina será enviada aos municípios para que seja garantido que aqueles que receberam a primeira dose, recebam também a segunda. 

Ontem já havia chegado ao estado 49.500 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, que começaram a ser distribuídas no mesmo dia.

Maranhão recebe novas doses da Coronavac e inicia a distribuição

O Maranhão recebeu no domingo, dia 7, as novas doses da vacina Coronavac. Foram 71.400 doses do imunizante o que garantirá mais 34.024 pessoas imunizadas no estado.

De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, estão no público-alvo desta etapa profissionais de saúde e população idosa de 90 anos ou mais.

A distribuição das vacinas começou ainda neste domingo, quando o Governo do Estado deve distribuir as doses referentes ao município de São Luís.

Nesta segunda-feira, dia 8, deve iniciar a distribuição nas regionais de Itapecuru, Rosário, Codó e Imperatriz. Cada gestor de regional deve distribuir para todos os municípios que compõe a regional de saúde.

Já a aplicação das vacinas na população fica a cargo dos municípios.

Os 217 municípios maranhenses que vão executar a vacinação contra a Covid-19 devem registrar os dados dos vacinados no Módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SIPNI), desenvolvido pelo Ministério da Saúde.

O Maranhão já recebeu 126.798 doses de imunizantes contra a Covid-19. No estado já foram vacinadas 83.328 pessoas, entre elas os profissionais de saúde (75.652); idosos institucionalizados (222); população indígena (6.790) e deficientes institucionalizados (2).

Maranhão vacina as primeiras pessoas contra a Covid-19

No Maranhão a vacinação contra a Covid-19 foi iniciada na noite desta segunda-feira, dia 18, em ato com a presença do governador Fávio Dino. Os escolhidos em sua maioria são funcionários da Saúde, uma forma de homenagear os profissionais que estão na linha de frente no combate à doença.

Hoje também foi finalizado, a distribuição de agulhas e seringas para todas as Regionais de Saúde do Maranhão. Foram enviados 315.400 insumos, os quais deverão ser utilizados para imunizar o público-alvo nos 217 municípios durante a Etapa 1 da primeira fase de vacinação contra a Covid-19. 

Na etapa 1 da primeira fase de vacinação contra a Covid-19, conforme Informe Técnico do Ministério da Saúde serão vacinadas pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, população indígena aldeada e profissionais da saúde da linha de frente.

‘Com 50 mil mortes não aprendemos nada?’, Carlos Lula sobre recursos para combate ao Covid-19

 

carlos-lula
Carlos Lula, Secretario de Estado da Saúde do Maranhão critica politização de distribuição de recursos para combate ao Coronavírus

A coluna painel da Folha de Sp nesta segunda-feira (22), diz que o Centrão melou o entendimento inicial entre o Ministério da Saúde e Secretários Estaduais e Municipais de Saúde, que estabelecia critérios técnicos para distribuição dos R$ 10 bilhões da MP 969, para combate ao coronavírus.

O Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, lamentou nas redes sociais a politização da distribuição dos recursos, e lembrou que isso ocorre quando o país passou de mais 1 milhão de contaminados e 50 mil mortos pela Covid-19.

 

Carlos Lula fez um apelo ao Congresso para considerar carater técnico e não político para distribuição do recurso, que segundo ele, é o único caminho possível.

“Não é hora de pensar em eleição, o momento é de salvar vidas”, alerta Carlos Lula.

A posição do CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) é que a distribuição consider três aspectos:proporcionalidade populacional entre estados;  estrutura assistencial; incidência epidemiológica.